O que você procura?

Todos os dias somos, constantemente, bombardeadas por notícias que nos fazem pensar: quando será minha vez de virar estatística? O clima de terror em que vivemos nos faz deixar de lado muitas coisas. Não há dúvida. Nesse sentido, pensar em viajar sozinha pode parecer algo aterrorizante. Não é? Eu sei, já senti isso. No entanto, foi enfrentando esse medo que eu descobri que o mundo não pode ser reduzido as péssimas notícias que diariamente entramos em contato.

Há muitas coisas e pessoas maravilhosas que não são notícias de jornais, sites ou blogs. Afinal, notícias ruins são mais lucrativas. Além disso, há muitas paisagens e culturas encantadoras para descobrir. Por esses motivos, eu gostaria que você, que tem vontade e condições, se permita viajar sozinha.

Sei que o medo é um grande empecilho para isso. No entanto, você perceberá pelo caminho que somos condicionadas a acreditar que o mundo é um lugar horrível, mas que na verdade há mais pessoas boas do que más.

viajar sozinha

Que medo de viajar sozinha é esse, mulher?

O medo existe porque somos criadas em uma sociedade machista e ela é uma maneira eficaz de limitar o direito de ir e vir das mulheres. Se pararmos para refletir um pouco, perceberemos que antes não tínhamos permissão de sair sozinhas, ou seja, sem autorização de um homem. Hoje temos nosso direito de ir e vir assegurado teoricamente, mas na prática ainda não. Isso porque muitas vezes não saímos ou viajamos sozinhas por temermos que algo possa acontecer conosco.

Viajando sozinha percebi que o medo é uma corrente para as mulheres. Ela é invisível e está em nosso inconsciente. No entanto, essa corrente não tem cadeado. A qualquer momento podemos nos libertar dela, mas, muitas vezes, por temer por nossas vidas, acabamos não nos libertando.

Moça, a corrente não tem cadeado  

Quando você decide arrancar a corrente e se permite viajar sozinha, algo muito maravilhoso acontece. Você percebe que é mais forte do que esse medo. Mesmo que, por vezes, o medo fique rodeando, ela já não paralisa mais. E isso é um vitória pessoal e também coletiva. Já que quanto mais mulheres ocuparem espaços públicos, mais estaremos colocando em prática nosso direito de ir e vir e mudando a atual conjuntura.

É viajando sozinha também que você entende o quanto é maravilhoso se permitir ter um tempo só seu, sem pensar nos outros (algo muito difícil para muitas mulheres. Afinal, ainda somos criadas desde pequenas para sermos “maternas”, ou seja, pensar no outro antes de nós mesmas).

Nesse tempo só seu, você poderá ainda aprender a lidar com sua própria companhia. Amar mesmo sabe? Entender que não precisamos, necessariamente, estar com outra pessoa para que possamos ter bons momento. Você também poderá ter muito aprendizado, autoconhecimento e momentos maravilhosos que serão lembranças “eternas”.

viajar sozinha

Viajar sozinha só tem vantagens? Não!

Seria desonesto da minha parte falar sobre todas as coisas maravilhosas de viajar sozinha e não apresentar as “desvantagens”. Por isso, acho importante falar sobre algumas situações que podem ser identificadas como ruins por algumas mulheres. Bom. Acredito que uma das desvantagens de viajar sozinha é que muitas de nós, mulheres, acabamos nos preparando muito e sendo muito cautelosas.

Além de ter que enfrentar o medo, temos que nos programar bem, ou seja, pesquisar muito sobre o destino, pegar referência com outras mulheres, encontrar hotéis ou hostels confiáveis. Enfim, tudo isso é necessário para nossa segurança. Sim, eu disse que mundo não é tão horrível quanto achamos (e não é), mas cuidar da nossa segurança é fundamental.

Além disso, como em qualquer situação da vida, sempre há a possibilidade de algo dar errado e ter que se virar sozinha. Entretanto, se isso ocorrer é só não entrar em desespero e tentar resolver com sabedora. No final, tudo vira aprendizado.

Viajando sozinha pode acontecer também de não conhecer ninguém, mas isso é algo relativo, pois se está disposta a conhecer certamente irá. Você também pode sentir vontade de conversar com alguém ou dividir o momento e talvez se sinta só. E isso, atualmente, é fácil de resolver, já que temos internet que permite conversar com qualquer pessoa.

Dito tudo isso, por experiência própria e por conhecer outras mulheres que sente o mesmo, posso afirmar que há mais vantagens do que desvantagens em viajar sozinha. Por isso, repito, se você tem vontade e condição, não deixe o medo te prender, se permita! Ah, e se precisar uma ajudinha curta o M pelo Mundo. O portal é especializado em informações e dicas de viagem para mulheres.

Imagem: visualhunt


E o que vocês responderiam a essa pergunta aqui abaixo sobre viajar sozinha, feita por uma de nossas usuárias do Clube Superela?


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Qual tema você gostaria de ver aqui?
A gente escreve sobre o que você quiser e ainda manda no seu email :)
Obrigada!
Recebemos sua sugestão.

Hey, você já conhece o Clube Superela? Lá você pode perguntar o que tem vontade anonimamente :)