Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Eu quis mudar a cor do meu cabelo, eu quis raspar a cabeça, eu quis sair do salão parecendo outra pessoa, eu quis cortar a sua cara com a tesoura, eu quis chorar enquanto cortavam umas mechas, eu quis mentir pra todo mundo que eu tava tendo um ataque nervoso por causa do trabalho porque tinha vergonha de ter que contar tudo de novo pras pessoas estranhas dali e elas sentirem pena.

Eu quis comprar uma lista inteiramente diferente no supermercado, trocar as marcas que você gostava por marcas que não valiam nada. Quis deixar ovos apodrecendo na geladeira e viajar, voltar e te ver de cama com uma baita infecção intestinal, quis cuidar de você na mesma hora, quis poder te desejar mal, quis poder não te desejar mais. Quis tanto que eu não fosse mais eu, que essa dor não fosse minha.

Eu quis esquecer você quando conheci um cara novo no Tinder, quando saí pela terceira vez com o primo chato de um amigo, quando deixei um cara pegar no meu braço e me puxar pra dançar quando tudo que eu queria era ter ficado em casa comendo porcaria e reclamando da vida.

Eu quis mudar tudo, quis mudar o mundo, quis trocar de cidade, e até que funcionou nas três primeiras semanas de euforia. Eu gastei tanto dinheiro, torrei minha conta bancária inteira em álcool e camisinhas, paguei um taxista pra fazer um trajeto mais longo que o normal porque eu não queria chegar chorando num almoço de domingo.

Eu quis odiar todos os casais, eu quis separar todos os casais, eu quis que amor fosse uma droga empacotada numa boca de fumo e que desse prisão na certa, só para eu rir da cara de quem traficasse essa porcaria com dois sorrisos na cara. Quis pegar um ônibus na chuva e numa rua deserta para ser assaltado, para perder as fotos, para perder teu número, para perder os vestígios virtuais de você. Mas não adiantaria muito porque eu lembro dos dias em que tiramos as fotos, do seu número de telefone e do seu endereço, lembro até os seus dados bancários e os horários do remédio para asma que você ainda não deve ter tomado hoje.

Eu quis fazer um monte de coisas e não sabia por onde terminar. Comecei trocentas delas, fiz duzentas preces, sentei cem vezes para me confessar num banco de igreja mesmo não tendo religião. E acabei a noite desejando que você tivesse aqui para me puxar pruma última dança no carpete imundo da minha sala, no espaço bagunçado que tá aqui dentro.

Eu quis esquecer você, mas tudo o que consegui foi escrever esse texto.

Imagem: Pinterest

@ load more