Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Queria começar este texto com o trecho de uma matéria, que é, na verdade, a resposta do cantor Biel a uma pergunta feita em entrevista ao site It pop, da MTV. Ao questionarem o cantor o que ele achava de fazer sucesso exibindo o seu corpo enquanto que uma mulher que faz isso é criticada, ele respondeu o seguinte:

“O homem, pra pegar uma mulher, ele precisa de lábia. Ele precisa de talento, né, cara? Porque é difícil. Mulher é bem resguardada. Mulher, pra pegar homem, é só abrir as pernas, parceiro! É fácil! Então, por isso um homem que pega bastante mulher, ele é valorizado. Por quê? Porque é difícil pegar mulher. Sabe? Você tem que desfrutar de um talento. Mulher não, mulher que pega bastante homem é fácil. Ela, tipo, só é fácil. O cara não, o cara pode ser fácil, [mas] não vai pegar mulher. Tem que ter talento, sabe? Tem que pegar… Mulher que vale a pena, eu tô falando. Acho que essa é a diferença.”

Muito tem se falado sobre machismo, abuso e violência contra a mulher em geral nos últimos dias, devido aos infelizes fatos ocorridos no nosso país, como o caso da garota abusada por 33 homens no RJ. Acredito que todos aqui saibam do que eu estou falando e, ainda assim, um cara que tem influência sobre tantos jovens, que estão formando as suas personalidades e o veem como espelho, tem coragem de dar um depoimento desses. Enfim, o texto aqui não é sobre o Biel, nem sobre o que ele anda dizendo por aí, mas é especialmente para todas as mulheres que têm a infelicidade de conviver com tantos outros “Biéis”. O trecho foi apenas uma referência para vocês entenderem o sentido do texto.

PARTICIPE: Desabafo sobre a violência que sofremos todos os dias!
PARTICIPE: Homens machistas, o que vocês acham?/a>

O que escrevo é, na verdade, para aquelas mulheres que se preocupam com moldes para se enquadrarem nos requisitos de um homem, para ser considerada uma mulher para casar, a famosa “bela, recatada e do lar”. É para as mães que vivem falando para as filhas não fazerem isso ou aquilo porque, senão, nenhum homem vai querer nada sério com ela. Venhamos e convenhamos que é melhor que esse tipo de homem não nos queira mesmo, afinal, se ele não a quiser porque te classificou como mulher para se divertir e não para casar, é você que não tem que querer ele, né? Pois homem que classifica mulheres dessa forma não passa de um babaca.

Não queria ser a mulher para casar!

Não seria muito mais fácil educar os meninos da forma correta, ensinando-lhes a não julgar, ou classificar mulheres, do que ensinar as meninas a ser algo que elas não são, do que privá-las de fazer o que lhes convêm por causa dos julgamentos alheios – vulgo opinião dos homens? E estes homens, não têm mãe? Não têm irmã? Não têm amigas? Como será que eles se sentem ao ver outro homem classificar sua mãe como mulher só para sexo porque ela não se encaixa no seu padrão de mulher para casar?

Portanto, não queiram ser essa mulher para casar, e isso não significa que vocês não queiram casar de fato ou que precisem jogar fora todo aquele sonho que a maioria das mulheres constroem na cabeça ter uma família feliz. Aposto que este sonho não foi construído ao lado de um homem que não respeita as mulheres, que as tratam como um objeto sexual, que acha que pode fazer tudo porque é homem, e a mulher não. Que acha que sua companheira não deve fazer nada, além de ficar em casa cuidando da beleza e dos afazeres domésticos. Se não é com este tipo de homem que você deseja se casar, se é que você deseja ser esposa, o que é um direito seu não querer, não tente se transformar na mulher ideal para ele. Queira se casar com o cara que vai gostar de você do seu jeito, alguém que você não tenha que mudar para agradar.

Abuso, estupro, violência não é só o ato físico em si. Toda vez que um cara trata bem uma mulher e consegue a confiança dela para conseguir sexo e depois some, vai doer somente nela. Toda vez que uma menina entregar a sua virgindade a um cara acreditando ser o amor de sua vida e depois vê esse cara desaparecer do mapa, vai doer somente nela. Toda vez que uma garota passar na rua e um cara só conseguir enxergar o seu corpo e a constranger fazendo comentários em voz alta, vai doer somente nela. Toda vez que uma mãe virar para uma filha e dizer que ela não pode ser quem é porque nenhum homem vai se interessar por ela, vai doer somente nela.

Toda vez que uma menina notar que algum amigo só é amigo enquanto acha que pode tirar alguma vantagem dela, vai doer somente nela – assim como doeu em todas nós o caso dos 33, assim como dói em todas nós saber que o pensamento do cantor Biel é tão recorrente, assim como dói ouvir que a nossa luta é falta de louça na pia. Tudo isso é abuso, tudo isso é violência! Não queira estar ao lado de um cara assim, prefira não ser a mulher que ele quer casar, agradeça por ele não escolher você, mas também não permita ser a mulher para ele se divertir.

Não queria ser a mulher para casar!

MAIS: BELA, TALVEZ RECATADA E NEM SEMPRE DO LAR
MAIS: 5 MITOS SOBRE O FEMINISMO

Até quando vamos viver em uma sociedade que oprime as mulheres? Quando você tiver uma filha, você vai querer que ela passe por isso? Você pode escolher ser você mesma e ficar sozinha até aparecer alguém que te valorize pelo que você é de verdade – ou pode viver policiando tudo o que faz para ver se está de acordo com o que a sociedade julga correto para uma mulher e, assim, atrair caras que classificam mulheres e as tratam como objeto. Só tenha consciência que, enquanto aceitarmos esse tipo de tratamento, vamos viver numa sociedade que justifica um estupro e vitimiza um estuprador, afinal de contas, o que que ela estava querendo com uma roupa daquele tamanho? Casar é que não era, não é mesmo?

@ load more