O que você procura?

Já sei coar o café sem esperar você para tomar, voltei a escutar as músicas da Ana Carolina sem chover pelos olhos a noite toda e quase morrer de calafrios, voltei a colocar açúcar em dose tripla em tudo o que faço para comer, o arroz, quando não está bom, não tenho mais a preocupação de virar quase uma colher inteira de sal e até acostumei a deitar a cabeça no braço do sofá ao invés de ficar nas suas coxas. Eu estou melhor, está vendo? Foi só no momento mas, agora, depois de alguns meses e mais uns dez dias, voltei a ser eu novamente.

Voltei a largar as roupas jogadas em cima da cama, do sofá ou até dentro de algum armário. Comecei a esquecer todos os dias de acordar vinte minutos mais cedo para dar tempo de fazer tudo sem pressa e não chegar atrasado no emprego. Não estou mais com toda aquela preocupação de tentar deixar tudo na ordem mais linda, inclusive a minha vida, que, por sinal, está toda desordenada, mas estou gostando. Nunca imaginei gostar tanto da desordem quanto estou gostando agora. Retornei com muita força, meus costumes antigos voltaram, estou leve da cabeça, coração batendo da forma que deve, o mesmo nervoso de todos os dias, os mesmos gritos de raiva, o mesmo sorriso de esperança, as mesmas lágrimas antecipadas e como sempre, a mesma paranoia que nasceu comigo.

Quando aprendi que sei viver muito bem sem você! 2

Não estou muito a fim de saber como está sendo a sua vida pós-minha pessoa – talvez eu tenha inventado essa palavra agora, mas eu sempre gostei de criar bobagens novas, você sabe -, não quero saber das suas conquistas, não ligo pela forma que está, não me importo de ter notícias, na verdade, não ando muito pensando em você. Fui lembrar agora quando passei correndo pela timeline de uma rede social e vi uma foto sua com um bando de pessoas e aí veio um monte de besteiras.

Lembrei de tudo, sim. Dos sorrisos, das lágrimas, do amor, da raiva, do ódio, do carinho, da intimidade, do sexo, da sua sem-vergonhice, das verdades estampadas na cara, das mentiras reveladas com o olhar e palavras gaguejadas, da cumplicidade, do começo e do fim. Um flash de tudo em poucos segundos e a certeza de que para seguir daqui sem nenhum resquício do passado é necessário deixar algumas explicações.

O que quero dizer é: você não deve muitas desculpas, pelo menos não para mim. Desculpe-se com os meus vizinhos, coitados, são os melhores possíveis, pois nem eu aturaria tanto passar o dia inteiro ouvindo merdas que ecoavam das caixas de som, inclusive é uma besteira ficar ouvindo alguns tipos de músicas quando tudo está na pior desgraça possível. Desculpe-se com os meus cachorros, tadinhos, acho que na maior parte do tempo eles tinham um medo absurdo de mim, pois eu os abraçava e segurava por perto o dia todo como se fossem pelúcias, só largava quando o medo de sufocar era maior.

Quando aprendi que sei viver muito bem sem você! 2

Desculpe-se com os meus amigos que passaram o tempo todo tentando reanimar o que restou de mim. Desculpe-se com os meus pais, com o papa, com o presidente da república, com a primeira pessoa que ver no meio da rua, mas comigo, não precisa. Eu estou bem, feliz com tudo o que está acontecendo e, por incrível que pareça, sem vontade de atirar tudo contra você.

Depois, peça desculpa para si mesmo, se possível. Por ter sido tão idiota, por não ter enxergado além, por não saber cuidar, por não saber zelar e por tudo. Peça desculpa por ter perdido o que tinha em mãos, porque pouca coisa não era. Acho necessário dizer também que torço por você, mas não tenho poder para controlar sentimentos e uma hora, um dos piores vem à tona. Arrependimento, lidar com ele é difícil, mas, infelizmente, quem escolheu foi você, porque eu sou incrível, mas em você, pelo visto, falta inteligência. Que os sentimentos não tragam loucura e que ensinem muito, principalmente em relação à escolhas e atitudes, pois, caso você não tenha noção, século XXI tem muita tecnologia, mas ainda não é possível voltar e mudar o passado.

Imagem: Pexels


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Qual tema você gostaria de ver aqui?
A gente escreve sobre o que você quiser e ainda manda no seu email :)
Obrigada!
Recebemos sua sugestão.

Hey, você já conhece o Clube Superela? Lá você pode perguntar o que tem vontade anonimamente :)