Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

A cada dia que passa, tenho cada vez mais a certeza de que a grande maioria das pessoas (isso inclue homens e mulheres) está deixando ser levada pela onda do ctrl C e crtl V, o que fulano faz eu faço, o que beltrano tem eu tenho. As pessoas estão mais preocupadas se responderam a última mensagem no celular que dizia somente Oi, do que com o Oi dito pelo estranho que sentou ao seu lado no consultório médico ou no ônibus. As mídias, as redes sociais, os celulares, computadores, tablets e qualquer outro produto eletrônico já inventado têm sim ajudado as pessoas a facilitarem nossas vidas, mas estão acabando com o diálogo, com o olho no olho, com os relacionamentos saudáveis. Muitos nem permitem que eles existam.

É raro hoje encontrar alguém lendo um livro em um parque municipal ou até mesmo comendo sozinho em um restaurante qualquer sem olhar o celular.

É raro conseguir conversar com alguém sobre um assunto diferenciado, como falar da sensação de estar ao lado dela, falar sobre Buda, sobre a vida, ou sobre pessoas que são exemplos de humildade e de humanidade.

É raro escutar um obrigado, desculpe, ou ser bem atendido em uma loja qualquer.

É raro encontrar alguém que saiba ficar em silêncio consigo mesmo e não se sentir incomodado.

É raro ele ter companhia pra assistir um filme e não ficar entediado com a presença dela.

É raro as pessoas falaram pessoalmente o que conseguem falar em redes sociais.

É raro conhecer alguém pessoalmente e marcar um encontro com ela, mais fácil acessar o cardápio em um dos aplicativos de smartphone e ficar “catando” o mais bonito ao invés de o mais interessante, pois, obviamente, é impossível dizer se alguém é interessante por uma foto.

RESPONDA: Hoje em dia, sinceridade é um defeito?
RESPONDA: Como lidar com pessoas donas da verdade?

É muito muito raro encontrar alguém interessante, que a conversa flua, que a gargalhada saia sem ser superficial, que não seja medida as palavras que são ditas, que você consiga contar seus segredos ou sonhos, sem medo de ser criticado ou invejado.

É muito difícil encontrar alguém interessante, que vire amigo, que participe, das loucuras, ou realizações, que te apoie e seja seu prumo na hora do desistir, que te liga em um momento trágico e diga: “olha eu tô aqui para o que você precisar”.

Estamos cada vez mais conectados com o mundo e cada vez mais distante dele, caminhamos a passos lentos para ajudar um amigo, mas saímos correndo se o celular toca. Esquecemos a importância do encontro, do café pra falar amenidades, do namoro de verdade, das amigas chorando no ombro. Estamos esquecendo de viver. Esquecendo das nossas famílias, e dos nossos pais.

Buscamos o superficial e esquecemos o que é real, o amor, a vida, o afeto, a amizade, o calor humano, a família e os amigos. Preferimos caixas lotadas de email, celulares de ultima geração, boa conexão. Estar antenado com o mundo mas desligado da realidade que vive.

Onde andam as pessoas legais, reais, normais? Vamos mudar, vamos viver, vamos amar.

Busque ter paz, apreciar a natureza, ver o céu. Você se lembra da última vez que viu o céu?

Somos humanos, vamos viver como humanos!

Clique aqui e receba nossos emails incríveis. : )

MAIS: QUANDO É HORA DE PARAR
MAIS: NÃO TENHA MEDO DE FUGIR SE PRECISAR

Imagem: pinterest.com/superelaoficial

@ load more