Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Imitar o jeito de vestir de alguém muitas vezes é não proposital, mas isso pode ser ruim para sua imagem!

Você imita o jeito de se vestir das suas amigas? Provavelmente você respondeu não a essa questão, mas é importante falar a respeito. Quando se fala em moda logo as pessoas costumam imaginar coisas boas, mas ela é muito mais ligada ao seu psicológico do que você imagina.

Vou começar contando uma história pessoas para ajudar a ilustrar onde eu quero chegar (senta que lá vem história!) Eu passei minha vida toda tentando me enquadrar em algum perfil que não me representava. Sou conhecida como aquela garota que não tem papas na língua e não consegue esconder suas emoções, mas nem sempre foi assim. Eu tinha 10 anos quando eu comecei a tentar ser algo que eu não era, nunca fui a mais bonita da turma, nem a mais inteligente e também não conseguia manter amizades. Eu estava na 4ª série quando uma garota entrou na escola, eu queria ser amiga dela, ela era muito avançada, já havia beijado na boca, e eu ainda era a famosa BV (boca virgem) e ela me pressionava, além de várias outras coisas. Como ela tinha um estilo mais surfista de se vestir, logo eu passei a ser assim.

Mas no ano seguinte foi necessária minha troca de escola e eu vivi os piores anos da minha vida (e olha que nem estamos falando do ensino médio!). As garotas tinham mais peitos que eu, mais bunda e os garotos praticamente me desprezavam. Eu passei a andar com garotas “pegadoras”. Elas iam de uniforme e os tiravam. E bom, eu queria ser assim. Nesses anos meu estilo mudou muito, eu passei de surfistinha para roqueira, de roqueira pra EMO e no final eu pude me encontrar.

Uma garota nessa época me falou o porquê eu não era atraente “sua camiseta é toda fechada, você precisa usar decote e calça justa”. Eu ouvi esse conselho e tentei, mas não era a Carla que estava ali e isso me incomodava muito. A verdade é que nessa época eu passei a me ver diferente, comecei a estudar sobre moda por conta própria e com isso eu passei a me vestir melhor. Mas eu ainda era muito parecida com minhas amigas, sempre igual e nada diferente, eu imitava o jeito delas falarem, o jeito de se vestirem e queria também pegar caras.

4c9b5da04fedaaf12b052f0d85ca1d0c

PARTICIPE: Dica para disfarçar imperfeições nas pernas
PARTICIPE: Vestidos e saias, o que fazer quando se tem perna grossa?

O que eu quero com tudo isso? Dar alguns conselhos a vocês, então vamos lá:

1. Todas em seu grupo de amigas se vestem iguais?

Vocês devem estar cansadas de verem os filmes americanos em que em um grupo de garotas existe a líder e o restante usa o que ela fala para usar. Então, nesse momento dá uma olhada na foto que você tirou com a turma e me responde: vocês estão todas com o mesmo tipo de roupa? Se estiverem, por favor, veja se o que está usando reflete a sua personalidade ou a de outro alguém.

2. Você é conhecida por algum estilo único?

Obviamente alguém vai se parecer com você ao se vestir, mas você não pode simplesmente ter tudo igual à de outra pessoa. Eu, por exemplo, sou conhecida por não ter o costume de usar calça jeans, mas o restante de minhas amigas usa, e muito. Se você perceber que só usa aquilo que os outros usam, tome cuidado.

3. Suas amigas interferem no que você vai usar?

Essa é mais uma daquelas perguntas clássicas, porque caso a resposta seja afirmativa é hora de tomar cuidado com o que você está se tornando. Uma amiga dá sim conselhos para a outra e pode dar aquele help quando você pedir, mas ela não pode simplesmente te obrigar a usar algo ou tentar ser como ela. Amigas (migas) de verdade vão te dar toques, mas jamais dizer que você não deve usar aquilo.

4. De onde vêm suas inspirações?

Mesmo que você seja daquelas que fogem de tendências e evitam olhar para o que está na moda, você sempre vai saber de onde vem sua inspiração para se vestir. O meu lema é “se eu achar que fica bom em mim está bom”, mas se suas inspirações vêm somente quando você vê sua amiga usando algo, é hora de repensar um pouco o que você é.

5. Elas te dão conselhos machistas?

Sei que tem algumas garotas que não vão entender, mas no meu ensino médio (que eu nem quis contar lá em cima!) uma menina simplesmente tentava me convencer de que usar roupa curta era vulgar, que eu devia ser mais como ela e que eu não devia ser levada a sério já que usava roupas que para ela não eram de acordo. A verdade é que essa mesma menina usava roupas ainda mais curtas que eu, então digamos que os conselhos machistas dela, eram apenas para tentar me convencer a me vestir como ela desejava.

MAIS: COMO USAR CALÇA FLARE
MAIS: QUAL É O SAPATO IDEAL PARA O SEU JEANS DENIM?

As piadas com garotas que se vestem iguais parecem já vir com manuais de instruções, dizem que é um processo natural, mas eu acredito que não. Eu teria sido muito mais feliz se alguém tivesse me contado sobre o quanto uma roupa que te faz bem fica melhor do que aquela que sua tia te dá sem etiqueta de troca, para te forçar a ter um estilo mais específico.

Basta ver os seriados americanos ou os filmes para saber que a primeira coisa que uma garota sem personalidade faz é imitar suas amigas para depois acabarem se vestindo de um forma fashion, mas única.

Não há nada de mal em ser fashion, mas ninguém é obrigada a isso. Você não precisa todas as manhãs pensar em qual roupa você irá impressionar na escola/faculdade/trabalho, a roupa deve ser seu cartão de visitas para mostrar sua personalidade e não sua conta bancária. Então, se você por acaso se vestir como suas amigas e agir iguais a elas, você vai continuar passando uma imagem que não deseja.

É importante desconstruir a imagem de que toda garota deve estar ligada em moda, deve ser sexy sem ser vulgar e outros “deveres” impostos por pessoas que não querem que você mostre ao mundo sua real personalidade.

Ser você é importante, e principalmente: não se influenciar e não imitar o estilo de suas amigas.

Imagem: Pinterest

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Estilo

@ load more