O que você procura?

Empoderamento feminino tem um peso. Você acha que não, mas falar desse assunto ainda causa desconforto para muitas pessoas, principalmente para os homens – mesmo que eles não liguem diretamente esse termo com ‘feminismo’ (apesar de dois estarem interligados). E ter um namorado segue sendo algo que muitas mulheres querem, mesmo empoderadas. Então, com o perdão do termo, existe casamento entre essas duas coisas?

A resposta é ‘sim’, mas a gente já adianta que não é 100% fácil. Com o tanto de homens ‘feministos’ que a gente já viu por aí, é de se imaginar que nem todo cara que se diz feminista aplica na prática tudo o que essa teoria ensina, e acaba entrando em contradição quando quer dormir com a mulher no primeiro encontro, mas ela recusa.

Ter um namorado quando se é empoderada pode ser complicado, mas não é impossível. Se transforma em um exercício de desconstrução de ambos os lados, em que o homem precisa abrir a mente para aprender uma visão diferente daquilo que está acostumado, e a mulher precisa ter a paciência para ensinar e rever o que ela mesma pensa a cada momento.

Ter um namorado significa se abrir para aprender também

Quando você começa esse caminho de empoderamento, aprende a confiar em si mesma e a amar quem você é se tornam a norma. Isso significa que você já sabe que a forma como a sociedade vê você, como mulher, não é carinhosa e entende que o mundo precisa mudar de ideia porque passou um bom tempo ensinando que as mulheres são inferiores e os homens, superiores. E mudar essa visão de mundo não é algo que acontece do dia para a noite.

Por isso, ter um namorado quando você já se vê uma pessoa empoderada pode gerar brigas e conflitos, principalmente se o cara não tiver ideia ainda do que tudo isso significa ou se ele é muito machista e não dá abertura para essa mudança.

Existem muitas formas de lidar com essas situações, mas todas exigem paciência, com você mesma e com o outro. Se o cara for machista demais e não quiser aprender o que você tem a ensinar, é uma decisão sua continuar com ele ou não. É sua escolha avaliar se o que você sente por ele vale os estresses que esse comportamento pode gerar ou se, pelo bem da autoestima de vocês dois, é melhor vocês seguirem caminhos separados.

Caso ele decida entender o que você está falando, então o trabalho de desconstrução precisa ser feito em conjunto e vocês vão oferecer um ao outro material o suficiente para reverem o que pensam. O ensino, nesse caso, só acontece de um lugar de amor e carinho, sem medo ou cobranças, e é um processo. Uma coisa que você fala pode ser entendida mesmo só um tempo depois. É preciso, também, paciência para entender cada momento como um novo aprendizado e para saber que, em alguns desses momentos, nenhum de vocês dois terão paciência para a desconstrução – e tudo bem.

Mais do que isso, é um exercício de interesse: o quanto você está disposta a entender porque o seu namorado (ou possível namorado), pensa do jeito que ele pensa e o que ele precisa mudar – além do seu papel nesse contexto.

Quando vamos para o âmbito do interesse pelos outros, é um fato que ser empoderada ou não acaba ficando em segundo plano. Isso não significa que você precisa abrir mão do que você conquistou por um homem – pelo contrário. Apenas que dependendo do seu nível de interesse,  o seu desejo em ajudar uma pessoa a se libertar de ideias limitantes (e o machismo é muito limitante para todos) ou que não fazem bem é maior do que a vontade de provar para as pessoas que você é empoderada.

Até porque, empoderamento não é isso. É aprender o seu real valor e importância a todos os momentos e ensinar outras pessoas e encontrar essa mesma importância e valor dentro de si. E, com isso em mente, ter um namorado vira fichinha perto do tanto que você vai ter para ensinar para todos.

Foto: Pexels


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Qual conteúdo você gostaria de ver no Superela?
A gente escreve sobre o que você quiser e ainda manda no seu email :)
Obrigada!
Recebemos sua sugestão.

Hey, você já conhece o Clube Superela? Lá você pode perguntar o que tem vontade anonimamente :)