Receba nossos e-mails incríveis
NOVO App Clube Superela!! ♥
Pergunte e converse anonimamente
Amor Sexo Autoestima Corpo Vida Carreira & Finanças Beleza Estilo Vídeos
Escreva seu texto
Receba nossos e-mails incríveis

Leia temas do seu interesse:

/

Muitas vezes é preciso pedir desculpas

Ana Paula Mendes

Colunista Superela

Mais textos

Que o relacionamento humano é um grande desafio, todos estamos certos. Além disso, também é uma grande oportunidade de reformulação e aprendizagem. Ele movimenta em nós os sentimentos mais sublimes e os mais ferozes. Gera gargalhadas e as lágrimas. Nos leva ao céu e ao inferno íntimo.

Assistindo uma palestra certa vez, ouvi algo que trouxe reflexão: preocupamos muito e sempre com as nossas mágoas, nossas dores e esquecemos as que provocamos no outro, a marca que deixamos. Muitas das vezes passamos como um rolo compressor em sentimentos alheios, principalmente daqueles que mais amamos, em situações que nos encontramos feridos.

Quantas vezes por carência, para chamar a atenção ou pela própria TPM, somos verdadeiros tratores em alta velocidade, nos tornamos injustas e muitas vezes usando do vitimismo sem compreensão. Não estou dizendo que o outro está certo ou errado, mas que para a construção de relações saudáveis e harmoniosas é necessário ampliar a visão em relação às ações tomadas e ao outro lado da história.

Avaliar nossas ações e reconhecer nossos erros nos traz crescimento pessoal e nos aproxima do relacionamento idealizado que propõe respeito mútuo e amorosidade. Não é fácil embrulhar o orgulho e reconhecer que, em determinados momentos e ações erramos, passamos da conta, ultrapassamos o tom. É difícil procurar, rever a situação, pedir desculpas e recomeçar. Principalmente quando o outro não quer mais esse recomeço ou não aceita as desculpas de imediato ou a longo prazo (leia mais aqui). Mas a ação principal de avaliar e reconhecer o equívoco nos pede também auto perdão, nos chicotear, assumindo máxima culpa, sem ressignificar as atitudes não traz benefícios.

O importante é rever as ações sobriamente, sem a raiva inicial ou o motivo que levou ao conflito e identificar o quanto a pessoa envolvida é importante para nós. Mesmo que as desculpas não possam ser expressadas por qualquer motivo, trabalhar esse sentimento já é de grande valia para nos libertarmos do incômodo que qualquer conflito traz e aprendermos com ele.

Brigas são comuns em namoros e relacionamentos amorosos por motivos variados. Mas as mesmas trazem um desgaste e dores, principalmente por palavras escritas ou faladas que não podem ser mais apagadas, mas podem ser modificadas – principalmente pelas ações, pelas atitudes.

Então não tem nada perdido, principalmente no amor. Tudo se transforma, a partir da escolha, a partir do que se faz e recomeçar aprendendo com os erros é fundamental para o fortalecimento da união e parceria que se constitui. Não tenha medo ou vergonha de assumir suas fragilidades, não tenha medo de abraçar o erro e levá-lo para dançar. Alterando seu teor e consequências e, principalmente, não tenha medo de olhos nos olhos e de demonstrar toda a afetividade que te compõe. Isso só nos torna mais fortes e humanos, e amplia nosso entendimento quando alguém também errar conosco.

Certa vez tive a oportunidade de escrever e foi libertador:

…”Eu não tenho intenção com as minhas palavras, eu não tenho nada, mas eu queria escrever pra te pedir perdão e me perdoar, para me aproximar do seu abraço, pra conversar com meu amigo, saber do seu domingo e pra não me sentir tão só. Desculpe por tudo isso e por esse texto escrito, mas eu não sou tão forte ainda, apesar de já ter a força em mim. Queria ter compartilhado o bolo de aniversário do meu avô, queria ter conversado sobre um texto lido, um filme visto e sobre as questões do amor.

Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato”.

Tente você também colocar em palavras ou gestos uma das melhores ações da vida que é de pedir desculpas e desculpar – para recomeçar, para criar suas asas e voar.

Imagens: Pinterest


Que tal ajudar nossa leitora respondendo a pergunta abaixo?

Ana Paula Mendes

Colunista Superela

Mais textos

Leia temas do seu interesse:

/

Leia temas do seu interesse:

/

E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Um email por semana só com o melhor conteúdo do Superela
Você vai adorar ❤
Obrigada!

Recebemos seu pedido de cadastro e enviamos a você um email com o link para você confirmar o recebimento dos nossos emails.

Por favor, acesse seu email e click no link de confirmação.


Click aqui para voltar ao site.
Não perca mais nenhuma novidade!
PGlmcmFtZSBzcmM9Imh0dHBzOi8vd3d3LmZhY2Vib29rLmNvbS9wbHVnaW5zL3BhZ2UucGhwP2hyZWY9aHR0cHMlM0ElMkYlMkZ3d3cuZmFjZWJvb2suY29tJTJGU3VwZXJlbGFPZmljaWFsJTJGJnRhYnMmd2lkdGg9NTIwJmhlaWdodD0yMjAmc21hbGxfaGVhZGVyPWZhbHNlJmFkYXB0X2NvbnRhaW5lcl93aWR0aD10cnVlJmhpZGVfY292ZXI9ZmFsc2Umc2hvd19mYWNlcGlsZT10cnVlJmFwcElkPTE3MTExNDI3NjM4MDkzNiIgd2lkdGg9IjUyMCIgaGVpZ2h0PSIyMjAiIHN0eWxlPSJib3JkZXI6bm9uZTtvdmVyZmxvdzpoaWRkZW4iIHNjcm9sbGluZz0ibm8iIGZyYW1lYm9yZGVyPSIwIiBhbGxvd1RyYW5zcGFyZW5jeT0idHJ1ZSI+PC9pZnJhbWU+
Curta o Superela no Facebook ❤
teste
teste
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Obrigada!

Seu nome e email foram enviados com sucesso.

Desejamos boa sorte!


Click aqui para voltar ao site.