Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Oi Insegurança, preciso falar com você! Eu sou teimosa eu sei, insisto em te aceitar aqui e ainda te alimento. Nessas horas me esqueço da lei da vida que tanto tenho como filosofia que é “atraímos as coisas”. Sejam boas ou más, isso vai depender do momento.

Por causa de você, ando confusa e perdida nas minhas convicções que são estabelecidas com tanta delicadeza. E isso é um atributo que não possui o de ser delicada. É bem invasiva aliás!

A Ignorância, sabe? Aquela que nos auxilia a ignorar coisas descartáveis? (não a irmã gêmea dela, que é meio grossa). Ela tem me dito para chamá-la quando você aparece. Coitada! Uso o feitiço contra o feiticeiro e ignoro ela, quanta ironia nisso.

A grande questão aqui é que te dou conforto demais, e aí você se aproveita, vai instalando seus redemoinhos de pensamentos intrigantes sobre mim, vai se acomodando, se alimentando e ainda dorme de um dia para o outro na cama da minha Paz (que é outra coitada, ela me pede tanto para eu deixar ela te pegar quando você chega). Ah! Como você insiste em ficar, e eu na minha Insanidade permito, não entendo essa minha atitude ridícula. Não entendo mesmo!

Insegurança você precisa ir!

Você tem tentado trazer novos móveis para minha mente já muito bem mobiliada (e não foi nada barato), as coisas já estão em ordem aqui, gosto da cor, do estilo e até do cheirinho. Sinceramente não estou interessada no que você tem a me oferecer. O pouco apresentado tem feito um estrago bem relevante e meu coração anda desesperado com a mínima possibilidade de sua visita por lá.

Inclusive, ele mandou dizer que você não é bem-vinda. Ele parece meio vulnerável, mas é bem descompassado quando se trata de manter minhas emoções em equilíbrio (essas que tanto desequilibram com sua nada desejada presença).

Já estou ciente que anda preocupada com minhas providências em te tirar daqui. Pois fique mesmo! Tenho planos para banir sua existência que tem ganhado força com a Neurose, que por sinal é outra safada que pegarei na curva. Temos um horário marcado logo após nossa conversa.

A diferença é que sobre ela tenho domínio, já você… Anda se achando demais e estou bastante desconfortável com tudo isso. E às vezes me sinto de mãos atadas.

Quero salientar que o que ocorreu no passado ficou lá, pare de achar que pode ficar trazendo à tona coisas que já foram resolvidas e perdoadas. O agora é o que eu vivo, e nesse agora existem pessoas que andam bem irritadas com sua acomodação na minha vida. E cansados com os resultados dessa sua permanência inconveniente.

Por favor, pare de estragar o que a Alegria junto com a Compreensão tem feito com tanto esmero. Insegurança, vá embora e leve sua bagagem cheia de complexos e falta de confiança. Por enquanto estou sendo educada. Posso ser bastante hostil e radical. Depois não quero diga que não avisei!

E nem se aproveite de algum momento delicado para tentar usufruir de minha estabilidade novamente. Leva tempo ficar totalmente bem quando é decidido por votos unânimes de todos os outros comportamentos que você saia. Não entende que ninguém te quer aqui?

Parece pesado demais, mas não é…. Insegurança, você tem causado muitos danos a minha mente e ao meu estado de espirito. Mereço seguir em frente determinada a confiar e saber como fazer isso sem que você fique tentando ditar as regras.

P.S.: Sei que entrou na minha vida com minha permissão. Me arrependo disso e agora não tem mais motivo para permanecer. Busque outro ambiente para suas maldades. Deixe limpo o espaço que nunca te pertenceu.

Sinceramente, Amor Próprio.

Imagem: Pinterest

@ load more