O que você procura?

*ALERTA DE SPOILER* (Não leia se você ainda não tiver assistido ao penúltimo episódio da sétima temporada de Game of Thrones)

A Carina que assistia Game of Thrones há dois anos nunca vai me perdoar por escrever isso, mas: eu não aguento mais o Jon Snow. No episódio de ontem, eu passei metade do tempo criticando a a ideia de ir caçar White Walkers, e a outra metade refletindo sobre todas as vezes em que as mulheres foram as salvadoras da pátria, ou melhor, dos Sete Reinos. O pior de tudo é que Jon sempre sai com a fama de herói, mas as consequências ficam nos ombros de quem o ajudou, como Sansa e Daenerys.

Agora que está em Dragonstone, Jon deixou Sansa sozinha para comandar Winterfell (que por acaso ele só conquistou com a ajuda dela) e sequer responde o bilhete para entrar em contato com Arya e Bran. E na batalha de ontem, Daenerys pagou o preço pelo plano “infalível” de Jon e Tyrion e acabou perdendo Viserion, um de seus filhos. Vem ver outras situações onde as personagens femininas brilharam em Game of Thrones:

Mulherões da p*rra de Game of Thrones

01. Quando Lady Olenna mata Joffrey Baratheon

“Matar um homem em seu casamento? Que tipo de monstro faria uma coisa dessas?”

Como diria Jaime Lannister: “Se você fosse a Olenna, você gostaria de ver sua filha casada com Joffrey ou Tommen?”. Apesar de o assassinato de Joffrey ter sido um plano de Olenna Tyrell para poder comandar os Sete Reinos, em apenas uma cartada ela conseguiu livrar sua neta de um casamento terrível e o próprio reino de um governante tirano. A verdade é que a maioria das protagonistas femininas de Game of Thrones têm um amor incondicional por sua família e não medem esforços para protegê-los, custe o que custar.

02. Quando Brienne salva Sansa e Theon

Uma característica muito forte nas mulheres de Game of Thrones é o fato de serem leais. Brienne de Tarth é uma guerreira que coloca a honra acima de tudo, tanto que o nome de sua espada é “Oathkeeper”, que poderia ser traduzido como “fiel à promessas”. Durante as temporadas, Brienne serviu a Renly Baratheon e Catelyn Stark. Ao matar Stannis, ela se vinga pela morte de Renly. Outra promessa que ela precisa cumprir é proteger Arya e Sansa, que em primeiro momento recusaram seus serviços. Porém, depois de Sansa passar maus bocados nas mãos de Ramsay Bolton, Brienne não espera por um pedido de ajuda e salva a Lady de Winterfell.

03. Quando Melisandre ressucita Jon Snow

“Você não sabe de nada, Jon Snow”

Um dos momentos mais trágicos de Game of Thrones foi quando Jon Snow foi morto, traído pela Patrulha da Noite. O “queridão da galera” não estaria de volta se não fosse por Melisandre, que sempre insistiu que Jon seria importante para a “Guerra do Fogo e Gelo”. E não é que ela estava certa, apesar dos homens que cruzaram seu caminho duvidarem dela? Sir Davos, que inúmeras vezes tentou afastar Melisandre de Stannis, foi o primeiro a reconhecer seus poderes. Ele diz: “Eu não estou pedindo ajuda para o Senhor da Luz. Eu estou pedindo à mulher que me provou que milagres existem”.

04. Quando Sansa vence a Batalha dos Bastardos

“Durma bem”, Sansa para Ramsay na véspera da batalha

“Você está em Winterfell de novo por minha causa. Você não ganhou de volta, Jon não ganhou de volta. Ele perdeu a Batalha dos Bastardos. Os Cavaleiros do Vale lutaram e conquistaram o Norte, por mim”. No último episódio, Arya confronta Sansa sobre um bilhete escrito quando a irmã mais velha ainda estava sob o comando de Cersei Lannister. Sansa relembra à irmã que os Stark não estariam reunidos em sua Casa se não fosse por ela, já que Jon ignorou seus avisos sobre Ramsay Bolton e perdeu a batalha e o irmão Rickon. Já deu de subestimarem a Sansa, né?

05. Quando Lyanna Mormont convence o Norte a reconhecer Jon como Rei

Essa lista poderia muito bem se chamar “vezes em que Jon Snow precisou da ajuda de mulheres em Game of Thrones”. Nada contra precisar da nossa ajuda, nós somos ótimas e, como a série mostra, muito prestativas. Logo após a Batalha dos Bastardos, alguns Lordes se recusaram a dividir o Norte com os Selvagens e Cavaleiros do Vale. Lyanna Mormont, com toda a altura de seus doze anos, lembra bravamente que em determinados momentos, eles não foram leias aos seus juramento com os Stark, mas ela manteria sua palavra e enfim os convence a reconhecer Jon como verdadeiro Rei do Norte até o fim de seus dias.

06. Quando Daenerys matou metade do exército de White Walkers

Só para piorar o bode,  Tyrion decide que seria uma otima ideia juntar meia dúzia de coleguinhas para capturar White Walkers além da Muralha. Como o plano brilhante obviamente fracassa, Jon tem que recorrer à Dany e seus dragões para queimar o exército de zumbis. Como se não pudesse piorar, ao invés de subir logo no Drogon e fugir para Dragonstone, ele resolve matar mais alguns zumbis só por esporte, acaba sendo deixado para trás, e indiretamente provoca a morte de Viserion e Uncle Benjen. Parabéns, Jon! Quando você e a Dany governarem os Sete Reinos, faz favor de deixar a menina tomar as decisões, ok?


Agora que você já leu esse texto sobre Game of Thrones, que tal responder a pergunta de uma amiga no Clube Superela?


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Qual conteúdo você gostaria de ver no Superela?
A gente escreve sobre o que você quiser e ainda manda no seu email :)
Obrigada!
Recebemos sua sugestão.

Hey, você já conhece o Clube Superela? Lá você pode perguntar o que tem vontade anonimamente :)