Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Faz tempo que descobri que tudo na vida tem dois lados, e que as pessoas tendem a olhar apenas para um deles. Esses dias vi um quadrinho onde duas pessoas conversavam debaixo de um ipê roxo. De cada boneco saía um balão. O boneco 1 dizia: “que lindo ipê florido!”, enquanto do balão do boneco 2 saia: “é, mas faz uma sujeira danada”.

O quadrinho me fez refletir sobre essa tal tendência e a mania de enxergar apenas um lado da história. Seja o lado bonito — e florido — ou o lado caótico. Isso vale para ipês, para chuva, para o trânsito… E para os relacionamentos. Principalmente para os relacionamentos!

Coleciono cinco fins de namoro. Sim, meus caros, entre relacionamentos menores, mudei de status no Facebook — e no extinto Orkut — cinco vezes. Seis, se contar essa agora que estou como casada. Então, é com propriedade que digo que, se tratando de relacionamentos, temos tendência a olhar para a sujeira que o ipê florido faz no chão.

Quantas vezes você já reclamou ou ouviu reclamarem sobre ex-namorados? Aquele clichê “cuspir no prato que comeu” é válido aqui. Não dá para contar nos dedos, não é? Entenda, não é uma crítica. Não vim a este mundo para apontar dedos para ninguém, mas gostaria de fazer você refletir sobre a forma de ver a vida. Acredite em mim: tudo pode ser mais fácil, mais leve e mais bonito. Devemos perder essa mania de engrandecer as mazelas e aprender a hiperbolar carinho e felicidade. Ser feliz é olhar para o ipê florido e ver que o mesmo tinge um pouco o concreto do chão. A sujeira está nos olhos de quem vê.

Tá, Mafê, o que os relacionamentos tem a ver com ipês floridos?

relacionamentos

Calma que eu explico.

Pense no seu último relacionamento e no motivo dele não ter dado certo. Ou nos motivos, já que, convenhamos, nunca há um motivo só para pôr fim num namoro, não é mesmo? Sem hipocrisias, apenas pense. Se tiver diversos términos, pense em todos eles. Em todos os motivos. Detalhes que fizeram com que uma história tivesse fim. Brigas, intrigas, desinteresse, incompatibilidade…

Agora, me responda com toda a sinceridade: em alguma das lembranças você pensou: terminamos porque eu fui (complete aqui com um adjetivo)? A maioria das lembranças é relacionada aos defeitos do parceiro, não é? E quando a gente fala em primeira pessoa, tendenciamos a dizer “terminei porque eu quis”, e emendar na frase uma série de desculpas e motivos para justificar o fim.

PARTICIPE: Como desencanar de vez o passado dele?
PARTICIPE: Quando o ex procura novamente e some?

Como disse ali em cima, não critico, nem julgo. É comum do ser humano apontar para os outros ao invés de apontar para si. Está no nosso DNA isso. Mas eu não concordo com o fato de olharmos para nossos antigos relacionamentos e enxergamos apenas a sujeira que o ipê fez no chão. Raras são as pessoas que param para observar que só há “sujeira” no chão, porque teve uma primavera bem bonita e bem florida. Quantos olham para os seus relacionamentos passados e lembram com carinho do antigo parceiro?

A vida se torna tão mais leve e bonita quando paramos de alimentar os fantasmas que levaram ao fim e lembrarmos com carinho dos motivos que fizeram com que nos apaixonássemos pela dita pessoa. É difícil recordar o frio na barriga do primeiro beijo, o momento onde fomos pedidos em namoro, as surpresas que fazíamos e que eram feitas, o perfume que dava frio na barriga, os lugares que se descobriu…

Gastar energia nos pontos negativos é perda de tempo. As boas memórias acabam por minguar, até não restar um mínimo de riso. Pare de suspirar pelos cantos e revirar os olhos sempre que alguém comentar um relacionamento antigo. Pare de dizer, a quem interessar possa, que foi perda de tempo. Na época não era. Certo?

Enxergue o ipê florido e entenda que os relacionamentos acabaram porque toda primavera finda. Lembre com carinho da época das flores. Não seja dessas pessoas que só sabem observar a sujeira do chão.

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Amor

MAIS: PAIXÕES SÃO PRA SI MESMAS
MAIS: PROCURA-SE ALGUÉM PARA ASSISTIR NETFLIX O DIA INTEIRO

Imagem: pinterest.com/superelaoficial

@ load more