Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Como é que ninguém entende quando você fala que quer continuar tentando voltar com o carinha que terminou com você ou pediu um tempo e começou a namorar outra garota logo em seguida?

E por que é que você não pode ficar linda, perfumada e escondida atrás do poste em frente ao trabalho dele, e sair de repente, fingindo que foi coincidência para ver se rende alguma coisa depois do expediente?

Por que suas amigas acham um absurdo você mandar uma mensagenzinha “fofa”, assim, despretensiosa, falando que está com saudades só para ele lembrar que você ainda está viva? E o que é que tem de errado em você deixar tantas prioridades de lado e só pensar nisso o dia inteiro porque há pouquíssimo tempo (um mês, seis meses, um ano…) “ele” UM DIA já te fez: sentir todos os dias passarem a ser iluminados, mesmo que houvesse chuva; o coração rebentando incansável, ainda que estivesse exausto; todos os desejos puros ou carnais saciados, mesmo que proibidos.

Com tantos argumentos, porque não te entendem, né? Eu entendo! Não só entendo como acredito verdadeiramente na sua dor, sabe por quê? Por escutar histórias como a sua todos os dias e por um dia eu também já ter me escondido atrás do poste. Veja se foi assim que aconteceu: você imaginava estar fazendo tudo direitinho por paixão, cegueira ou cuidado mesmo. Às vezes tapava os ouvidos, cerrava os olhos e até calava o coração para fazer valer o amor e evitar o desassossego. Perdia o total comando sobre o controle remoto, dava cambalhotas para não deixar o sexo amornar ou, carinhosa, abria mão do sexo quando as coisas “murchavam”. Dedicava o melhor de si e entendia o que não era tão bom no outro. Em um descuido, descumprindo todas as promessas, seu peito desavisado levou uma “pedrada” deixando o coração ferido e exposto a olho nu. Daí em diante, nem tolerância, nem obediência ou pacto seu teria mais qualquer eco.

PARTICIPE: Um homem só some porque não gosta?
PARTICIPE: Eu gosto muito dele e não consigo me desapegar!

Então o que é que você sente e faz?

– Como não recebeu aviso prévio, entra em estado de choque e continua namorando com ele, mesmo sem ele namorar mais com você;
– Sente a vida ameaçada por um fio;
– Canaliza o resto que lhe resta e direciona suas poucas forças na tentativa de recuperar o que não e mais seu;
– Recebe a mensagem: “oi, esqueci meu casaco de couro preto com gola lilás no seu carro; deixa na portaria? Bj”. E fantasia em cima de qualquer retalhinho de atenção achando que o “Bj” no final da frase quer dizer qualquer coisa;
– Sofre, sofre, sofre, e nem lembra que se vitimar não vai fazê-la merecedora de amor;
– Encontra todas as desculpas para ele e procura todas as culpas pra si.

Eu ainda namoro, mas ele não me namora mais

Você paralisar, cultivar a dor e resistir à perda faz com o que te levava à loucura agora te faça parecer louca. Não perceber que de amante no máximo você virou amiga também. Que quanto mais o inocentar, mais culpa você terá e que cada vez que der a ele mais brilho, mais estará ofuscando sua própria luz. Você no seu choro silencioso, inventando desculpas para não enxergar o fim e ele na segurança ruidosa dando motivos para não mudar o norte.

Até quanto menos do que tem hoje você vai aceitar? Por que você mereceu tanto e hoje mereceria tão pouco ou nada? Qual é o seu limite? Chegou a hora de parar a autossabotagem? De acabar com os esforços inúteis? De encerrar as lembranças boas já que, exatamente hoje, vive das de memórias remotas e escassez?

Olha, há 15 anos, “seguir” era ficar literalmente atrás do poste de luz. Hoje, “seguir”, tem incontáveis possibilidades, mas sabe que era muito melhor antes? Antigamente, para “seguir” você tinha que se aprontar linda, sair de casa, fingir que não estava sendo vista por todo mundo na rua, sacudir os cabelos, olhar a vitrine, verificar as horas, para ficar “atrás do poste”. Hoje, basta estar de pijama velho, abandonada dentro de quarto sozinha, com o nariz inchado de tanto chorar e uma xícara de chá fumegante, que terá todos os recursos para seguir a quem não merece mais nem um segundo do seu tempo. Certo?

MAIS: ADEUS, QUERIDO EX
MAIS: SERÁ QUE VALE INSISTIR NESSE RELACIONAMENTO?

Então. Vamos sair de “trás de poste” agora? Se inocente e despreze a ele por não ter tido capacidade de te fazer feliz. Vamos tomar rumo? Quanta energia você tem gastado com este assunto? O que tem deixado de lado por uma causa que não é mais justa? Que tal fazer uma agenda com rotinas novas? O que mais você pode fazer a partir de agora para sua vida não estar sendo vivida em vão?

Me conta tudo, que prometo na próxima semana postar um artigo assim: COMO ARRANJAR UM NAMORADO NOVO A TEMPO DO DIA DOS NAMORADOS, mas pra isso, você tem que estar pronta e querer ser feliz novamente, porque merece! Conte comigo. Estou aqui!

Imagem: Pinterest

Receba no seu e-mail dicas/textos sobre Vida

@ load more