Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

No Dia Internacional da Mulher, 8 de março, precisamos falar de empoderamento feminino!

Enquanto fico encantada e entusiasmada em testemunhar tantas mulheres se juntando para usarem seu poder para fazer a sociedade evoluir nos direitos, oportunidades e realizações das mulheres no mundo, fico triste e furiosa em testemunhar tantas mulheres ainda isoladas e sofrendo desempoderadas diante de uma sociedade que lhe nega direitos humanos, chances e dignidade.

E vejo que muitas de nós ainda estamos carentes de poder pessoal. Pode ser que você seja uma mulher que esteja militando pelo direito da mulher, ou que tenha criado uma família incrível e harmoniosa, ou que é super bem sucedida na sua carreira. Pode ser que você se sinta um fungo do cocô do cavalo do bandido, que não enxergue seu valor e tem uma autoestima mais baixa que as fossas Marianas, pode ser que você esteja em uma situação de vida que você se sinta totalmente à mercê de pessoas ou circunstâncias e sem nenhuma ideia de que poder pessoal existe.

Todas nós temos muito, muito, muito mais poder dentro de nós mesmas do que conseguimos enxergar ou fomos ensinadas a acessar. Acredito que um dos grandes passos da união das mulheres em busca de fazer esse mundo mais amigável, interessante e divertido para nós e para todos os seres humanos é justamente nos ajudarmos a acessar nosso amor próprio e poder pessoal.

Aqui eu vou falar de três poderes que mais vejo serem ignorados ou desperdiçados ou desmerecidos por essa mulherada incrível que me cerca, e que eu mesma estou aprendendo a brincar com eles.

Sensibilidade é poder!

Para muita gente, sensibilidade é sinônimo de fraqueza, quando na verdade, é o exato oposto disso. Porque as mulheres tendem a ter uma sensibilidade mais aguçada e que pode ser mais cultivada ao longo da vida, temos habilidades emocionais extraordinárias, como empatia, espírito colaborativo, enxergar além do concreto, intuição, e tantas outras.

Olha como a vida fica bem melhor e interessante, porque nossa sensibilidade nos permite sentir o sofrimento da outra pessoa e assim acolhê-la e apoiá-la; nos permite enxergar as necessidades do grupo agir de forma a beneficiar seus integrantes; nos permite acessar a subjetividade e o que não é óbvio; nos permite ler o ambiente, as circunstâncias, as energias e conectar essas informações de modo a antever de forma quase mágica o que pode vir a acontecer e tomar decisões mais assertivas.

Quando percebemos que todas essas características e várias outras que costumam ser mais proeminentes em mulheres, seja por fisiologia, seja por construção sócio-cultural, são essenciais para a sobrevivência dos seres humanos como espécie, e que, ainda por cima, nos faz ter uma vida bem além da mera sobrevivência e nos leva para novos níveis de existência, conseguimos nos dar conta de que desenvolver cada vez mais nossa sensibilidade é um diferencial e tanto, e um sinal de muita força emocional.

Você está me fazendo chorar com as suas emoções!

 

PARTICIPE: Como lidar melhor com o meu corpo?
PARTICIPE: Sonho de ser aeromoça

Sexualidade é poder!

Tem uma fonte de poder muito poderosa no meio das nossas pernas. O que gosto de chamar de poder da b*ceta vai muito além da força dos músculos do buraco da vagina (que, aliás, são poderosíssimos!). Inclui também nossos órgãos como útero e ovários e clitóris e seios, e também vai além da fisiologia.

Eu não estou dizendo sobre usar sexo como arma de submissão, de manipulação ou de coerção. Também não estou dizendo sobre ser virgem ou ter múltiplo/as parceiro/as. Nem de ter habilidades dignas de medalhas olímpicas no uso de suas partes baixas.

Quero destacar aqui o poder de transformação que reside em uma mulher que tem uma relação saudável com a própria sexualidade, que independe de idade, de religião, de preferência, e de qualquer outra distinção.

Uma mulher que se apropria de sua energia sexual e aprende a usá-la como combustível para o seu dia a dia é uma pessoa que carrega em si um entusiasmo de fazer acontecer, uma alegria de viver, uma leveza de espírito. Uma mulher acessa sua libido para muito além do ato sexual com outra pessoa. É alguém que sabe que sua satisfação e seu prazer são seu direito, sua responsabilidade e sua fonte de diversão.

Existem diversos caminhos para nós, mulheres, acessarmos esse poder da nossa sexualidade de forma saudável, produtiva e divertida. O importante aqui é que a exploração dessa energia seja feita com o propósito principal de nos permitir uma maior consciência de nós mesmas, uma maior capacidade de se conectar com outros seres humanos, e uma maior disposição para a vida de forma geral.

Criatividade é poder!

Dentro da mulher mora um espaço exclusivamente voltado para a criação. Nosso útero é basicamente um vazio que está lá com o único e exclusivo papel de permitir que algo seja criado e se desenvolva a partir do absoluto nada! Quando entendemos que isso vai muito, mas muuuuuuuito além da geração de filhotes humanos, que a capacidade de criação de vida que possuímos é fisiológica, e também de ideias, projetos, arte, etc, nos damos conta do poder infinito de transformação no mundo que habita dentro de nós.

MAIS: TODAS AS BELEZAS IMPORTAM
MAIS: 3 PASSOS PARA TER O CORPO DOS SEUS SONHOS

Usar a criatividade pode ser o óbvio artesanato, pintar um quadro, ou criar um prato usando os ingredientes disponíveis na geladeira, e pode ir muito além. Ela está no jogo de cintura da mulher, na flexibilidade necessária para uma mente e um coração criarem soluções para problemas do dia a dia da família ou que afligem toda uma população, criarem belezas que nos fazem viver mais confortáveis no lar e que tocam a nossa alma como nada mais é capaz, criarem visões de que tipo de pessoa os filhos podem ser e oferecer oportunidades, para que eles desenvolvam suas potencialidades e visões de como o planeta e seus seres podem viver em sua plenitude e de como agir para chegarmos lá.

Meu convite para você, neste Dia Internacional da Mulher, é para você brincar com um desses seus poderes incríveis que talvez você nem sabia que tinha, ou que estava lá no cantinho empoeirado, ou que você já usa e quer aumentá-lo ainda mais! Mulheres que acessam o seu poder pessoal são mulheres que dão suporte uma às outras e que promovem as transformações necessárias na sociedade para que todos os seres sejam beneficiados.

Te convido também a participar de um super evento online que acontecerá no dia 8 de março, neste dia eu e mais quatro mulheres poderosas conversaremos sobre relacionamento, saúde, sexualidade e principalmente, autoestima! Não perca!

Imagem: Pinterest

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Autoestima

@ load more