Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Sabe aquela história que todo mundo conta quando conhece outra pessoa, de que estava esperando exatamente por alguém como ela aparecer na sua vida? Então, sinto dizer, mas com você não foi bem assim. Eu não estava esperando por alguém como você, meu bem.

Talvez eu estivesse à espera de um desses caras tatuados que curtem um bom rock’n roll antigo que nem eu. A gente trocaria algumas músicas para o iPod em nossas conversas, falaríamos como Guns’n Roses era sensacional e como seria incrível ter ido em um show do Queen quando o Freddie Mercury ainda era vivo. Criticaríamos as músicas de hoje, colaríamos pôsteres nas paredes da nossa casa e iríamos a todos os shows nos inferninhos pelo centro da cidade. Mas ficaria por aí.

Ele não teria paciência para meus choros repentinos naqueles dias de TPM e nem entenderia o porquê do meu gosto por filmes-água-com-açúcar no cinema. Diferente de você, ele não me responderia com uma larga risada quando eu contasse uma piadinha sem graça.

Ele até poderia não saber dançar também, mas duvido que se atreveria a fazer as coreografias desengonçadas dos Backstreet Boys que nem nós fazemos. Aposto que ele riria da minha cara se eu o convidasse para assistir ao filme dos Minions e nunca deixaria que eu colocasse o CD novo da Lady Gaga no som do seu carro.

Não, não era para ser aquele rockeiro. Ele odiaria o meu lado sou-tonta-e-não-ligo e nunca me deixaria escolher as músicas para o nosso churrasco com a galera que nem você faz.

MAIS: E QUANDO O MAR NÃO ESTÁ PRA PEIXE?
MAIS: O MEU, O SEU, O NOSSO “DEDO PODRE”

Talvez eu tivesse esperado por um desses caras engomadinhos que só curtem tomar vinho e frequentar os lugares mais badalados que tenha muitas estrelinhas nas avaliações das revistas. Pois é, talvez eu tivesse conhecido muito mais restaurantes do que eu conheço hoje, saberia o nome do prato do artista do momento no Paris 6 e fingiria me importar em conseguir convites para as festas mais finas que os amigos influentes dele estivessem dando.

É, mas acho que não daria certo. Eu até gosto de um bom vinho nos dias mais frios, porém prefiro tomar uma cervejinha descompromissada no final de uma semana difícil. Tenho preguiça de ficar sempre arrumada e maquiada e isso você sabe, já que (quase sempre) acabo prendendo meu cabelo naquele coque mal arrumado no final da noite.

Gosto bastante de sair de chinelo porque meus pés estão sempre doendo por causa dos sapatos fechados que uso no trabalho. Curto comer hambúrguer e faço questão de pedir uma porção extra de bacon. Você já sabe disso né? Sempre me desafia a pedir um milk shake como acompanhamento para dividirmos – e o desafio é com frequência aceito.

É, ainda bem que esse tal engomadinho nunca apareceu.

Na verdade, meu bem, você foi a surpresa que a vida quis me fazer.

Isso pode soar um pouco clichê, mas não vejo outra explicação. Você não era quem eu estava esperando, mas hoje posso dizer que é com você que quero falar logo de manhã – ainda com aquele meu velho mau humor matinal. É com você que quero estar abraçada no sofá desconfortável da minha casa enquanto vemos um filme no Netflix e você ri da minha cara quando choro com as cenas tristes. É só você que me aguenta mandando mensagens de madrugada no auge de uma crise com meus hormônios perguntando se ainda me ama.

Talvez não fosse você que eu estivesse esperando. Mas foi com você que aprendi a ser eu mesma, independente do mais estranho e confuso que possa ser o meu jeito. É com você que aprendi a confiar nos meus sentimentos. E é você, meu bem, que eu vou esperar que sempre volte para mim no dia seguinte. Nos nossos futuros dias seguintes.

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Amor

PARTICIPE: Não consigo desencantar do meu ex e ele já não sente mas nada por mim mas não some
PARTICIPE: Cair na real e quem perdeu foi ele

Imagem: pinterest.com/superelaoficial

@ load more