Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Antigamente, a regra era clara: homens sustentam a família e mulheres cuidam da casa e dos filhos. O mundo mudou, as mulheres mudaram, os homens mudaram… E as tarefas do lar continuam sendo iminentemente responsabilidade nossa. Assim, acumulamos funções… A tão famosa dupla, tripla jornada. Todo mundo sabe o que é, todo mundo sabe que não funciona no longo prazo, mas o grande desafio é: como fazer para que ele divida também as tarefas domésticas? Bem, veja abaixo dicas para fazer seu homem ajudar em casa

1. Abaixo à ajuda

Vamos começar mudando o título deste texto. Ajuda é uma coisa que a gente faz, por amizade ou interesse, às vezes, quando dá. Isso está longe de significar dividir a responsabilidade. Se o seu marido te “ajuda”, o pressuposto continua sendo de que a tarefa é sua… Assim, segure sua língua dentro da boca antes de pedir ajuda novamente!

2. Divisão de tarefas

Antes de começar a pensar em dividir as tarefas, primeiro é preciso listá-las. Todas! Coloque na lista tudo o que vocês precisam pagar e também tudo, tudo mesmo, que é preciso fazer. Desde lavar a louça, até configurar o roteador e levar o cachorro para passear. Dividam também as contas a serem pagas. Com tudo isso no papel, podemos começar a ver qual é o real panorama da divisão de responsabilidades entre vocês.

3. Chega de mimimi!

Homens, em sua maioria, raciocinam de forma objetiva. Assim, ao negociar com um homem, vá direto ao ponto. Além disso, use dados e fatos, ao invés de discussões do tipo “não é justo” ou “você deveria”. Coloque na mesa o panorama acima e converse com ele sobre a melhor forma de equilibrá-lo entre vocês dois. Essa conversa pode (e deve!) durar o tempo mínimo necessário para chegar a um acordo. Nada de transformar isso numa longa DR nem de misturar outros problemas. Uma coisa de cada vez. Tenha foco!

MAIS: 7 ESTRATÉGIAS PARA ORGANIZAR SUAS FINANÇAS
MAIS: 7 FORMAS DE DEFENDER SEUS INTERESSES

4. Desligue a patroa

Se ficou acordado que uma determinada tarefa é responsabilidade dele, cabe a vocês negociar (eu disse negociar) qual a melhor maneira de realizá-la. Isso vale também para as suas tarefas. Como dizia a minha avó, “a pior parte de homem se meter com tarefa de casa é que eles ficam querendo dar palpite”. Neste caso, não é apenas palpite. Se a tarefa é dele, cabe a ele pensar no melhor jeito de dar conta dela. Vocês podem, na melhor das hipóteses, negociar. Assim, nada de dizer quando, onde, como ele deve fazer qualquer coisa. Ele não é seu funcionário. Melhor, a responsabilidade pela tarefa deixou de ser sua… Aproveite o seu tempo e pare de se preocupar com ela!

5. Cale a voz da experiência

Não é porque, infelizmente, você tem muito mais experiência em como dar conta das tarefas domésticas, que seja sua responsabilidade ensiná-lo. Imagine se, na sua equipe de trabalho, um colega ficasse o tempo todo te dando “dicas” de como executar as suas tarefas. Imagino que você teria vontade de mandar o tal fulano para uma ilha deserta… Ou melhor, ir você mesma para uma ilha deserta e deixar o fulano fazendo o seu trabalho, já que ele é quem sabe tudo. É exatamente isso que muitos homens acabam fazendo quando a gente fica dizendo para eles, o tempo todo, o que fazer. Imagino que seu marido não seja nenhum retardado… Ele pode perfeitamente descobrir por si só, perguntar para você, para a mãe dele, procurar no Google, etc. Não caia nessa armadilha de bancar a sabe-tudo. Você vai acabar fazendo sozinha.

6. Elogie!

Não o fato de ele estar fazendo. Na verdade, a nova lógica é de que ele não está fazendo nada além da obrigação dele, não é mesmo? Mas não se esqueça de elogiar o que ele fez. Todo mundo precisa de um incentivo, achar que fez um bom trabalho. Se ele não fez um trabalho ótimo, o que é bem provável, considerando que ele é um iniciante, elogie a parte que ficou boa. E, por enquanto, ignore o que ficou ruim… Com o tempo, ele vai se aprimorando.

botao_simples

MAIS: 4 JEITOS DE CUIDAR DO SEU AMOR NA DOSE CERTA
MAIS: 7 PASSOS PARA LIDAR MELHOR COM SUAS EMOÇÕES

@ load more