Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Hoje o negócio é conquistar. O maior número de pessoas, no menor espaço de tempo. E nem precisa ser adepto aos app de relacionamento pra viver esse vicio da conquista não. Pode ser numa balada, bar, até no próprio Facebook.

Muita energia e tempo são gastos no período da conquista, mas na hora que ela acontece deixa-se o ser conquistado de lado e o foco se torna a próxima conquista. Esse movimento não acontece racionalmente, as pessoas não o fazem de propósito, vamos pensar algumas hipóteses mais para frente.

Acontece que esse movimento de conquistar à deixar de lado à partir para a próxima conquista acaba desenvolvendo um ciclo vicioso da conquista que esbarra no prazer associado ao vicio e nas relações consigo mesmo. Explico melhor.

Só criamos vicio em algo que nos dá prazer, ou seja, esse comportamento de conquista constante dá prazer ao sedutor e conforme o comportamento se repete (ciclo vicioso) começa a se desenvolver um “vicio pela conquista”. O comportamento de conquistar, provoca uma sensação de prazer imediato, porém no momento de manutenção da conquista onde o prazer acontece a longo prazo este passa a não ser mais reforçador para a pessoa e ela busca uma outra conquista para obter o mesmo prazer imediato de antes.

Agora, Por que esse “vicio da conquista” acontece?

PARTICIPE: Estou insegura com meu relacionamento
PARTICIPE: O que fazer para não se apegar?

Nossa sociedade é cada vez mais imediatista, nos exige tudo para ontem e nós nos exigimos tudo para ontem, sendo assim, até as fontes de prazer têm que ser imediatas, por isso que existe cada vez mais pessoas se viciando em bebida, droga, jogo e sexo. Não sabemos mais o que é esperar, ter paciência ou dar tempo para que a vida aconteça.

Além do mais, temos que estar constantemente afirmando que somos interessantes, bonitos, capazes e bem sucedidos, não podemos deixar transparecer insegurança, medo e fraqueza, que fazem parte da vida de todo ser humano.

Assim, vivemos um movimento onde nos escondemos e vestimos a capa de super heróis, anulando as adversidades naturais da vida, assumindo o papel de super poderosos, afirmando esses poderes e buscando o prazer imediato na conquista.

Mas, por que na conquista?

Na conquista eu não preciso aprofundar o conhecimento que o outro tem de mim, ou seja, consigo manter minhas adversidades comigo, mostrar somente a capa do super herói e obter o prazer imediato. Quando tem outra pessoa que nos deseja, faz com que alimente o meu ego, que eu me sinta bem, e reforça a ideia de que sou interessante, bonito, capaz, inteligente.

Em uma sociedade imediatista nós precisamos aprender que é necessário ter paciência e deixar o tempo agir, principalmente nas conquistas e relacionamentos. Quando vivemos na constante busca pelo prazer imediato, proporcionado pela conquista, não aprofundamos nossas relações e vivemos com uma constante sensação de vazio mesmo com a agenda e o Whatsapp cheio de contatos.

MAIS: DESISTA DE QUEM JÁ DESISTIU DE VOCÊ
MAIS: VOCÊ NÃO PRECISA SOFRER DE AMOR

É comum muitas pessoas pensarem que não conseguem se interessar por ninguém ou que simplesmente “perde a graça”, mas, às vezes pode ser a maneira como você está lidando com as conquistas que esteja te impedindo de viver outras situações. Atente-se para as suas conquistas, qual é o movimento que elas fazem?

Imagem: Pinterest

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Amor

@ load more