Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Moça, você ainda é uma menina, entenda. Eu sei que você já tem corpo de mulher e atitudes maduras, sei que você trabalha e paga tuas próprias contas, sei que você é independente financeiramente e que tira boas notas, mas, acredite em mim, você é uma menina ainda.

Moça, a vida é comprida demais para você fazer planos tão novos, tão curtos. Teus planos são bonitos, seu sonho é sincero, mas ainda tem tanto caminho para você percorrer, tanta história para viver… Por que atropelar os anos? Respira, moça. Não pira. Saiba ter os pés no chão enquanto tua cabeça anda nas nuvens. Esse teu jeito sonhador te denuncia: você ainda é menina, moça.

Ele não é o último homem, moça. E, tampouco, o homem da tua vida. Não vê como ele pouco se importa contigo? Eu vejo que ele te quer por perto, mas basta você se sentir um pouco mais desamparada, um pouco mais fraca e um pouco mais triste e ele some com os amigos, espera a tempestade passar. Homem de dias de sol não são para a vida inteira, entenda. Eu sei que é bom, eu sei que você está apaixonada, eu sei que você sonha em casar de véu e grinalda, mas calma, moça. Você não vê que é menina ainda?

Você precisa se amar primeiro, moça. Entenda que a gente só cresce depois que aprende a se pôr em primeiro lugar. Já pensou em fazer faculdade? Não larga tudo por uma paixão, não, moça. Faça teus planos e, se o amor se encaixar, ele que ande lado a lado contigo, até o momento que for realmente hora de você sossegar e arrumar um novo lugar para chamar de lar.

PARTICIPE: Não consigo superar o menino
PARTICIPE: Ele pediu desculpas e agora?

Você precisa viver um pouco, moça. Sair com amigas sem se preocupar. Ter um final de semana inteiro na praia, regado à tequila, fofoca e riso de amiga. Sair sem precisar justificar. Aprender a não depender de ninguém e fazer as coisas por conta própria. Não se amarre tão logo moça.

Viaje sozinha ou em turma, mas sem apego a ninguém além de ti mesma. Dance na chuva, sem medo de se molhar. Saia sem ter hora para voltar. Se apaixone por um cara que você não sabe o nome. Beije se tiver vontade de beijar. Se esqueça, se tiver vontade de se esquecer. Faça amigos na faculdade e se jogue naquela turma que sabe estudar, mas sabe dar pausa para ir para o bar. Aprenda a jogar truco. Vista-se para impressionar ninguém além de você mesma. Seja sua melhor companhia. Enlouqueça, no bom sentido, várias vezes. Reúna histórias para contar. Guarde memórias insanas, daquelas que só você pode saber, segredos que não se podem contar, porque o mundo é quadrado demais para entender.

Viva, moça. Porque assim você cresce.

E com tanta bagagem para carregar, você vira mulher. Formada, decidida. Aí, então, você pode sossegar. O amor te encontra nesse estágio, acredita em mim. Não é a gente que o encontra, é ele que encontra a gente. E ele vem com cheirinho de porto seguro, vem com perfume de conforto, vem com a sensação de que agora as coisas estão no devido lugar. E você se amarra, e realiza o sonho de casar, cria família, une os nós, forma laço.

E termina bem velhinha, ao lado do amor de toda uma vida, sabendo que viveu tudo que tinha para viver e que não se arrepende de nada que deixou de fazer.

Mas, moça, você é menina ainda.

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Vida

MAIS: A VERDADE QUE NUNCA TE CONTARAM SOBRE COMO SER FELIZ NO AMOR
MAIS: QUANDO ELE LHE FIZER CHORAR

Imagem: pinterest.com/superelaoficial

@ load more