Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Muito se fala em estilo próprio e ser autêntica. A maioria de nós sabe o que é ter estilo, conseguimos identificar uma pessoa que possui um estilo próprio, aquela que emana uma luz diferente, que se aceita e consegue potencializar o que tem de melhor e consequentemente, disfarçar algo que não lhe agrade tanto. Mas, você sabe COMO ter estilo? E saber, é uma coisa, conseguir conquistar este tão almejado estilo próprio são outros quinhentos. Exige um trabalho MINUCIOSO de autoconhecimento, reflexão e adequação.

Inicialmente observar as pessoas que você considere de estilo é essencial. Ao descobrir uma imagem que você quer projetar, não somente a aparência, mas a maneira como vivem, como se comportam, a maneira como pensam e a forma como enfrentam seus desafios e especialmente a habilidade que tem em demonstrar através das roupas, acessórios e preferências, um gosto sempre incrível, seu toque especial e insubstituível. Nunca tente copiar o estilo de alguém ou imitá-lo, estilo é autenticidade, através deste trabalho você conquista a sua liberdade de expressão visual.

como ter estilo da Beyonce passando batom

1. Olhando pro seu passado

Primeiramente, não só para desenvolver o seu estilo próprio, mas para se cuidar, se gostar, é importante se olhar cada vez mais, se conhecer para ter a liberdade de ser quem você quiser. Olhe um pouco para sua história, coisas que você sempre gostou, essas que talvez marcaram sua vida, não estou falando pra você resgatar elementos de moda lá do passado, mas referências que, mesmo de uma forma desorganizada, podem dar indícios do seu estilo pessoal e de como ser estilosa.

2. Busque referências de como ter estilo

Neste passo você pode olhar mais pro presente, compre revistas, reconheça personalidades com as quais você acha que tem a ver com você, faça pesquisas na internet, separe imagens de corte de cabelo, roupas, acessórios, joias, tudo que lhe chame atenção e que você gostaria de usar.

revista sendo folheada para descobrir como ter estilo

3. Redefina-se, redescubra-se

Descubra sua imagem, observe suas fotos, tire muitas fotos pelo celular mesmo, para você se familiarizar com seu corpo, seus atributos físicos, sem medo do ridículo. Explore todos os ângulos e poses, pode ser diante do espelho, no problem, o importante é você se ver exatamente como você é. E partir daí, se conhecer, se aceitar e traçar metas de como ter estilo, essas possíveis de serem cumpridas, e mãos à obra.

mulher se vestindo e aprendendo como ter estilo próprio

MAIS: 6 DICAS PARA ESCOLHER O BIQUÍNI CERTO
MAIS: 3 DICAS DE OURO PARA ESCOLHER SEU ÓCULOS!

4. Potencialize o que você tem de melhor

Valorizar e potencializar o que você tem de melhor deve ser um prazer e um desafio. Você precisa aprender como ter estilo próprio, mesmo vivendo num mundo virtual onde ferramentas de filtro e ilusões de ótica cultuam a perfeição não-existente – especialmente no Brasil, onde a miscigenação de raças ganhou sofisticação, com seus tipos tão distintos. Com tudo isso, é impossível estabelecer um padrão de como ser estilosa.

5. Você por você mesma

Chegou a hora de juntar todo o trabalho feito até aqui, tendo a ideia dos seus gostos e preferências de imagens, volte às suas fotos e examine com lucidez. Veja se aquilo que está na foto lhe cairá bem, se realmente tem a ver com você.

Taylor Swift dançando sobre como ter estilo próprio

6. Alinhando suas prioridades de vida com sua rotina

Neste momento você olha para seus valores, suas prioridades de vida e rotina. Como você é, como se sente, como quer se sentir e de que jeito quer viver. Isso é se autoconhecer, se autorrevelar na mais fiel das interpretações. Estilo próprio é isso: IDENTIDADE e PERSONALIDADE, tudo alinhado com sua vida cotidiana. Analise suas prioridades, de vida e de valores, como conforto, adequação, impacto, atenção masculina (ou feminina). Com estes dados você consegue definir detalhadamente o que você espera, o que você deseja e como ter estilo respeitando suas particularidades.

Exemplos de prioridades de vida e de valores:

CONFORTO

– quem tem crianças
– quem ganhou peso
– quem prefere tudo mais básico possível
– quem tem horror a roupa que pinica
– quem geralmente escolhe tamanhos maiores do que veste de verdade
– quem tem mais preocupação com o bem-estar ao longo do dia

ADEQUAÇÃO
– troca de emprego
– mudança de cidade/país
– pra quem trabalha num ambiente muito masculino
– quem se preocupa com tradições do que é certo e errado
– quem não segue novas tendências
– quem gosta de tudo no lugar
– quem detesta tecido que amassa, tipo o linho

IMPACTO
– pra quem trabalha com moda
– pra quem é pessoa pública
– pra quem assume posições importantes
– gosta de chamar atenção
– é sempre quem adquire as peças mais bafônicas da loja
– coordena facilmente cores contrastantes ou superfortes
– é contemporânea e minimalista

DESEJA ATENÇÃO MASCULINA OU FEMININA
– depois de uma separação
– com o casamento
– pra quem emagrece super
– quando se passa ganhar mais dinheiro
– geralmente procura movimento das roupas
– está em busca de mostrar o corpo e cultuá-lo

Pronto. Agora que aprendemos como ter estilo, podemos traduzir o que a gente é, mais a vida que a gente vive para elementos de vestir. Na prática, essa tradução é o que podemos definir como consultoria de estilo. No próximo post vou definir estes elementos da moda que transmitem as mensagens de estilo que estão diretamente ligadas ao que a gente quer sentir e como quer aparecer: diferentes estilos para diferentes elementos. Mãos à obra, descubra-se, defina-se e assim, seja feliz!

MAIS: 7 PASSOS PARA DESCOBRIR A SUA MELHOR VERSÃO
MAIS: 10 ESTILOS PARA VOCÊ ESCOLHER UM E CHAMAR DE SEU

Imagens: pinterest.com/superelaoficial e giphy.com


 

@ load more