Receba nossos e-mails incríveis
NOVO App Clube Superela!! ♥
Pergunte e converse anonimamente
Relacionamento Sexo Autoestima Corpo Trabalho&Dinheiro Beleza Estilo Entretenimento Girl Power!
Escreva seu texto
Receba nossos e-mails incríveis

Leia temas do seu interesse:

/ /

Sim, você pode estar grávida

Samara Barth

Colunista Superela

Mais textos

Se você abriu esse link, provavelmente a dúvida já está por aí. O que aconteceu, além do óbvio? Sexo.

Não tem jeito de engravidar sem fazer sexo. Pele com pele, fluido com fluido e mais um útero saudável e quentinho. Pronto, temos a chance de uma nova vida surgir aí!

Sim, você pode estar grávida

estar grávida

Sim, mulheres sexualmente ativas tem 85% de chances de engravidar no período de um ano, se nem ela ou o parceiro usarem contraceptivos.

Provavelmente você ainda não teve coragem de fazer o exame de sangue, ou até mesmo o de farmácia. Se você teve relações desprotegida há poucos dias, ainda é impossível que você tenha a resposta definitiva que procura. Então se acalme, respire e vamos pensar juntas.

 O primeiro mês de gestação dificilmente percebemos

Os sintomas são muito parecidos com os menstruais, muito mesmo. Pode ser que você sinta que seus peitos ficarem mais sensíveis e inchados,  sinta cólicas leves e contínuas, algumas espinhas e enjoos pela manhã, fome e irritação.

Sim, você pode estar grávida mesmo se ele gozou fora, se você tem SOP, ou até por ter esquecido um único dia do anticoncepcional.

Se a relação aconteceu há menos de 24 horas, você pode ainda recorrer ao uso das Pílulas do dia Seguinte. Se já passou desse prazo, resta apenas esperar mais alguns dias ou semanas.

Em caso positivo de uma gestação, só com o passar do tempo é que o nível de hormônios Beta HCG vai aumentar conforme o feto e a placenta se desenvolvam, e será percebido com facilidade por qualquer teste.

E o que fazer?

Sua vida não vai acabar, muitas coisas vão mudar  e acredite, aos poucos tudo vai se encaixar. Busque por acompanhamento médico, vá no posto de saúde mais próximo de sua casa ou procure seu ginecologista. O pré-natal é importante para cuidar da sua saúde e da nova vida que virá.  Em muitas cidades você também poderá encontrar grupos de apoio à gestantes coordenados por Doulas. Nesses grupos você poderá desabafar, ouvir outras experiências e terá muito apoio durante toda a gestação. Você não precisa encarar esse momento sozinha.

Respire, se acalme e vamos conversar para que não passe por esse susto outra vez? Ser mãe pode ser maravilhoso, porém, você tem o direito de escolher quando e se deseja vivenciar essa experiência.

Não existe método único anticoncepcional que seja 100% seguro. Mesmo as injeções hormonais, adesivos ou DIU podem falhar. Segundo o IPEA, 50% das gestações não planejadas acontecem assim, com o uso de um único método. Por  isso o recomendado sempre é o uso combinado de dois métodos de preferencia um deles sempre a camisinha.

Camisinha é amor;

É amor próprio e respeito ao seu corpo;

É amor à sua saúde;

É amor aos seus sonhos;

É amor à sua liberdade;

Quem não for capaz de respeitar isso, acredite, não merece estar com você!

O ideal é fazer a combinação de:

Métodos de barreira,

dificultam que os espermatozoides fecundem o óvulo;

São eles a Camisinha, Diu de cobre, Diafragma e Espermicidas.

Métodos hormonais,

alteram temporariamente o modo de funcionamento do sistema reprodutivo;

São eles o Diu hormonal, adesivos, pílulas de uso contínuo e injeções hormonais.

Métodos Naturais,

Através de observação do ciclo, a mulher identifica seu período fértil e janelas de fertilidade. Esses são os com maior chance de falha já que alimentação, remédios e stress podem alterar seu ciclo.

Tabelinha, método Billings

Vamos por na ponta do lápis, compare os métodos disponíveis e suas porcentagens de falhas quando usados corretamente (importante!):

Método contraceptivo                                     % de falha
Pílula do dia Seguinte                                          2 a 3%
Diafragma com espermaticida                           6 a 20%
Dispositivo Intra-Uterino (DIU)                         0,5 a 1%
Endoceptivo (Sistema Intra Uterino)               0 a 0,2%  por 5 anos
Injetáveis mensais e trimestrais                       0 a 0,3%
Métodos Naturais                                                1 a 25%
Pílula                                                                       0,1 a 8%
Preservativo com espermaticida                      2 a 21%

* Índice de falha relatado pela Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, Organização mundial de saúde e Ministério da Saúde

Escolha de forma consciente, e lembre-se de que o primeiro e mais importante amor é o por você mesma <3

Caso você tenha mais dúvidas, entre em contato com sua ginecologista!

Imagem: Pexels


Será que é possível? Você acha que essa nossa leitora possa estar grávida? O que você responderia para ajudá-la?

Samara Barth

Colunista Superela

Mais textos

Leia temas do seu interesse:

/ /

Leia temas do seu interesse:

/ /

E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
E-mails especiais
Faça parte da comunidade de mulheres mais empoderadas do mundo!
Escolha os temas que mais gosta
Quero!
Obrigada!

Recebemos seu pedido de cadastro e enviamos a você um email com o link para você confirmar o recebimento dos nossos emails.

Por favor, acesse seu email e click no link de confirmação.


Click aqui para voltar ao site.
Os melhores conteúdos do Superela.
Um único email por semana.
Queremos te enviar OS MELHORES
conteúdos do Superela.
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)
OS MELHORES conteúdos do Superela
uma vez por semana no seu email!
Você vai adorar! ❤
Vamos ser amigas? :)