Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Sei que esse título soa simplista demais, moça. Mas acredite, já passei pelo mesmo que você. E não foi só uma vez. Na maioria das vezes, é péssimo e faz a gente se sentir descartada. Todo fim é difícil e dolorido, longe de mim querer negar isso. E quase sempre não é culpa sua. Nem dele. Muito possivelmente vocês apenas não eram a pessoa certa um pro outro.

Tudo tem o lado positivo e negativo na vida. Com os relacionamentos, não poderia ser diferente. Hoje você está mais madura, certa do que quer e do tipo de parceiro que deseja ter ao lado. Tenho certeza de que ele lhe ensinou muitas coisas boas também, ainda que no momento você não consiga enxergar isso. Mas não se apresse. Vá com calma. Viva seu luto, ouça as músicas de sofrência que tem vontade, chore pelo tempo que julgar necessário – não se prive desse processo. Você estará feliz, mais forte e pronta para amar novamente antes mesmo do que imagina.

Não permita que a tristeza roube o brilho dos seus olhos – nem lhe faça desacreditar no amor – só por causa desse pé na bunda. Eu sei que, à medida que o tempo passa, a gente fica saturada, achando que nunca vai encontrar ninguém. Mas vai, sim. E vai ser alguém que tem muito mais a ver contigo do que o seu ex.

MAIS: OBRIGADA POR PARTIR MEU CORAÇÃO
MAIS: QUAL O LIMITE DA SOFRÊNCIA?

Aproveite que você está solteira e engate um relacionamento sério consigo mesma. É sério. Use esse tempo livre, sem alguém ao lado, para se conhecer melhor. Invista tempo no seu bem-estar, e faça tudo aquilo que lhe der na telha. Pinte o cabelo de azul, raspe a cabeça, comece aquela aula de forró universitário com um professor gato – que você está enrolando há meses pra se matricular – faça da caminhada no parque mais próximo um hábito diário – mesmo que você só disponha de vinte minutinhos pra se exercitar. Dedique mais tempo a aprender ferramentas que otimizam o tempo e melhoram a produtividade no trabalho, saia com as amigas pra uma tarde no shopping – ou na feira livre do centro da cidade – assista filmes no cinema no meio da semana – ou em casa, no conforto do seu sofá. Faça qualquer coisa pra tirar o foco da tristeza e da saudade dele, que não volta mais.

Torne-se a melhor pessoa com quem você gostaria de se relacionar. E quando estiver alegre, com a mente em paz, a autoestima lá nas alturas, aquele alguém que você tanto buscava vai surgir. Um amor leve, tranquilo, com sabor de fruta mordida, que vai agregar muito valor à sua existência. Mas que em hipótese alguma irá te completar. E quer saber por quê? Porque você já estará completa, cheia de si mesma. Porque você será feliz com ou sem ele. E estando inteira, ainda que um dia o fim chegue, ele será bem menos dolorido do que das outras vezes. Não será visto como perda de tempo, mas sim como aprendizado. Dos mais valiosos.

Moça, parece o fim do mundo. Mas foi só mais uma decepção amorosa.

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Amor

PARTICIPE:  Ele nao deu mais noticias e eu to pessima
PARTICIPE: Onde estão os homens de verdade?

Imagem: pinterest.com/superelaoficial

@ load more