O que você procura?

Você já parou pra pensar quanto tempo se passou desde a última vez que viveu, de fato? É porque eu to falando de viver de verdade, não só de existir, ou sobreviver, tá? E você pode achar que não, mas tem uma puta diferença…

Sabe quando você acorda na segunda-feira já desejando muito a sexta? Então! Você ta só existindo. Isso é torcer para que o tempo passe mais rápido que o normal, querer acelerar o fim. Sabe quando você quer algo, mas nunca dá o primeiro passo porque dá trabalho, demora, tem medo, pode dar errado, etc? Isso também é só mera existência (leia mais aqui).

Ou, então, quando você coloca toda sua felicidade e realização pessoal numa expectativa futura ou numa perspectiva longínqua? Não ficou claro? Vou te dar uns exemplos: “Eu serei feliz quando for (…)” – magra, rica, casada, etc. Ou então: “Quando eu tiver X mil reais, vou fazer aquela viagem dos meus sonhos!” Se identificou? Que pena! O nome disso é sobreviver. E sabe porque eu falo que é uma pena? Porque pode ser que você nem sobreviva até lá – torço pra que você viva muito, tá? Mas viva BEM!

Veja, não há nada de errado em planejar o futuro, desejar coisas, por mais que difíceis que elas pareçam. Aliás, quem não sonha também não vive! O problema está em limitar-se a expectativa. Nesse caso, a equação seria algo como: viver = sonhar + buscar realizar. Mas não vamos nos apegar à fórmulas! Sou de humanas então minha resposta mais comum é: “Depende”.

Quer outros exemplos de mera existência vazia na vida?

1. Reclamar do frio no inverno, do calor no verão, da chuva no meio da tarde, enfim, de toda mudança de tempo que acontece (leia mais aqui). Amore, isso aqui é Brasil; a gente pode mudar cultura, política, economia, mas clima foge ao nosso poder! Vamos aceitar que dói menos, né?

2. Passar dia e noite em função de TODAS as redes sociais disponíveis. Olha, eu também tenho Facebook, adoro Instagram (tenho dois perfis, inclusive) e até blog eu mantenho! Mas, a não ser que você ganhe a vida com isso, eu sugiro – e estou só sugerindo – erguer a cabeça e olhar ao redor! Tem um mundo a sua volta e muita VIDA nele, pessoas e situações bastante interessantes.

3. Lamentar o que não foi, o que poderia ter sido, remoer o passado, se apegar ao arrependimento. Amiga, Pare! Já foi! Não volta! Deixa ir! Se liberta e olha pra frente! Passado é pra aprender! Vida é pra viver… E viver hoje! Presente!

4. Ser – ou melhor – AGIR da forma como esperam de você, ao invés de simplesmente SER você. Passar a vida mascarado, fantasiado, interpretando, só porque os outros acham bom e bonito, cansa, desgasta e, no fim, frustra! Até ator, que vive de interpretar, vez ou outra, se cansa. Viva sua própria vida.

Sabe por quê? O tempo é relativo. Albert Einsten já explicou, em sua famosa teoria. Como disse, sou de humanas e, portanto, não entendo quase nada disso. Mas eu te digo, com convicção, que o tempo está passando; o meu e o seu. A vida ta passando! A minha, a sua, a de todo mundo. E passa rápido – rápido e devagar também podem ser relativos, mas eu não desperdiçaria.

O que você tá levando dela? Ou será que é a vida que te leva? Será que não é a vida que anda te arrastando, enquanto seu freio de mão tá puxado? Uma vez me disseram que a felicidade é feita de pequenos e raros bons momentos, para darmos valor. Mas como definir um “pequeno bom momento”? Por que não fazer de todo momento um bom momento e preencher a vida desses pequenos fatos?

você leva a vida ou a vida que te leva?

Viver é mais que encher a barriga e encher o bolso. Às vezes, pra viver, é preciso encher a cara, encher o saco, encher o coração, encher a alma. Isso enche a vida de VIDA! Se você espera demais, só se enche de existência, sobrevivência e de tempo relativo e vazio. A vida é um contagem regressiva constante. O problema é que a gente não vê o cronômetro, então, nunca sabe quanto tempo resta. Qualquer milésimo de segundo pode ser o último.

Longe de mim discutir com o Einstein, o cara era um gênio mesmo! Manjava muito de Física, cálculo, exatas… Mas de tempo bem vivido, tenho minhas dúvidas. O tempo não vai passar mais devagar se você viver intensamente – ou se só olhá-lo passar, através da janela. Ele vai passar igual! Então, que passe melhor e que valha a pena! Viva e deixe viver… Bora?

Imagem: Pinterest


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)