O que você procura?

Eu queria falar, gritar, berrar em alto e bom tom: “Somos livres sim, somos mulheres sexualmente livres, somos todas putas.

somos todas putas

Imagem: superphazed

A maioria das mulheres que conheço exalam independência, inclusive eu. De alguma forma essa independência toda assusta as pessoas. Tudo que foge do comum assusta.

Eu sou puta quando escrevo contos eróticos, quando transpareço a minha sexualidade. Sou puta quando decido onde ir no final de semana. Quando pego meu carro e saio em disparada para qualquer lugar.

Sou puta sim, quando escolho com quem quero transar, mas também sou puta quando digo que não.

Vai entender quais são os pré-requisitos para se tornar uma puta com P maiúsculo…

“-Olha lá, PUTA, tá pedindo com aquela saia. Todos olham. Se não quisesse chamar atenção tinha saído com outra roupa.”

Sou puta quando tomo minha cerveja encostada na marquise da balada. Estou de decote, porte de vadia, PUTA!

Mas não podemos esquecer:

Somos putas, quando lambemos, beijamos e chupamos. Quando deixamos nossos desejos tomarem conta. Somos putas quando somos expostas no grupo de whatsapp com aquele vídeo que vazou.

E quando subimos de cargo? Aah, somos putas porque com certeza fizemos um servicinho especial para o chefe.

somos todas putas

Somos putas quando tocamos nosso corpo, não podemos nos conhecer. É proibido. É proibido sentir prazer. Porque se sente, é PUTA.

Sou puta quando rio escandalosamente, quando falo sobre algo com conhecimento. Quando dou opinião sobre um assunto polêmico. Quando pinto minhas unhas de vermelho ou quando insisto em usar uma maquiagem bem forte.

Nós somos putas quando postamos uma foto com mais atitude ou quando lemos livros com conteúdo erótico. Somos putas quando rejeitamos a receita cultural. Lar, marido e filhos…. Uma casa, estabilidade emocional e financeira.

Somos todas putas pelo simples fato de nascermos mulheres e amarmos nosso corpo do jeito que ele é.

somos todas putas

Somos também quando decidimos mudar o cabelo, quando temos propriedade sobre nosso corpo, somos, somos, somos…. Tudo o que quisermos ser. Seremos… ainda seremos muito mais do que somos. Sonharemos, enquanto formos vivas, lutaremos.

Nós somos tratadas como a escória, só que esquecemos de mencionar que somos o mastro da bandeira da revolução. Que somos Anita Garibaldi, Joana D’arc. Somos Frida Kahlo, somos todas aquelas que lutaram para que estivéssemos aqui, agora, todas putas. Todas bem resolvidas, bem empregadas, boas mães, livres, independentes e pagantes das próprias contas.

Hoje, se o sinônimo de mulher forte é ser puta… ser puta significa, então, ser um mulherão da porra.

Eu sou puta com P maiúsculo, e você?

Imagem: Pexels


E o que vocês responderiam a essa pergunta aqui abaixo, feita por uma de nossas usuárias do Clube Superela?


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Qual conteúdo você gostaria de ver no Superela?
A gente escreve sobre o que você quiser e ainda manda no seu email :)
Obrigada!
Recebemos sua sugestão.

Hey, você já conhece o Clube Superela? Lá você pode perguntar o que tem vontade anonimamente :)