Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Durante toda a minha vida eu fui uma menina acima do peso. Não teve um momento sequer no qual eu me encaixei nos padrões de magreza. Se por um lado isso nunca me impediu de me relacionar afetivamente, por outro, sempre me senti invisível. Isso porque as pessoas até te “perdoam” se você for uma criança gordinha, mas uma mulher gorda simplesmente não é vista como as outras. É a primeira coisa que as pessoas reparam em nós, e o único adjetivo aceito para nos classificar. Por isso, aos 20 anos, eu decidi emagrecer.

chamou bb?

A post shared by carina caldas (@caricaldas) on

Foi aí que entrei em conflito com o meu feminismo. Se eu faço parte de um movimento que vai contra os padrões estabelecidos pelo patriarcado, como eu poderia emagrecer sem ferir meus princípios? Primeiro, eu tive que pensar se estava tomando essa decisão por mim ou por outras pessoas. Acima de tudo, a mulher feminista deve ser dona da própria razão, então apenas uma jornada de autoconhecimento me faria chegar à conclusão.

Em segundo lugar, eu decidi que faria isso respeitando meu biotipo e as minhas vontades. Em nenhum momento passou pela minha cabeça que eu precisava fazer isso para ser feliz. Também não queria emagrecer para ser mais desejada. Se um homem não me aprecia pelo o que eu sou hoje, dificilmente vai gostar de mim no futuro. Isso porque a minha essência é algo que vai além do meu corpo – e quem não enxerga isso simplesmente não é válido do meu tempo.

Para emagrecer também é importante ter um objetivo real e alcançável. É claro que o corpo da Gabriela Pugliesi é lindo, mas por mais que eu malhe e faça dieta, nunca vou conseguir atingir esse ideal. Não se perca no meio das fitness influencers. Muitas vezes elas têm acesso a tratamentos estéticos que potencializam o emagrecimento e que dificilmente você vai poder bancar. Uma dica é procurar perdas de peso de mulheres reais e buscar dicas para incrementar sua rotina.

•TEXTÃO DA PORRA, mas vale a pena ler, eu juro! • Bom dia com muita MOTIVAÇÃO! 💛🙌🏽👊🏼 Como que 15kg a menos pode mudar tanta coisa em nossas vidas? Nessa foto, vocês só conseguem notar a diferença física mas o quanto mudou minha vida em todos os sentidos, vale a pena eu compartilhar com vocês … Quando eu decidi procurar a Dotôra Aline (@clinicasabadini ) estava insatisfeita com meu corpo e minha saúde estava uma 💩 Iniciei o processo de emagrecimento com ela sem pretenção nenhuma, e na primeira semana eu emagreci -5kg 😱 (um tapa em minha cara gorda, na época hehehehe 😂) Aquilo me motivou a não desistir e eu sabia que seria EXTREMAMENTE difícil mas que eu deveria provar para mim mesma que eu era capaz. E não é que consegui? 😭💛 (ainda tenho alguns quilinhos para perder 🙈 mas vamos focar nessa foto 😂). Agora sobre como a dieta mudou minha vida: Eu amadureci (MUITO), sempre fui doidinha e inconsequente (ainda sou um pouco 😂🙈) mas hoje em dia penso muito mais nos meus atos, aprendi a dizer NÃO para as tentações da vida e o principal, sou uma MULHER FOCADA. Eu não tinha ideia do quanto esse "foco" me traria coisas boas. Acredite, em 3 meses eu já realizei inúmeros sonhos e sabe como consegui realiza-los? ACREDITANDO EM MIM mais do que qualquer outra pessoa. E tcharam, mais um sonho realizado pra conta! ✅💛 Que louco isso né?! Como uma dieta pode mudar TUDO. Eu aprendi a controlar minha ansiedade (isso ainda é muito difícil para mim 😔🙌🏽), aprendi poupar dinheiro (eu gastava tudo com catuaba 😒 HAHAHAH), aprendi a me valorizar como mulher e muitas outras coisas que um dia terei a oportunidade de compartilhar com vocês … 💛 Mas o mais importante de tudo isso é que: SE TEM ALGO QUE LHE INCOMODA, SEJA SEU EMPREGO, SEU RELACIONAMENTO, SEU CORPO … SÓ DEPENDE DE VOCÊ MUDAR! NINGUÉM FARÁ ISSO POR VOCÊ! Levanta dessa cama porra e vai lá dar sua cara a tapa! Você não se arrependerá de ter "tentado" 😉 (Tem que ter um palavrão, como boa conselheira ariana que sou 😂😘)

A post shared by Letícia de Paula (Acessível) (@leticiadepaulaoficial) on

Pensando nisso, me senti mais empoderada quando descobri que eu tinha autonomia sobre meu próprio corpo. A verdade é que eu não me sinto tão confiante, já que meu peso veio do resultado de uma vida inteira de transtornos alimentares. A ansiedade, depressão e os daddy issues me trouxeram uma grande compulsão alimentar, que passei anos tentando controlar. Quando eu era criança, ficava triste por ser a última a ser escolhida nas aulas de educação física, mas hoje tenho maturidade para lidar com a balança e estou preparada para enfrentar essa jornada.

SAIBA MAIS: Como perder a vergonha de tirar fotos de biquíni

Após uma série de tratamentos psicológicos, decidi que ia parar de deixar a comida controlar a minha vida e procurar um exercício físico que eu gostasse. A dança sempre foi minha grande paixão, mas, infelizmente, o trabalho e faculdade me impediram de continuar. As academias sempre me pareceram um lugar dominado por homens, onde a “cultura do corpo” é mais representada. Determinada a achar um exercício aeróbico e “lúdico”, me encontrei no pilates.

SAIBA MAIS: 5 aplicativos para te ajudar a ter o corpo dos sonhos

Emagrecer é só o começo…

Ser confiante é uma jornada e não existe nenhum método infalível para conquistá-la. Quando artigos feministas dizem para você colocar um vestido curtinho e se jogar na boate, eles não percebem que para quem tem ansiedade/depressão/bipolaridade, esse é um baita desafio. E se você não aceita que os outros tenham suas limitações, ou talvez não se empoderem da mesma forma que você, você está fugindo completamente dos princípios do empoderamento.

Se a gente encoraja que as pessoas coloquem piercings, façam tatuagens, mudem o cabelo, ou façam uma cirurgia de redesignação sexual, porque não podemos dar esse mesmo apoio a quem quer emagrecer? No fim do dia, é mais um processo para tentar superar as inseguranças. E não é isso que nós desejamos a todas?

Além disso, se algum dia eu estiver 100% confiante com o meu corpo, e espero que isso ocorra logo, não posso esquecer que o mais importante é ser quem eu sou. Muitas pessoas mudam completamente de vida após a perda de peso. Esse certamente não é meu caso, porque eu amo os meus amigos, amo a minha família, amo as minhas roupas e amo os meus relacionamentos. Se um dia eu me sentir muito bem de vestido curto na boate, pode ter certeza de que estarei bem acompanhada e serei a mesma pessoa de antes, que prefere bater cabelo do que se preocupar com o corpo.


Agora que você leu esse texto, que tal ajudar uma leitora do Superela?


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Qual conteúdo você gostaria de ver no Superela?
A gente escreve sobre o que você quiser e ainda manda no seu email :)
Obrigada!
Recebemos sua sugestão.

Hey, você já conhece o Clube Superela? Lá você pode perguntar o que tem vontade anonimamente :)