Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Hoje me peguei lendo um texto onde falava sobre o estilo Femme Fatale. Ele contava um pouco do seu significado e dava algumas dicas e elementos para quem queria construir uma imagem de mulherão sexy sem ser vulgar. Era um texto sobre moda e estilo, porém o tema me levou além.

Lembrei de que, quando adolescente, tinha pavor da minha cara de criança e dos meus peitos pequenos, pois sempre admirei mulheres que faziam o tipo mulherão de parar o trânsito, tipo Britney Spears e Ana Paula Arósio, exemplos de beleza pra mim, na época. Cresci e, apesar de não ter perdido a expressão infantil, aprendi a usar saltos enormes, rebolar, usar sutiã com enchimento, decotão, roupa curta, batom vermelho, smokey eyes (aquela maquiagem com sombra bem preta), fazer carão, mas… Sinceramente? Não adiantou muita coisa. Usar tudo isso não me fez sentir tão sensual quando a Britney, tão bela quando a Ana Paula e nem levou embora meu ar infantil que eu tanto abominava.

É certo que eu não sou uma das figuras mais discretas que você encontra de manhã no mercado e nem nota que esta lá. Tenho 1,72 de altura, uma pinta enorme no braço e um corte de cabelo nada comum. Como alguém não poderia notar? Mas não estou falando aqui do que os outros viam e sim do que eu via.

O que acontecia é que eu mesma não conseguia me notar. Gastei meu tempo querendo ser outra pessoa, apenas valorizando um estereótipo e achando que só iria ser feliz se alcançasse todos aqueles tais padrões femme fatale.

RESPONDA: Homens tem medo de mulher com iniciativa?
RESPONDA: Quero ser sexy sem ser vulgar

Pois bem, o que eu quero dizer nesse texto é que hoje a vida me ensinou que não tem salto alto que deixe uma mulher insegura sexy. Por isso fico tão preocupada ao ver mulheres lindas querendo ser quem não são para alcançar algum padrão de beleza imposto por quem quer seja, esquecendo de descobrir quem elas são de verdade e dando extrema importância apenas ao físico, ao superficial.

Aprendam que: se você usa um decote para chamar atenção apenas pra ele, você não se torna um mulherão, e sim um par de peitos ambulantes. Um pedaço de carne. O que expressa verdadeira sensualidade é postura, educação, é assumir sua personalidade sem medo do que vão pensar, e não vestido curto. Nada contra! Eu até uso tudo isso que citei, mas não mais com o intuito de exalar sensualidade, ou sexualidade – como queiram, e sim por que eu gosto e acho bonito. Mas, vem cá! De que adianta ter os lábios incrivelmente vermelhos se da sua boca só sai asneira?

Pense bem, é legal pegar caras gatos na balada. Mas quantos sonhos de consumo foram descartados por que só conversavam merda? Não sei com vocês, mas comigo acontece sempre. Hoje prefiro pegar um cara que não tenha os padrões de beleza que a sociedade exige, mas que me ganhe no papo. Caras com bom papo. Tá pra existir charme maior! Então, por que não seria assim também com nós mulheres? Cadê o mundo com direitos iguais?

Conclusão de todo esse emaranhado de palavras: se arrume bem, coloque seu melhor vestido e seu salto mais alto. Use aquele seu batom vermelho que você comprou por que a moça da novela estava usando. Faça aquele babyliss que está na moda, e que você aprendeu na revista como fazer em casa com perfeição. Nada contra as inspirações e referências, sempre precisaremos de muitas, mas busque,primeiramente,querer ser interessante. Quando fizer isso, a sensualidade virá como consequência. Garanto que não vai ter homem que resista.

Receba nossos emails incríveis. É grátis! : )

MAIS: ELES QUEREM QUE TENHAMOS NOJO DE NÓS MESMAS
MAIS: SEJA A MULHER QUE VOCÊ QUISER
Imagem: pinterest.com/superelaoficial

@ load more