O que você procura?

Ontem foi um dia daqueles. Acordei me sentindo um lixo e tudo o que eu queria era poder dormir mais um pouco. Mas eu não podia. Tinha que levantar e ir trabalhar. Estava sem ânimo para nada. Não queria me arrumar. Meu mundo cor-de-rosa ficou cinza.

Olhei cerca de cinco vezes para a caixa de maquiagens, esperando que ela me maquiasse sozinha, o que obviamente não aconteceu. Prendi meu cabelo num rabo de cavalo que deixou metade dos cabelos soltos, porque os fios da nuca não cresceram o suficiente para serem prendidos em um laço. Até pensei em juntar os fios soltos e prendê-los com um grampo, mas não valia o esforço. Olhei para a caixa de maquiagem novamente, respirei fundo e tentei ignorar a existência do que havia dentro dela.

Fui ao armário e fiquei olhando para minhas roupas. Não tive uma crise do que vestir, muito pelo contrário: Eu tinha roupas demais. Coloquei o uniforme de trabalho e me sentei na cama, viajando no tempo. Olhei novamente para a caixa de maquiagem. Chorei.

Quando foi que seu mundo cor-de-rosa ficou cinza?

mundo cor-de-rosa

Chorei porque eu queria me sentir bonita sem precisar passar camadas e camadas de produtos que me transformam naquilo que eu não posso ser. Chorei porque eu usava a maquiagem para fugir daquilo que eu jamais conseguirei fugir. Chorei porque o meu reflexo no espelho não consegue me deixar contente. Chorei. E permaneci em lágrimas por cerca de dez minutos.

Eu me lembro vagamente de quando o universo da beleza feminina me foi apresentado. Eu era jovem ainda. Me lembro de ter ouvido coisas sobre ser magra, jovem e educada. Coisas que eu não era e nem tinha pretensão de ser. Eu queria mais do que um rosto bonito ou um corpo magro. Eu queria o mundo. Eu queria viajar, queria andar descalça na lama, me molhar na chuva. Eu não queria ser limitada a coisas e pessoas quando o dia lá fora estava bonito para poder admirar. E eu não me lembro quando, e nem comome deixei levar para a realidade que eu não queria pertencer.

Conviver comigo mesma passou a ser uma das maiores dificuldades da minha vida

O espelho passou a ser meu grande inimigo. Eu passei a me odiar. O dia estava lindo mas eu mal percebia, porque estava preocupada demais tentando perder os quilos que eu havia ganhado naturalmente. Eu não podia mais sujar meus pés na lama, nem me molhar na chuva, porque estraga aquela beleza artificial que eu tentava mostrar. E foi assim que eu me tornei escrava de toda uma série de coisas que jamais fizeram parte de mim, porque se fizessem jamais seria escravidão.

Quando foi, então, que eu me permiti me perder nessa ilusão? Eu me permito sair também

Me levantei da cama e comecei a retirar do meu armário tudo aquilo que não fazia parte de mim. Juntei três enormes sacolas com roupas que eu comprei para uma versão minha que eu sequer cheguei a conhecer. Separei tudo aquilo que um dia foi meu, mas nunca me pertenceu. Meu mundo cor-de-rosa foi voltando aos poucos.

Doei todas as coisas para pessoas que precisam mais do que eu e que com certeza ficariam muito felizes por tê-las. Eu já não me encaixava mais naquela versão, porque, na verdade, eu sempre forcei o encaixe. E quando você não completa aquele quebra-cabeças, não adianta insistir. Você sempre será uma peça solta.

Fui trabalhar muito mais aliviada. Aquele peso que me consumia pela manhã agora nem se notava. A gente precisa se libertar das amarras dos padrões para poder se amar.

A vida é uma luta diária para se aceitar, se amar e se entender. A gente não precisa complicar tudo tentando ser aquilo que não somos.

Se permita ser você. Simplesmente ser!

mundo cor-de-rosa

Doe aquilo que não te pertence de alma. Deixa a chuva molhar seu rosto. Deixa seu pé sentir a grama, a lama.

A felicidade é profunda demais para a gente se contentar com ficar só na parte rasa. Seja o seu mundo cor-de-rosa!

Imagem: Pexels


E o que vocês responderiam a essa pergunta aqui abaixo sobre autoestima, feita por uma de nossas usuárias do Clube Superela?


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Qual conteúdo você gostaria de ver no Superela?
A gente escreve sobre o que você quiser e ainda manda no seu email :)
Obrigada!
Recebemos sua sugestão.

Hey, você já conhece o Clube Superela? Lá você pode perguntar o que tem vontade anonimamente :)