Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Início de mês… Seu bolso está cheio ou você está aproveitando que entrou o salário para pagar os juros do cheque especial do mês passado? Se estiver mais para a segunda opção, não se desespere, você não é a única! A maior parte das pessoas acaba tendo, uma vez ou outra, problemas na hora de administrar o dinheiro. Na verdade, lidar com dinheiro, por mais que a gente passe a vida treinando, vai ser sempre um desafio para o cérebro, a não ser que você seja um economista. Entretanto, algumas pequenas mudanças de comportamento pode ajudar a não ficar no vermelho até o final do mês (e isso não inclui venda nos olhos ao passar em frente aquela loja). Confira algumas dicas e aproveite este mês para administrar melhor suas finanças.

1. Faça as contas

Quanto você ganha por mês? Quanto fica realmente para você, abatendo impostos, etc.? Ter esse controle é especialmente importante para quem não tem salário fixo. Além disso, de quanto você precisa para pagar suas despesas? Sem uma ideia clara de quanto entra e quanto sai, fica impossível administrar qualquer coisa. Assim, a primeira dica é: passe um mês anotando tudinho que você ganha e também o que você gasta. Só assim você vai descobrir para onde vai o seu dinheiro. Mas é para anotar tudo mesmo!

2. Analise

De posse da listinha, verifique o quanto você gasta por categorias. Por exemplo: moradia (aluguel, condomínio, luz, internet), lazer (balada, restaurante, viagens), academia, roupas, transporte, entre outros gastos. Você está dividindo o seu dinheiro de acordo com as suas necessidades? Há alguma despesa que te chame atenção? Analise tudo e fique atenta aos gastos excessivos.

3. Reflita

O que você realmente valoriza na vida? Quais seus planos de curto e médio prazo? Se, ao analisar a sua listinha, você descobriu que gasta com táxi quase a mesma coisa que paga de aluguel, vale a pena refletir se andar de táxi é tão importante para você quanto o local em que você mora.

MAIS: 8 DICAS PARA TRAÇAR METAS DE SUCESSO
MAIS: 9 DICAS INCRÍVEIS PARA SE DIVERTIR NAS FÉRIAS SEM GASTAR MUITO

4. Separe

Depois de refletir, faça a si mesma a pergunta: quanto você quer gastar com roupas, lazer, alimentação e transporte, por exemplo, este mês? Após decidir, pegue envelopes e escreva em cada um o nome da categoria. Em seguida, pegue seu dinheiro (em espécie!) e coloque dentro de cada envelope, de acordo com o que você decidiu. Pronto, isso é o que você tem para gastar com cada uma dessas coisas este mês. Vai ser uma boa experiência prestar atenção em como você vai fazer para se virar com esse limite ao longo do mês.

5. Poupe

Você tem o sonho de fazer uma viagem ou comprar um apartamento? Então comece a poupar. Quando se pensa em poupança, de uma forma simples, temos que levar em consideração dois fatores. O primeiro é o objetivo da poupança. Quanto você quer poupar? O segundo é prazo. Em quanto tempo quer juntar essa quantia? Se quer comprar um carro no final do ano, quanto terá que juntar por mês? Isso é uma meta possível? Faça as contas.

6. Priorize

Se guardar algum dinheiro para realizar os seus sonhos é uma prioridade, separe o valor a ser poupado e tranque-o a sete chaves (ou transfira-o para sua poupança) assim que o salário entrar. Qual a segunda conta prioritária? Aluguel? Pague-o em seguida. Plano de saúde? Conta de luz? Vá pagando por ordem de importância. Assim, você assegura que está direcionando seu dinheiro para o que realmente valoriza.

7. Pague em cash

Ao preencher um cheque ou usar o cartão de crédito, a experiência de gasto é bem diferente do que se pagarmos todo o valor em dinheiro. Ver que está destinando um bolinho gordo de dinheiro em troca de uma bolsa pode te ajudar a ter a real dimensão do quanto aquilo representa no seu orçamento e, assim, pensar melhor se é o caso de fazer ou não aquela compra. Além disso, ao sair com dinheiro em espécie, estamos sempre com um limite, que é o valor existente na carteira naquele momento. Isso é um antídoto contra a compra por impulso! E é bem provável que ao pagar no débito ou em dinheiro, você ainda ganhe descontos. 😉

botao_simples

@ load more