O que você procura?

Um dos maiores desejos das mulheres é que, aos 30 anos, você já esteja com a carreira muito bem encaminhada e estável. Porém, pode ser que no meio do caminho você perceba que essa estrada não é exatamente o que você sonhou. Como fazer, então, para mudar de carreira aos 35 anos?

Parece loucura, mas a loucura de verdade é a gente precisar escolher o que quer fazer o resto da vida aos 17 anos. Depois que nos formamos na faculdade e começamos a ver na prática como é a profissão, é normal reparar que a expectativa e a realidade não combinam nem um pouco. Diante disso, o momento não é de pânico, mas de muita calma e objetividade.

Se você pensa em mudar de carreira aos 35 anos, saiba que você terá alguns desafios pela frente, mas a gente pode te ajudar a alcançar esse objetivo!

1.Defina porque você está insatisfeita e o que gostaria de fazer

Antes de mais nada, entenda porque você está insatisfeita na sua própria carreira. Às vezes, uma mudança de função, de foco dentro da sua área, pode ser a guinada que você precisa. Mudar de carreira implica muitos fatores (inclusive o financeiro), e é preciso um mínimo de certeza do que você quer fazer para bancar essa mudança. Pense bastante, estude qual a profissão dos seus sonhos e mãos à obra!

2.Pesquise e estude muito

Agora que você definiu o que quer fazer, é hora de estudar. A sua pesquisa precisa envolver alguns pontos básicos: se a área exige um curso de especialização, como anda o mercado de trabalho na área que você quer entrar, as possíveis carreiras dentro dessa área… Quanto mais profunda a pesquisa, melhor para você. Você precisa levar em consideração que mudar de carreira aos 35 anos significa que os profissionais que estão na mesma fase que você já tem anos de conhecimento e experiência a sua frente, portanto é importante você pesquisar o máximo que puder para fechar um pouco essa distância.

3.Faça as contas – você consegue se manter durante a transição?

Você não troca de carreira de um dia para o outro. Provavelmente, você vai gastar dinheiro com cursos e especializações e vai começar em um cargo abaixo do que você estava antes – ou seja, com um salário menor. Você precisa saber se tem dinheiro o suficiente para se manter enquanto essa transição acontece.

4.Crie um planejamento

Fazer uma planilha no Excel é a coisa menos divertida de todas, a gente bem sabe, mas é de extrema importância. Você precisa fazer um planejamento para ajudar com esse plano. Estabelecer metas para o que você precisa estudar e aprender, criar um prazo para começar a buscar emprego e para deixar o seu trabalho antigo ou até uma data limite para manter os dois em paralelo por um tempo ajudam a tirar o plano do papel e evitar a procrastinação. Esse planejamento todo vai ser importante para você saber por onde começar e se organizar para que tudo isso aconteça da melhor maneira possível.

5.Busque um mentor

A área que você quer entrar tem os seus profissionais que são referência, pessoas que são bem-sucedidas na área e que podem te ajudar nesse caminho. Procure por uma delas, peça por mentorias, conselhos, troque informações e converse sobre as suas dúvidas. Esse contato, além de ser um ótimo networking, também ajuda com possíveis inseguranças e problemas que você tenha nesse meio termo.

5.Entenda que as coisas vão ficar difíceis, antes de melhorarem

Mudar de carreira aos 35 anos (ou em qualquer idade) implica que você vai passar por uma fase de aprendizado antes de começar a se ‘dar bem’. Você precisa recomeçar e isso pode ser assustador, principalmente do ponto de vista financeiro. O seu estilo de vida pode cair, você vai precisar segurar a barra e ter muito jogo de cintura para passar pela transição de uma carreira para outra. Mas é fato que as coisas vão melhorar – determinação e foco são tudo!

6.Valorize o que você fez até agora

Só porque você decidiu mudar de carreira aos 35 anos não significa que tudo o que você fez até agora foi uma ‘perda de tempo’. Pelo contrário, você pode (e deve) usar a sua experiência a seu favor e como um diferencial na sua nova carreira. É até interessante você explorar toda a experiência que teve até agora para saber o que pode servir como um ponto positivo no seu novo currículo. Não desmereça todo o seu trabalho duro até agora por conta disso.

 

Mudar de carreira aos 35 assusta – é como se você estivesse pulando no desconhecido. Mas com planejamento e paciência você consegue uma transição tranquila. Lembre-se sempre de que a parte de pesquisa e planejamento são as suas melhores amigas nessa tarefa.

Imagem: Reprodução / O Diabo Veste Prada


Que tal ajudar a nossa usuária que está passando por um momento de transição na carreira?


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Qual tema você gostaria de ver aqui?
A gente escreve sobre o que você quiser e ainda manda no seu email :)
Obrigada!
Recebemos sua sugestão.

Hey, você já conhece o Clube Superela? Lá você pode perguntar o que tem vontade anonimamente :)