Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Não seja aquele cara chato que insiste quando ela já cansou de dizer que não quer. Que não é pra você encostar nela. Que não é pra mexer no cabelo dela. Que ela está acompanhada. Que ela não quer te dar o telefone. Não seja o tipo de cara que força, violenta, silencia e tenta fazer com que ela faça algo que não quer. Não é não, amigo. Não seja tonto.

Não seja o tipo de cara que acha bacana contar pros amigos na rodinha de bar o que você faz ou deixa de fazer com ela. O cara que se acha “mais macho” por um milhão de razões inúteis e babacas. Não seja aquele cara que faz estardalhaço pela ridículo necessidade em parecer mais másculo ou mais gostoso ou mais rico ou mais pauzudo. Você só vai parecer mais palhaço, brother.

PARTICIPE: Um desabafo das dificuldades da minha vida. Vou ficar louca 🙁
PARTICIPE: Sobre autoconfiança e baixa autoestima, o que fazer?

Não seja o tipo de cara que acha que o mundo gira em torno do seu umbigo e que você é Deus na Terra. Não é. Infelizmente a gente ainda vive num mundo que faz com que você pense isso, mas ninguém se importa com o que você pensa a respeito disso. Apenas aprenda a ouvir quando ela fala que você tá errado e, se quiser ser realmente justo, pare pra pensar um pouco.

Não seja o tipo de cara que acha que ela precisa de você. Que ela vive por você. Que ela faz tudo por você. E que você pode fazer de tudo e mantê-la ali sob a imagem inofensiva que você tem dela. Ela não precisa. Não vive. Não faz tudo por você. Uma hora você descobre isso, mas eu torço pra que não precise. Porque, se precisar, significa que você tem sido exatamente esse tipo de cara. “Aquele” cara que todo mundo, de um jeito ou de outro, sente um cadinho de pena por ser desse jeito.

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Vida

MAIS: REINVENTE O USO DAS SUAS CANGAS E FIQUE MARAVILHOSA!
MAIS: A VIOLÊNCIA NÃO ESTÁ NO TATAME

Imagem: pinterest.com/superelaoficial

@ load more