O que você procura?

Quando é que vamos parar de ignorar o elefante branco no meio da sala? É preciso para de fingir que a depressão não existe, não só pelos jovens que perdemos todos os dias em algum canto do mundo, mas por aqueles que vivem desejando não viver, por aqueles que concentram toda a sua energia em viver apenas um dia de cada vez.

Conviver com a depressão sem que ela seja detectada é como viver por trás de uma mascara. Você faz as mesmas coisas do mesmo jeito, mas é como se você não fosse você. Só que chega um ponto que a mascara cai e você não consegue mais rir das piadas sem sentido. Sair de casa se torna cada vez mais difícil, exigindo de você um esforço descomunal – e não é simplesmente por que você não quer ir. Pelo contrario, você quer, mas não consegue, você faz tudo igual enquanto pode, até que em algum momento não pode mais.

E conviver com a depressão quando ela é descoberta é outro fardo, pois as pessoas te olham estranho, não tocam no assunto perto de você, não sabem como falar com você, não sabem como agir. Em contra partida, tem as quantidades terríveis de remédio. Esses que quando você não toma se sente pior (serio, não parem com os medicamentos, façam o tratamento como indica o seu médico), mas que quando você toma é como se eles ativassem  somente sua versão feliz, despreocupada e calma.

O que você ainda não sabe sobre uma pessoa que tem depressão 3

Mas nada disso faz com que você se cure ou se sinta melhor do dia para a noite, o processo é lento e o depressivo não vive dias bons. Ele tem no máximo dias mais ou menos. Por diversas vezes, os questionamentos são tantos e as cobranças consigo mesmo são tantas que ele se perde no meio dele mesmo.

O que as famílias precisam entender é que uma nova postura é necessária. Não perguntar como ele se sente é pior do que ficar lhe olhando com cara de piedade, mas também não exija saber demais, porque, na maior parte do tempo, ele também não sabe como está se sentindo. Em um minuto tudo muda. Ele pode estar bem, mas pode ficar absolutamente arrasado sem nem conseguir entender o que foi que aconteceu. Não o force a explicar porque ele se sente mal quando sob seu ponto de vista tudo está ótimo, simplesmente porque isso vai além da capacidade dele de falar e ainda vai faze-lo se sentir pior.

O que eles não sabem é que a depressão te mata aos poucos. Ela te consome, consome todas as suas energias, esperanças e expectativas, ela torna tudo mil vezes pior do que realmente é. Ela te sufoca e, em determinados momentos, é como se você simplesmente não fosse mais capaz de respirar uma única vez que seja.

O que a sociedade não entende é que ninguém escolhe ter depressão, que ninguém escolher ficar doente. O que as famílias são incapazes de perceber é que suicídio as vezes é o único –alivio– aparentemente possível para uma mente que não para um só instante de senti – e sentir tudo, ou não sentir  absolutamente nada.

O que você ainda não sabe sobre uma pessoa que tem depressão 2

O que as pessoas que não passaram por isso não compreendem é que quando não se sente nada é ainda pior do que sentir tudo, que isso nós paralisa, nós congela e nos machuca. O que os amigos não enxergam é que quando você desmarca com eles na ultima hora com mais uma desculpa esfarrapada, não é por que você não gosta mais da presença deles, é simplesmente por que você não tem forças para fazer mais nada além de dormir, então, todo o resto aparenta ser nada mais do que uma tarefa muito árdua.

E eles não sabem como é mil vezes pior quando os convites não chegam mais. É impossível expor em palavras o que é passar por isso. Eu coloquei mais de oitocentas delas aqui neste texto e mesmo lidando com a depressão há 4 anos (2 anos de tratamento intenso, até que eu me senti pronta para parar), eu ainda não sei como  tentar descrever o que eu sinto.

Eu só posso afirmar, para você que teve paciência de ler todo esse relato, é que as coisas vão melhorar. Elas involuntariamente melhoram. É preciso dar um passo de cada vez, converse com um profissional (temos indicações aqui) ou com alguém com quem você se sinta bem. Não desista de você ou de buscar ajuda.

O que você ainda não sabe sobre uma pessoa que tem depressão 1

Ignore as opiniões que não lhe agregam de fato alguma coisa positiva e busque atividades que te faça bem. Por mais difícil que seja levantar da cama todos os dias, não desista de viver – em minha pior fase, eu percebi que eu não tinha o DIREITO de jogar minha vida fora, quando tantas pessoas por ai estão lutando para viver mais um dia que seja.

Imagem: Pexels


Ajude nossa leitora abaixo!


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Qual conteúdo você gostaria de ver no Superela?
A gente escreve sobre o que você quiser e ainda manda no seu email :)
Obrigada!
Recebemos sua sugestão.

Hey, você já conhece o Clube Superela? Lá você pode perguntar o que tem vontade anonimamente :)