O que você procura?

Uma busca rápida no Google sobre filmes de superação me mostra como ainda estamos longe – bem longe – do mundo ideal que tanto sonhamos. Digo isso porque a minha busca resultou em alguns grandes clássicos do cinema, como À Procura da Felicidade, As Vantagens de Ser Invisível, O Discurso do Rei… Até mesmo Rocky.

São todos incríveis, sem dúvida, e alguns até ganharam Oscars, mas todos os filmes de superação mais famosos do mundo, tem um denominador comum: um homem como protagonista. Quando você pensa em superação, a primeira imagem que vem à mente deve ser a de Rocky Balboa subindo os 72 degraus do Museu de Arte da Filadélfia, porque é isso que nos foi vendido como um superação: quando um homem vai além do seu limite para alcançar um sonho.

Nesse contexto, as mulheres são apenas coadjuvantes. É um dos estereótipos mais conhecidos do cinema, o da mulher que aparece apenas como um suporte para o homem chegar onde ele quer chegar. Para se livrar das suas amarras e se tornar um profissional incrível, um atleta premiado, um pai solteiro que sai da pobreza para dominar Wall Street… Um vencedor.

Não estou dizendo aqui que não existem filmes de superação com mulheres no comando – vou falar mais sobre isso em breve –, mas eles são uma raridade. Um Sonho de Liberdade, Gênio Indomável, Os Intocáveis… São todos filmes considerados altamente inspiradores porque contam a história de homens que saíram da curva, que mudaram de vida, que reencontraram um propósito e que superaram dificuldades.

Porque os homens são figuras tão mais respeitadas na nossa sociedade, que vive sob uma visão altamente machista da mulher, é óbvio que eles tenham esse lugar de destaque. O que nos abre os olhos para a importância de começarmos a contar mais histórias inspiradoras protagonizadas por mulheres.

Filmes de superação não podem ser focados só nos homens

O problema de Hollywood é que ela reflete uma mentalidade do mundo. Ou seja, se o mundo vê as mulheres como menos importantes, é óbvio que o cinema vai pensar a mesma coisa. Já existiram e existem longas que focam na história de mulheres, como Uma Equipe Muito Especial (1992), com Madonna no elenco, e Erin Brockovich (2000), estrelado por Julia Roberts.

São também clássicos do cinema que marcaram toda uma época, mais ainda assim são poucos comparados aos protagonistas masculinos. Os últimos dois ou  três anos, no entanto, têm sido uma vitória nesse aspecto, com o lançamento de Estrelas Além do Tempo, Joy, Cake e Livre.

É um movimento recente, que segue a luta de atrizes de todas as categorias por longas que tenham mulheres fortes como protagonistas e não apenas papéis que girem em torno de um homem. O movimento pode, inclusive, ser considerado um efeito do teste de Bechdel, que categoriza os filmes pela profundidade de suas personagens femininas.

Mulher Maravilha é um outro grande exemplo disso, e o fato de o longa ter batido recordes de bilheteria no cinema é um bom sinal de como essas personagens são necessárias. Talvez a história da heroína não caia 100% na categoria de filmes de superação, mas é um ponto de partida. O filme, inclusive, foi dirigido por uma mulher, o que também é considerado uma raridade no ramo.

O maior obstáculo, talvez, não seja a falta de filmes inspiradores focado em mulheres, mas a visibilidade que eles têm. Eles são constantemente esquecidos diante da ‘grandiosidade’ das histórias masculinas. Tudo porque, como já comentei, os homens são mais respeitados do que as mulheres. O que um homem faz uma vez para ganhar reconhecimento, uma mulher precisa fazer duas, três vezes.

Podemos perceber isso em histórias sobre pais solos, por exemplo. Um homem que cuida sozinho dos filhos é sempre elogiado e visto com bons olhos, enquanto uma mulher, que equilibra cuidar dos filhos sozinha e trabalhar para manter a si e a família, é olhada com julgamentos. Inclusive, essa mesma visão da narrativa se aplica ao cinema.

De qualquer maneira, pesquisar sobre filmes com protagonistas fortes que não têm a vida centrada em um homem segue um desafio, mas a boa notícia é que temos sinais de que isso está mudando, sim. A gente só espera que, daqui para frente, essa seja uma mudança rápida.

Foto: Reprodução/ Uma Equipe Muito Especial


Você tem algum filme de superação preferido estrelado por mulheres? Deixe a sua indicação respondendo a pergunta abaixo!


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Qual tema você gostaria de ver aqui?
A gente escreve sobre o que você quiser e ainda manda no seu email :)
Obrigada!
Recebemos sua sugestão.

Hey, você já conhece o Clube Superela? Lá você pode perguntar o que tem vontade anonimamente :)