Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Para não perder a cabeça com as compras do Natal e não transformar seu mês de janeiro numa grande dor de cabeça com o endividamento, veja algumas dicas para presentear a todos que você curte sem comprometer nocivamente sua conta bancária:

1. PLANEJE 3 MESES ANTES

Anote na agenda e comece a planejar seu Natal no mês de setembro ou outubro, no máximo, ou seja, se você ainda não comprou nada, está atrasada!

2. FAÇA A LISTA

Faça uma lista das pessoas que deseja presentear.

3. DEFINA UM VALOR MÉDIO

Estipule um valor médio por presente – avaliando separadamente aquelas pessoas com quem gostaria de gastar uma quantia maior – e some o total.

4. AVALIE OS VALORES

Divida esse valor total em três parcelas iguais, pelos meses de outubro, novembro e dezembro. Veja se essa parcela cabe no seu orçamento mensal sem gerar dívidas. Caso seja mais do que o saudável, pense em alternativas criativas de presentes ou repense o valor por pessoa.

5. COMPRAS JÁ!

Comece a fazer as compras o quanto antes! Quando estiver passeando em lojas e shoppings e vir objetos que sabe que agradarão a uma pessoa específica, e se o preço for bom, compre imediatamente, não adie “por ainda estar longe do Natal”.

6. EVITE COMPRAR EM DEZEMBRO

Evite ao máximo entrar em shoppings no mês de dezembro – além de serem caros, ainda criam uma sensação de urgência que levará você a gastar indevidamente, apenas pela proximidade da data e o medo de não encontrar outras opções mais acessíveis e melhores.

7. NÃO PARCELE PARA O ANO QUE VEM

Evite fazer mais do que três parcelas de pagamento para não começar o ano seguinte ainda arcando com os presentes – devemos começar o novo ano sem dívidas. Anote tudo que for gastando. Pendências financeiras bloqueiam nosso dom de sonhar!

8. NÃO USE O DÉCIMO-TERCEIRO

Se você é empregado formal, busque não usar o décimo-terceiro salário para comprar presentes – utilize-o para quitar dívidas ou empréstimos, pagar a matrícula das crianças em janeiro, IPTU ou IPVA do carro ou ainda – que seria o ideal – poupar para o futuro ou previdência privada. Garanta seu futuro e seus amigos e parentes ficarão mais felizes por você!

9. ESCOLHA ‘A’ LOJA

Escolha uma loja que goste e onde possa comprar uma boa parte de seus presentes, assim você pode tentar um desconto à vista ou parcelar a compra no cartão. Peça o desconto sempre que estiver adquirindo mais itens.

10. BUSQUE OS “ACHADOS”

Lojas de grifes têm boas opções de bijuterias, lingerie e agendas ou cadernos, que normalmente têm preço melhor e ficam “escondidas” no balcão de pagamento, reviste tudo em busca de “achados”.

11. PRESENTES DE VIAGENS

Quando estiver viajando, visite lojas conceituais, feiras de rua e de centros culturais e comece a comprar os presentes, mesmo que falte um tempo para o Natal. Lembre-se apenas de que esses presentes não podem ser trocados, então você terá que “acertar na mosca”!

12. PRESENTES CRIATIVOS

Boas opções são lojinhas de centro culturais, museus, lojas de utilidades para casa e de presentes em geral, onde você pode fazer escolhas criativas.

13. JOGOS PARA ADULTOS/FAMÍLIA

Lojas de brinquedos infantis vendem jogos que podem agradar adultos e famílias também.

14. PRESENTEIE COM SERVIÇOS

Salões de beleza, centros de estética, academias e livrarias têm vales-presentes que dão à pessoa a liberdade de escolher o que mais lhe agradar… aproveite para surpreender quem você ama com uma massagem, uma consulta a uma nutricionista ou uma aula de dança, por exemplo. Quem sabe você ainda não ajuda a difundir um bom hábito e transformar a vida daquela pessoa?

15. FAÇA VOCÊ MESMA

Se você tem habilidades para fazer objetos e presentes, aproveite seu talento e presenteie com seus itens assinados e lindamente embrulhados.

 

Foto: pinterest.com/superelaoficial

@ load more