O que você procura?

Acredito hoje, depois de muito me martirizar e me culpar por términos de relacionamentos conturbados, que não existe essa de ‘ser uma pessoa difícil de ser amada‘. O que existe, ao meu ver, é a dificuldade em ACEITAR o outro como ele é. É a real dificuldade em se acertar os ponteiros quando somos completamente diferentes do outro.

ser amada

Até certo ponto, as diferenças são saudáveis e nos servem de complemento, fazendo com que a relação flua e seja prazerosa. Mas, passando este ponto (que vale lembrar, é individual, cada um é que sabe qual é o seu ponto limite), as diferenças começam a pesar muito e inviabilizam a relação. Mesmo que se tenha “amor”, ou que se queira muito amar (que acredito ser a expressão mais correta).

Então, posso dizer que os opostos se atraem, mas são os semelhantes que se dão bem…e os DISPOSTOS é que permanecem juntos.

Vou dar um exemplo do que quero dizer: Quando eu tinha 16 anos conheci meu primeiro namorado, um cara totalmente frio, racional e nada afetivo. Eu sou emoção pura, romântica extremista e não sei amar pela metade. Ser meio amiga, me envolver parcialmente. Nunca soube.

Você imagina o que tal junção resultou?

Eu, cobrando atitudes, palavras, repreendendo gestos e sendo profundamente infeliz porque ele não me dava o que eu esperava. E ele, acreditando ser a pior das criaturas do mundo, se sentindo pressionado o tempo inteiro, irritado. Era uma bola de neve. Certa vez ele me disse “Eu faço o meu máximo por você, o que EU posso fazer? O que eu consigo nunca é suficiente pra você. Você é muito difícil.

ser amada

Insisti o máximo que pude na relação e me culpei durante um bom tempo. Afinal, a culpa de não ter dado certo era minha, já que ele fazia tudo e nunca era suficiente pra mim.

Dali por diante vivi mais alguns relacionamentos com esta crença ainda latente dentro do meu coração – “eu sou uma pessoa difícil de ser amada“. E então comecei um caminho inverso e igualmente penoso, beirando à autoflagelação. Comecei a aceitar tudo, tentar não discutir, não impor minhas vontades e nem expor muito minha opinião. Passei a me podar e tentar demonstrar o menos possível para não “sufocar” o parceiro. Deixei correr solto, à revelia, para não pagar de mulher chata.

Resultado deste relacionamento?

Ele terminou comigo, alegando que eu não ligava e não dava a devida importância à relação. Olha só: um terminou comigo porque eu era “demais”, e o outro porque eu era “de menos”. Então… qual era a medida perfeita?

Segui acreditando que eu era mesmo uma pessoa difícil de ser amada e evitei relações que pudessem virar algo mais sério. Até…até conhecer a tampa da minha panela. O ser que me fez ver que eu era perfeita sim, daquele meu jeito. Sabe por quê? Porque ele era bem parecido comigo. Porque tínhamos vindo de relacionamentos parecidos com as pessoas erradas. E porque tínhamos o mesmo propósito, a mesma disponibilidade de entrega.

E desde então, desde os meus 18 ou 19 anos, aprendi esta lição. O meu primeiro namorado estava errado? E o segundo?! Era eu que era DIFÍCIL? Não. Éramos pessoas diferentes, com disponibilidades diferentes. Só isso.

A MEDIDA PERFEITA É A SUA MEDIDA. Nem a mais, nem de menos. Simplesmente VOCÊ.

Por tanto, caia fora desse relacionamento que te convence que você é problemática, que você nunca “está satisfeita com nada”, que você “reclama de tudo”. Se a gente reclama muito e vive cobrando o outro de coisas que teriam que ser naturais e espontâneas pra ele…é porque ele não é quem buscamos.

E não se pode amar quem não nos ama de volta e na mesma proporção, pois o AMOR, de verdade, se alimenta da RECIPROCIDADE. Qualquer outra coisa que não tenha reciprocidade, disponibilidade e vontade real de estar junto e fazer dar certo, não pode ser chamada de amor.

VOCÊ É BOA O SUFICIENTE.

ser amada

Não deixe que ninguém te faça sentir o contrário. Não se coloque em posição inferior. Não vista carapuças que não são suas. VOCÊ É BOA O SUFICIENTE para a pessoa certa. Para a pessoa que a esta hora está te procurando e rezando a DEUS para te achar. Para a pessoa que irá rir das tuas bobagens e deixar que chores feito criança quando precisar. A pessoa que fará por ti tudo o que você sempre fez pelos outros.

A pessoa que retribuirá os seus sorrisos fora de hora, seus olhares indecentes, seus abraços apertados, as surpresas românticas que você tanto gosta… A pessoa que entenderá as suas manias, te ajudará a sair do poço todas as vezes que você estiver lá em baixo.

Pense nisso! Que tudo que alguém reclama em você hoje, outra pessoa pode amar amanhã.

Não existem pessoas “difíceis de serem amadas”, existem pessoas certas e erradas.

Tomar consciência disso é algo fantástico e libertador, e nos evita muito sofrimento, culpa e dor.

O maior medidor para saber se a sua pessoa atual é ou não a pessoa certa para você é o SORRISÔMETRO. Se você sorri mais do que chora, mesmo com todos os perrengues e desentendimentos, então acredito que esteja no lugar certo. Mas se você deixou de sorrir a tempos e só vive cobranças e expectativas frustradas, incertezas e desconfianças…então, vai-te embora o quanto antes. Não acredite na desculpa esfarrapada de que “relacionamento é assim mesmo”.

O amor não é assim mesmo…

AMOR de verdade, não rima com dor. Não se contente mais com os amores genéricos.

Imagem: Pexels


E o que vocês responderiam a essa pergunta aqui abaixo, feita por uma de nossas usuárias do Clube Superela?


@ load more
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada, agora falta pouco...
Por favor, fique de olho em sua caixa de entrada (às vezes, pode acontecer do email estar no SPAM ou na aba Promoção caso use GMail). Quando receber nosso email é só clicar no link de confirmação ;)
Enviaremos nos próximos minutos um email para você confirmar o recebimento de nossos conteúdos.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Qual conteúdo você gostaria de ver no Superela?
A gente escreve sobre o que você quiser e ainda manda no seu email :)
Obrigada!
Recebemos sua sugestão.

Hey, você já conhece o Clube Superela? Lá você pode perguntar o que tem vontade anonimamente :)