O que você procura?

“Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo”. É basicamente isso que eu quis dizer com o título, só que trazendo para 2017. Se hoje em dia algumas pessoas ainda possuem a facilidade em aceitar que a liberação para tratar homossexualidade como doença é normal, onde ejacular em mulheres QUE NÃO PEDIRAM dentro de ônibus é perdoável, o que eu, mera mortal, conseguiria mostrar pra esses cérebros de ervilha se não for totalmente clara?

Eu prefiro realmente ser a loca do rolê, e não a recatada

recatada

Aquela que tá curtindo à noite mesmo como se não houvesse amanhã, gritando até ficar rouca e me descabelando por causa do cara gato que tá cantando lá no palco. Prefiro ficar com um ali perto do banheiro, depois me encontrar com outro do lado de fora, e pegar mais um perto do bar. Quero ser aquela que usa o decote no umbigo, salto 15 e boca vermelhona.

Quero chegar em casa e ter que me concentrar pra não errar o vaso quando eu for vomitar todas as biritas que bebi. Quero deitar e ver tudo girando e sentir vontade de vomitar de novo. Mas, principalmente, quero deitar e me sentir bem com tudo o que eu fiz no dia. Vou me deitar bem plena, com o estômago fodido, mas com a alma leve. Porque eu fiz o que eu queria fazer. Independente dos olhares que me dariam, independente de como eu seria julgada pelas pessoas que me viam. Porque eu prefiro ser essa metamorfose ambulante, prefiro ser eu mesma.

E se por ser verdadeira eu for tirada como puta, ok. Pelo menos serei uma puta feliz.

Agora, o que definitivamente não valerá a pena para mim é fingir ser quem eu não sou por causa de uma sociedade de merda que julga até o meu cabelo. MEU cabelo. MEU corpo. MINHAS roupas. MEU estilo. MINHA vida. Sabe, as pessoas precisam parar para pensar um pouco e entender que o que eu faço ou deixo de fazer não os interessa. Que eu não mereço ser julgada por algo que me faz bem só porque eu sou mulher.

O que eu falei foi só um exemplo. Mas o que eu quero dizer é: você tem todo direito de mostrar todos teus lados, como quiser e na hora que quiser, sem se privar por causa de terceiros. Não estou incentivando você a ficar bêbada, pegar mil na mesma noite, mas se isso te faz bem e não fará mal a ninguém, por que não?

Você tem que se perguntar sempre as seguintes coisas: eu vou atingir alguém negativamente com o que farei ou algumas pessoas, voluntariamente, se incomodarão com isso? Estou agredindo alguém ou desrespeitando o mesmo? Estou invadindo seu espaço ou indo contra as leis judiciárias?

Se não, mana, SE JOGA!

recatada

Agora, se você não quiser ser rotulada como puta e prefere ser mais na sua só para não ser julgada, se arriscar ou se expor demais, vá em frente. Se é isso que você quer, se é assim que gosta de viver, tudo ótimo! Só prometa uma coisa pra mim: não seja triste. Se você vive assim porque quer, tudo bem. Mas não viva por imposições porque um dia te disseram que isso não era coisa de mulher, que fica feio pra uma dama…

Só se esforce ao máximo para ser feliz, independente do que os outros vão falar. Ninguém tem o direito de tirar sua liberdade.

Imagem: Reprodução


E o que vocês responderiam a essa pergunta aqui abaixo, feita por uma de nossas usuárias do Clube Superela?


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Qual tema você gostaria de ver aqui?
A gente escreve sobre o que você quiser e ainda manda no seu email :)
Obrigada!
Recebemos sua sugestão.

Hey, você já conhece o Clube Superela? Lá você pode perguntar o que tem vontade anonimamente :)