Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Me lembro até hoje de uma aula no curso de Psicologia, onde a professora (um ser humano e docente incrível diga-se de passagem) disse que nós não somos responsáveis pelo que as pessoas fazem com a gente, mas sim, como nós lidamos com isso. Durante muito tempo fiquei pensando nessa fala e ela fez uma super diferença na minha vida e eu não podia deixar de compartilhar com vocês.

Por exemplo, se uma pessoa te fez algum mal, você não é responsável por ela ter agido assim, mas você é responsável por como você vai agir. Se vai devolver a maldade, sofrer, brigar, tirar uma lição, deixar de lado. E durante muito tempo pensando isso, percebi que isso serve não somente para situações pontuais, mas para a vida como um todo.

Você pode olhar para a sua vida através de várias perspectivas, mas tem duas que são principais. Uma é “O que EU posso fazer com as situações que acontecem na minha vida” . Ou então “o que o OUTRO faz comigo”. Na primeira, seu olhar esta em você mesmo, nos seus sentimentos, comportamentos, percepções. Na segunda, o olhar está no outro, nas atitudes e sentimentos do outro. Explico melhor.

Você pode ficar se torturando (sim, isso é praticamente uma tortura com você mesma) tentando entender por que as pessoas fazem determinadas coisas, por que te chatearam, decepcionaram e não atenderam às suas expectativas, e ai você pensa e não consegue chegar a conclusão nenhuma, certo? O foco está totalmente no outro percebe?

PARTICIPE: Visita da amiga se tornou indesejada
PARTICIPE: Todos sao assim insensiveis ou eh normal?

Você não tem como saber o que se passa com o outro, a vida não é preto no branco como gostaríamos que fosse e eu digo que 1+1 nunca é igual a 2, mas pode resultar em qualquer número, porque a vida envolve muitas variáveis e tentar chegar sempre no resultado certo da conta vai te deixar louca. Além do que, na vida que não é sua, não lhe cabe ficar pensando!

Ou você pode respirar fundo, olhar para a situação e falar “tá, a situação é essa, o que eu posso fazer com tudo isso?”. Todas as situações da nossa vida nos ensinam algo, pode ser que não fique claro agora, (ou que nunca fique claro) mas quando o foco é você, você se torna mais feliz, se livra de coisas que são um peso ou alguém que não te acrescenta!

Você tem que ser sempre o foco da sua vida, o outro, que tome foco da vida dele! Aprenda a sentir os seus sentimentos e como lidar com eles. Aprenda a reparar nos seus comportamentos, quando e como eles aparecem. Aprenda a olhar para todas as situações com o foco em você.

Jogue para o alto aquilo que você não tinha coragem ou não tinha percebido porque você ainda não era o foco da sua vida. Eu te garanto que tudo vai fazer muito mais sentido, porque temos domínio da nossa vida e não da vida do outro.

A maneira com que você olha para sua vida faz toda diferença no modo como a vida olha pra você. Ao aprender que o foco da sua vida deve ser você, sua segurança vai nas alturas e sua autoestima chega em marte! Além do que você fica com menos 10kg porque tira da sua vida um peso que não lhe pertence, dúvidas que você nunca será capaz de responder, por que cabem a quem? Ao outro! E o que cabe a você? Sua felicidade! Por isso, foca em você.

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Vida

MAIS: 3 DICAS IMPERDÍVEIS DE COMO ESCOLHER A BOLSA IDEAL
MAIS: O LADO BOM DE SER VOCÊ

Imagem: pinterest.com/superelaoficial

@ load more