O que você procura?

Igualdade de gênero, sua linda. Vejo discursos sobre você o tempo inteirinho. ÓÓÓ, maior participação das mulheres no cinema, no trabalho, na vida. Feminismo, Girl Power, meu corpo minhas regras, e por aí vai.

Realmente estamos caminhando e avançando cada vez mais nesse pepino que é a igualdade de gênero. Pra quem não sabe, é basicamente tratar os homens e as mulheres de forma IGUAL. Na semana passada, se me recordo bem, as mulheres passaram a pagar a mesma quantia que os homens na balada. Perfeito. Mais um passo nessa direção.

Só que aí, quando a gente para pra reparar no dia a dia, enxergamos o QUANTO ainda estamos LONGE do dia em que seremos tratadas com o mesmo respeito e compreensão que os homens. E hoje trago aqui 5 provas de que o que eu tô falando, infelizmente, é verdade. Chega mais:

Provas de que a igualdade de gênero ainda não existe

1. Dossiê Cléo Pires vs. José Loreto

igualdade de gênero

Imagem: Reprodução Instagram (@joseloreto/@cleopires_oficial)

Os dois artistas, nessa semana, ficaram sob os holofotes por motivos diferentes. Cléo Pires deu uma entrevista “polêmica” a um Youtuber, e José Loreto teve um vídeo íntimo vazado.

No primeiro caso, a atriz expôs, com tranquilidade, sua vida sexual. Disse que já fez um ménage a trois, que já transou em lugares públicos, e outras peripécias sexuais. No segundo, o ator estava se masturbando.

Agora, eu vou colocar algumas reações de pessoas que comentaram sobre os casos. Primeiro, sobre José Loreto:

tem esse comentário SUPER encorajador:

igualdade de gênero

Imagem: Reprodução comentário de seguidor/@joseloreto

e tem esse tweet super safadinho:

Agora, vamos pra Cléo:

temos esse comentário falando sobre as moças de hoje em dia:

igualdade de gênero

Imagem: Reprodução Youtube/ comentário

e esse tweet super singelo:

e acreditem… são MILHARES desses comentários. José Loreto, tendo sua intimidade exposta SEM AUTORIZAÇÃO, ainda conseguiu se sair melhor que Cléo Pires, que SE DISPÔS a falar sobre sua vida íntima. É aquele ditado né… ele é o bonzão do pirocão gigante.. ela é a safadona que não presta e quer chamar atenção. Aiai.

2. O triângulo inexistente entre Cauã Reymond, Grazzi Massafera e Ísis Valverde

igualdade de gênero

Imagem: Purepeople

Quem aqui lembra do escândalo que foi a separação do Cauã e da Grazi? Bem, Isis Valverde foi acusada de ser o pivô desse divórcio por ter um caso com o moço. E aí, a galera voou em cima de quem? Do Cauã, que “supostamente” traiu a esposa, ou da Isis, que era a possível “amante”?

E aí todas as notícias que giravam em torno dessa separação davam um jeito de culpar Isis. Tá duvidando? Dá um google aí procevê. Ou melhor, deixa que eu coloco um print procê:

igualdade de gênero

Além disso, depois de toda essa confusão, Isis Valverde, nossa Ritinha, teve que dar um tempo fora do país porque parou de receber novos trabalhos. O filme dela ficou mega queimado, enquanto Cauã Reymond saiu sem praticamente um arranhão dessa história.

E desses casos de traição onde não existe igualdade de gênero temos um monte. O mundo mesmo está em polvorosa, falando da traição de Jay-Z com a “becky with the good hair” (como diz Beyoncé) e ninguém mete o pau nele. Já Kristen Stewart, quando traiu Robert Pattinson, foi quase linchada pelo mundo INTEIRO.

Confuso isso, né? Mas calma que ainda tem mais.

