Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

O sexo anal é o tabu mais complicado em relação ao sexo em geral (leia sobre outros aqui). Tem gente que só libera a porta dos fundos depois de estar namorando, outros depois de casados e tem também aqueles que acham que é a cereja do bolo e que não podem liberar tão fácil se não vira rotina. Tem gente que acorda com vontade de dar e outras que dizem que nunca vão fazer sexo anal.

Era um sábado de manhã. 7 horas da manhã de um sábado é um horário tenso tenso. Sim, acordei com vontade de dar meu cu pra ele que dormia do meu lado como um anjo. Não tenho pudor nenhum de dar a hora que eu quiser, meu cu não é premiação para conquistas. Minha boceta já estava molhada e meu cu já sentia as bombas daquele pau grosso e duro.

Ele estava só de cueca, mas o sono era profundo, então resolvi abaixar abaixá-la e acorda-lo com minha boca quente naquele pau gostoso. Fazer um pau ficar duro na minha boca é a melhor sensação que poderia ter numa manhã de sábado. Ele despertou já com as mãos no meu cabelo fodendo minha boca e não demorou nada pra endurecer e ficar no ponto certo para comer meu cuzinho todo. Subi lambendo a barriga até chegar no ouvido

– Me acorda assim todos os dias!

– Só quando eu tiver com essa vontade que estou…

– E qual é sua vontade, gostosa?

– Sentir meu cu se abrindo pro seu pau entrar todo!

– Seu pedido é uma ordem!

Em um golpe só ele me botou de bruços, segurou meus braços pra trás e mandou eu ficar de pernas fechadas. Botou lubrificante no pau, meu cu já estava todo melado com certeza. Mirou e meteu de uma vez. Sem pena. Sem medo. Sem mimimi. Meteu e deixou ele lá dentro latejando.

– Me fode!

– Tá sentindo ele pulsando dentro de você?

– Sim! Quero mais….

Ele metia devagar enquanto puxava meus cabelos. Eu segurava no travesseiro com muita força e dei um primeiro gemido.

– Não geme. Fica calada!

– Mas eu preciso colocar pra fora todo esse tesão que estou sentindo

Ele deitou em cima de mim com o pau bem fundo no meu cu e tapou minha boca com a mão. Metia devagar e fundo e mordia meu ombro, lambia minha nuca e eu tive que segurar todo gemido. Minhas veias estavam pulsando em meu pescoço e meu rosto estava quente de tanto me segurar. Mordia o travesseiro e empinei minha bunda ao máximo. Eu estava totalmente submissa a ele. Pernas e mãos sem poder movimentar. Ele não parava, aquela tortura estava durando muito tempo!

Nunca gozei sem poder me movimentar e sem poder gemer enquanto ele fodia meu cu tão perfeitamente. Minha cabeça já estava a mil, eu pensava em várias coisas ao mesmo tempo, mas nada conseguia tirar de mim a sensação maravilhosa de estar obedecendo meu macho. Meu ombro já estava todo marcado – e eu só sentia prazer naquilo. Ele metia no meu cu e minha boceta esfregava na cama com o vai e vem do sexo, e isso estava me deixando alucinada!

– Eu vou gozar!

– Não! Espera! Quero que você goze na minha boca.

– Mas eu quero gozar desse jeito! Não vou conseguir de outro jeito.

Ele soltou meus braços e me virou de frente sem tirar o pau do meu cu. Isso estava mais acrobático que um pornô dos bons! Nessa posição ele conseguia ver minha cara de tesão, minha boceta escorrendo mel e a vontade que eu estava de gritar tudo que estava acumulado em mim.

Ele então segurou meu pescoço com uma mão, firme e seguro e com a outras bateu de leve na minha cara. Eu sorri. Ele meteu mais forte e deu outro tapa, um pouco mais forte. Eu mordi os lábios. Foi ai que ele continuou comendo meu cu e masturbando minha boceta ao mesmo tempo (leia mais aqui). Minha respiração estava ofegante e eu já não conseguia aguentar todas as sensações ao mesmo tempo.

– Agora eu vou gozar! Eu preciso gozar!

Ele tirou o pau do meu cu e continuou me masturbando até chegar com a boca quente e perfeita ali, onde iria sair todo meu prazer. Continuou me masturbando com a língua e apertando meu peito. Eu subi meu quadril para que ele se afogasse na minha boceta toda melada. Não demorou nada e eu desabei. Soltei um gemido forte e aliviador. Ele lambeu tudo e eu não tinha forças nem pra minha caricata crise de riso pós orgasmo.

Ele não gozou, se manteve firme esperando meus 2 minutos de sono e a próxima etapa. E eu estava nas nuvens, sentindo meu corpo todo dormente e com a sensação de que não poderia perder nem um minuto com aquele homem.

Imagem: Pinterest / Regard Coupables

Área especial sobre Orgasmo Feminino

Sabia que a gente tem uma área especial sobre Orgasmo Feminino com muitas dicas, técnicas, fotos e vídeos?

Veja uma prévia do que espera por você

Você ainda poderá participar do nosso grupo fechado no Facebook e tirar dúvidas com uma Sex Coach, além de falar sobre o assunto com outras mulheres!
Vamos nessa? 😉

Acessar o especial Orgasmo Sozinha
@ load more