Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Não quero começar fazendo a colunista chata, amarga e estraga prazeres, mas lamento informar que esse tal de Strobing nunca existiu, ou sempre existiu, sei lá! É que o mercado adora anunciar coisas “velhas” como novas, só mudando o nome e fazendo todo mundo enlouquecer e achar que nunca vai conseguir ter acesso a tudo. Tô aqui para ser sua amiga e amiga de verdade não esconde verdades da outra.

O termo vem da palavra Strob, que em inglês significa flash eletrônico e no final dos anos 80 pra início dos anos 90 faziam toda a magia nas discotecas (ainda fazem né?). Nada cientificamente comprovado, mas pra mim o termo só reflete o momento nostálgico e cheio de referencias a essa época em que o mercado da moda e da beleza vivem.

Como alguns veículos do ramo estão dizendo, ele não vai substituir o contorno nem coisa nenhuma. GENTE! Strobing é apenas a técnica de aplicar o iluminador no lugar certo. Ou seja, no lugar que você quer destacar. Sabe a Gisele Bundchen e Blake Lively (a eterna Serena de Gossip Girl) que estão sempre com a pele ultra iluminada e com aparência super saudável? Pronto. Em resumo é isso.

strobing_superela

Cheguei a ler em alguns lugares que era um contorno ao contrário. Na hora imaginei a gente escurecendo onde iluminava e iluminando onde escurece. Esqueçam, pelamor!

Tudo isso virou febre, pois, com a vinda do verão, as peles cintilantes, iluminadas e cheias de pontos de luz ganham os holofotes e o lugar do efeito matte. Ainda mais as apostas para as maquiagens do verão 2016 que nem chegaram e já brilham mais do que alegoria de escola de samba.

MAIS: 6 DICAS DE MAQUIAGEM PARA PARECER MAIS ACORDADA
MAIS: 4 SEGREDOS (E MOTIVOS) PARA USAR A BASE EM PÓ CORRETAMENTE

O que difere daquela aplicação do iluminador popularizada pela Kim Kardashian: o sombreamento que contorna o rosto vai aparecer mais leve e com um aspecto mais natural.  That’s all.

Agora, para conseguir o efeito iluminado perfeito, obviamente que você precisa de uma vez por todas aprender como aplicar o iluminador da maneira correta, se não vai continuar fazendo merda do mesmo jeito. E se os milhões de tutoriais do Youtube e Instagram não te serviram de nada, lá vai mais uma tentativa.

como-aplicar
Ahhh…! Uma coisa que acredito que ninguém te falou (ao menos eu tive que aprender sozinha) é que existem várias cores de iluminador e você precisa escolher de acordo com o tom da sua pele ou efeito desejado. Tem um claríssimo para as branquelas, o rosado para peles mais pálidas e o dourado para peles mais morenas ou para um efeito bronzeado (que não se usa em olheiras ou no cantinho dos olhos, pela caridade!).

Para conseguir essa pele mais natural e iluminada, recomendo usar produtos cremosos, tanto a base quanto o blush. O iluminador líquido também é a melhor opção. Um pó translúcido bem leve ajuda na fixação e acabamento da maquiagem. E se você for aloka do iluminador como eu, pode reforçar os pontos de luz com um iluminador em pó (faço isso desde que me entendo por gente e amo).

Outra dica que passo pras amigas é de, no lugar do corretivo, usar uma boa base na área das olheiras e aplicar o iluminador líquido por cima. Fica muuuuuuuuito mais natural e sem risco de criar aquela faixa branca horrível debaixo dos olhos.

Para quem não curte um cintilante, pode-se também criar pontos de luz usando uma base um ou dois tons mais claros do que seu tom de pele, em pontos estratégicos. Eu costumo fazer isso para a maquiagem do dia a dia e quando estou sem tempo de fazer algo muito elaborado.

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Beleza

RESPONDA: Quais os melhores produtos para fazer contorno facial?
RESPONDA: Como ficar mais bronzeada?

Imagem: pinterest.com/superelaoficial

@ load more