3. O paradoxo da Mulher Maravilha

igualdade de gênero

Imagem: Wonder Woman (2017)

Alguém aqui já ouviu, ou viu, alguma pessoa criticando um super-herói pelo corpo tipo físico dele? “Ah, o Homem-Aranha é tão magrelo, precisava ter alguns músculos aí, né?”. Não, né? E ninguém também pede para que os estúdios mostrem mais o corpitcho deles nos filmes. Quase todos são cobertos do pescoço aos pés. Mas isso não acontece com as mulheres, né?

E é claro que em um filme que TENTA usar da igualdade de gênero para representar BEM uma super-heroína tomou críticas do público. Ouvimos e Gal Gadot era magra demais, e sem peito demais para fazer a Mulher Maravilha.

Então assim, eu chamei esse caso de paradoxo pelo seguinte: a diretora de Wonder Woman fez o seu trabalho LINDAMENTE em não objetificar a Mulher Maravilha. Mas é claro que tiveram VÁRIAS críticas sobre o corpo da atriz que a interpreta. Porque é aquela história, né: haters gonna hate.

4. Dudu Camargo e Maísa

igualdade de gênero

Imagem: Reprodução Programa Silvio Santos

E deu no que falar esse programa, né? Silvio Santos tentou, a todo custo, empurrar Dudu Camargo para Maísa. Em rede nacional, a atriz mirim simplesmente deu o toco do século no menino, e ainda se impôs enquanto mulher que não aceita esse tipo de brincadeira machista.

Resultado? Na mesma semana, Dudu Camargo foi na Sonia Abrão, no Danilo Gentili, no Pânico na TV e, finalmente, conseguiu alcançar o sucesso que tanto desejava. E Maísa? Foi criticada por Deus e o mundo, claro. Teve que escutar palpite de gente tipo Sônia Abrão falando que ela foi deselegante com o moço.

A menina se sentiu obrigada a escrever um textão em seu perfil do Facebook para “justificar” seus atos. E Dudu Camargo tá aí, com 19 anos ganhando salário de repórter e fazendo a vida na televisão.

Saca só o desabafo da pequena:

5. A “mulher de…”

Tradução: “A mulher de um jogador dos Bears ganhou hoje uma medalha de bronze na Olimpíada do Rio.”

Pois é. Nossas Olimpíadas vieram recheadas de pérolas machistas mas, como estou colocando aqui PROVAS da falta de igualdade de gênero, vou usar uma manchetes dessa época para provar meu ponto. A evidência é essa que coloquei aí em cima. A atleta Corey Cogdell ficou com o bronze na competição de tiros. E o jornal se referiu a ela como? “A esposa de UM JOGADOR (sequer falou o nome do cara) dos Bears”. De repente, o cara sem nome ganhou mais importância que a medalhista. Mas beleza.

Daí, a editoria de esportes do IG me lançou a seguinte manchete: Marido de Gisele Bündchen leva o Patriots mais uma vez ao Super Bowl. Saca só os comentários: 

E olha, eu até concordo com eles mesmo. O problema é que a gente lê, TODO DIA, da “irmã do Neymar”, da namorada de fulano de tal, e por aí vai. E aí, quando me colocam um moço sendo identificado pela esposa, a internet chora.

Aliás, foi assim que nasceu os memes “marido da Gisele Bündchen” e “Gisele Bündchen e seu marido”:

Se teve até meme pra isso, cês precisam concordar comigo numa coisa: chamar Tom Brady de “marido da Gisele” não foi coisa normal, né? Aliás, se referir ao artista por sua esposa não É nenhum pouco normal. E é aí que a gente vê que a igualdade de gênero é ainda uma coisa que precisa ser MUITO problematizada.

Enfim…

Dessa vez, mores, tenho provas E tenho convicções também: é por causa dessas 5 coisas, e outras trocentas mil que precisamos do Feminismo. Morou?


E falando em igualdade de gênero, você pensa como nossa leitora aqui embaixo? O que você responderia a ela?


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Qual conteúdo você gostaria de ver no Superela?
A gente escreve sobre o que você quiser e ainda manda no seu email :)
Obrigada!
Recebemos sua sugestão.

Hey, você já conhece o Clube Superela? Lá você pode perguntar o que tem vontade anonimamente :)