Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Chocar, fazer pensar, revolucionar, causar a discórdia e ferrar com padrões estéticos e morais. Essa é a grande magia da arte! Que pessoa nunca desejou quebrar barreiras, fugir as expectativas e expor a realidade nua e crua?! Todas, não é?! E a arte nos dá essa possibilidade. Faz com que através da imagem, uma ideia pode alcançar milhões e promover uma nova visão e modo de pensar sobre determinado assunto.

Tem como dizer que isso não é incrível?! Isso é incrivelmente lindo! Assim como as sensações e interesses que uma obra pode despertar em seu espectador. E falando em sensações e interesses, sabe o que inspira muito a arte e que também provoca muitas sensações e interesses? Respondeu certo quem disse: SEXO!

Não é de hoje que pirocas e xoxotas aparecem em quadros ou esculturas. Desde a antiguidade, várias culturas utilizavam do sexo para fazer sua arte, por exemplo: os gregos em suas cerâmicas; os indianos com o Kama Sutra, que relacionavam sexo e religião; e os japoneses com o ‘Shunga’, imagens feitas com suas características gravuras Ukiyo-e.

shunga

Além disso, uma infinidade de artistas, como Rodin, Gauguin, Matisse, entre outros, tiveram grande parte de seus trabalhos com cunho sexual, representando corpos nus e fazendo referências a sexualidade.

PARTICIPE: O que acham do namorado de vocês verem vídeo pornô?
PARTICIPE: O que acham sobre sexo no primeiro encontro?

Mas, será que apenas a representação do nu e da sexualidade, determina uma arte como erótica? Para falar a verdade, não é bem assim. Lembra aquela história de provocar sensações e interesses? Pois é, para a arte ser considerada como erótica, ela precisa seduzir, incitar pensamentos nada puritanos e despertar o tesão. São esses fatores que a caracterizam como tal.

Atualmente, diversos artistas vêm representando – e apresentando – um novo conceito de arte erótica. Por meio de gravuras, desenhos e fotos, nos mostram um tipo de sexualidade livre de preconceitos. Aqui estão sete artistas contemporâneos que abordam o tema sexo em suas obras e que audaciosamente mexe com o imaginário do espectador.

1 – Apollonia Saintclair

Sou suspeita para falar sobre as obras da Apollonia, porquê sou LOUCA por todas as suas ilustrações!

A Apollonia Saintclair é um pseudônimo, pouco se sabe sobre sua carreira ou até mesmo seu gênero (pode ou não ser uma mulher). Suas obras têm uma pegada fantástica e estranhamente provocante, a maioria são em preto e branco, misturando mulheres e animadas em cenas pra lá de eróticas.

2 – Cuneyt Akeroglu

Cuneyt Akeroglu

Nascido em Mudanya, na Turquia, Cuneyt começou como designer de moda e descobriu sua paixão por fotografia em 2003.
Na série “The Red Room” feita para a revista Antidote, o artista brinca com a ideia do fetiche usando o surrealismo, tendo o vermelho como plano de fundo.

3 – Fung Chin Pang

Fung Chin Pang
É um quadrinista e ilustrador de Hong Kong. Com traços marcantes, próximos aos traços dos mangás japoneses, suas ilustrações retratam garotas com aparência ingênua em cenas levemente melancólicas.

4 – Riccardo Mannelli

Riccardo Mannelli
Cartunista italiano, no inicio da carreira caracterizado por seu estilo expressionista, transitou por diversos meios da arte, antes de dar vida aos seus desenhos e pinturas com traços suaves e técnicas impressionantes, cheios de orgias, sadomasoquismo e realismo.

5 – Takato Yamamoto

Takato Yamamoto
Takato Yamamoto é um artista japonês conhecido por seu estilo de pintura, bastante semelhante as técnicas de gravura milenares do Japão, o Ukiyo-e.
Assim como a Apollonia, ele transita entre o erótico e o fantástico, numa pegada mais ‘dark’.

6 – Jean Francois Painchaud


Animador canadense que ganhou o mundo com seus Gifs eróticos, cheios de exageros psicodélicos. Depois da marginalização de suas obras nas redes sociais, uma avalanche de seguidores surgiu da noite para o dia, chegando a 45 mil entre FB, Twitter e Tumblr.

MAIS: SEXO NÃO É CROSSFIT
MAIS: [+18] ME SUJANDO COM GRAXA (PARTE II)

7 – Petites Luxures

Petites Luxures
Para os minimalistas de plantão, o Petites Luxures reúne várias ilustrações que à partir de linhas simples e estilo divertido, provocam por sua conotação sexual e inteligente.
O artista é desconhecido, tudo o que sabemos sobre é sua nacionalidade francesa. Fora isso, é uma incógnita.

Imagem: Pinterest

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Sexo

Área especial sobre Orgasmo Feminino

Sabia que a gente tem uma área especial sobre Orgasmo Feminino com muitas dicas, técnicas, fotos e vídeos?

Veja uma prévia do que espera por você

Você ainda poderá participar do nosso grupo fechado no Facebook e tirar dúvidas com uma Sex Coach, além de falar sobre o assunto com outras mulheres!
Vamos nessa? 😉

Acessar o especial Orgasmo Sozinha
@ load more