Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Eu não sei você, mas eu demorei um tempo para questionar meu amor próprio. Na verdade, a demora foi para entender o que realmente é o amor próprio. Eu sei que parece óbvio, eu sei que você, assim como eu, tem uma visão sobre, então eu não estou aqui para te questionar sobre seu amor próprio. Eu estou aqui para te contar que o assunto é mais delicado e forte do que estamos acostumados a lidar.

Desde muito nova escuto sobre amor próprio, escuto a frase “amar o próximo como a si mesmo” e o conselho “você precisa se amar mais” estava sempre na minha lista do top 10 do que dizer quando alguém me procurava para desabafar. Era algo simples de dizer e, na maioria das vezes, para quem eu dizia isso, concordava comigo. Era como se cada vez que dizia isso achava a solução para aquele sofrimento, mas eu juro que eu não fazia ideia do que realmente estava falando – me desculpem todos que fiz isso.

Se alguém me perguntasse o que realmente significava se amar mais, eu não saberia responder porque eu não analisava, de fato, o que significava. Era um conselho solto dentro de outros, era um conselho que eu roubei de algum filme de comédia romântica que eu gostei muito – que hoje em dia nem me lembro do nome . Sem perceber, era algo vazio.

Pois bem, agora talvez venha a parte mais clichê desse texto, mas juro que é real, afinal, a vida real é bem mais clichê que podemos acreditar. Minha vida ia bem até meu relacionamento considerado “perfeito” chegou ao fim, tecnicamente quando meu namorado resolveu terminar comigo. O ponto de virada da minha história com o amor próprio começa exatamente aqui.

Era estranho me olhar no espelho e não achar nenhum defeito, mas, ao mesmo tempo, me questionar qual era o meu erro. Era estranho sentir toda aquela dor pós-término e ter que lidar com as minhas questões internas porque parece que, quando esse tipo de situação acontece, tudo dentro de você é questionado também.

Eu não tinha mais certeza de quem eu era, eu gritava comigo mesma coisas do tipo “era só um namoro, você já teve outros, para de ser idiota”, no fundo eu sabia que era só um relacionamento que chegava ao fim, mas quando se está passando por uma transformação interna, é difícil identificar os espaços dentro do seu coração e, comigo foi isso que aconteceu, o término do namoro me serviu para rever muitos sentimentos acumulados que eu ignorava e repensar também atitudes que eu estava tendo comigo mesma, então eu me deparei com meu antigo conselho sobre amor próprio, (tudo que vai volta, não é mesmo?).

Uma amiga, em resposta de algum desabafo meu, soltou um conselho sobre amor próprio. Depois daquela noite, eu passei a pesquisar sobre o assunto, ler o que sempre me pareceu óbvio… E na teoria é mesmo óbvio. Amor próprio nada mais é do que ter amor e respeito por si mesmo, mas, na prática, sempre tem muitas coisas que impedem esse sentimento tão óbvio de acontecer, porque no caminho erramos, falhamos nas tarefas, falhamos no seguir nossos sonhos e sempre tem umas imperfeições que não sabemos lidar.

Resumindo: o amor próprio é difícil de acontecer porque não aceitamos facilmente nossos defeitos, porque queremos sempre ganhar e ser os melhores – o que não é ruim. Você querem ganhar e ser o melhor em algo não é algo negativo não, mas temos que aprender a perder, temos que entender nossos limites naquele momento, temos que entender que, às vezes, alguém vai ser melhor, e isso não é o fim do mundo.

Passando por todas as etapas malucas, cheguei nesses pontos. Entendi que alguém poderia, sim, não quer namorar comigo e eu não era a pior pessoa do mundo por causa disso. Essa renovação começou encarando meus erros, aceitando meus defeitos e querendo, de verdade, melhorar esses defeitos.

Mas, ao mesmo tempo, respeito meus limites e modifico meu ritmo. O processo de começar a me amar começou assim, eu me cuidava internamente, e também o externo, cuidava da pele, do cabelo e comecei a caminhar, porque caminhando eu me sentia bem com meu corpo e ainda conseguia pensar nas minhas transformações.

Além de mudar meus hábitos, eu, como escritora, comecei a escrever sobre o assunto. Eu colocava todos os meus sentimentos nas palavras, me proporcionava me aliviar assim. É um conselho meu para você. Encontre uma atividade onde você consiga colocar para fora as coisas ruins desse processo porque só cutucar a ferida não resolve. Precisamos de um curativo que nos ajude ainda mais no processo de cicatrização.

O meu foi escrever, e quando já estava levemente ficando bem e entendendo além do superficial, cheguei à conclusão que tinha um livro feito. E mesmo não sendo o meu plano principal, se tornou uma etapa importante da minha vida. Terminei o livro no início de janeiro e nele misturo assuntos que são relacionados com amor próprio, levanto as questões sobre romance, família, amizade e assuntos da atualidade que afetam e também ajudam nosso amor próprio. Gosto de sempre enfatizar que o livro não é uma resposta de como se amar, o livro na verdade são textos que incomodam e nos faz pensar em como nós amamos e como nós amar mais.

thumbnail_screenshot_2017-04-21-08-08-18

Então, esse texto é para te contar que o amor próprio está aí dentro de você. Você sabe que se ama, só precisa se olhar no espelho e saber onde exatamente está escondido esse sentimento tão bom. Você precisa entender seu próprio tempo também, aprender a se respeitar – e esse texto é para te contar que é possível, basta querer .

Você é linda e especial, nunca deixe ninguém dizer ao contrário. Se amem sem culpa, se coloque em primeiro lugar e se faça bem, tenha o hábito de sempre se olhar e dizer EU SOU BONITA E ME SINTO BEM COMIGO MESMA e, caso isso não seja verdade, vamos mudar isso? Espero que esse texto te ajude, para mais informações do livro citado http://kimiiara.wixsite.com/fragmentosintensos/portfolio.

Imagem: Pexels/Twitter

 


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Qual conteúdo você gostaria de ver no Superela?
A gente escreve sobre o que você quiser e ainda manda no seu email :)
Obrigada!
Recebemos sua sugestão.

Hey, você já conhece o Clube Superela? Lá você pode perguntar o que tem vontade anonimamente :)
Recomendado para você...