Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Paixão é aquele frio na barriga, é não ter medo de nada e achar que pode vencer o mundo. É se sentir imortal, ter milhões de borboletas no estômago e sentir um geladinho na barriga quando a pessoa aparece. É enxergar seu rosto no saleiro, no prato, na parede da sala, no “mocinho” do filme. É imaginar como seria se… e colocar uma história toda cheia de romance do início ao fim, é inspiração e piracão total.

Paixão é pensar que é para sempre e não conseguir imaginar um fim para essa história. É querer estar junto o tempo todo e não enjoar de ouvir o que ele tem a dizer da vida, da política e suas opiniões tão iguais às suas. É andar e parecer flutuar, porque a paixão vem de outro planeta e quando a gente tem essa sensação, emoção ou sentimento, viajamos de imediato para esse planeta e vivemos alheios a tudo que acontece aqui na terra.

A paixão anula a raiva, a culpa, extermina o estresse, manda embora para longe todo tipo de negatividade. O único pensamento bom e sensato é o “bem apaixonado” e ainda julga-se poder viver assim, entregue aos olhos brilhantes por uma vida inteira, até que um dia a paixão se transforma. Ou ela vira nada ou vira amor. Alguns dizem durar a vida inteira e sentir o geladinho na barriga sempre que escuta o barulho do motor do carro dele, chegando. Mas quando a paixão se torna amor, a história muda completamente.

O amor é singelo, sereno. Ele traz calmaria e nada de mar agitado com fortes trovoadas e chuva intensa, algumas vezes ele até faz esses movimentos, mas é por outra razão, seja uma discussão aqui, uma certeza de se ter a razão acolá, coisa que depois de resolvida, volta ao normal e a paz de uma manhã de domingo se restabelece na relação.

O amor é doce, é prece, cuidado, entrega. É afeto e preocupação. É quando você quer tanto o bem do ser amado, que parece que ele é você, ou que vocês são apenas um. O amor é o complemento da paixão, é a segunda, terceira, quarta fase de um jogo bem maluco dentro da vida, a cada briga a energia começa a cair, a cada ofensa, estupidez é menos uma vida no jogo e quando chega na última vida, o amor não resiste e “game over” é hora de se refazer para outro jogo.

paixão ou amor 1

Mas o amor é terreno bem mais seguro, existe uma certa ponderação e tolerância que permite sua sobrevivência. Pelo menos era assim. Hoje em dia, pode-se dizer que o amor, assim como as pessoas, anda bem intolerante e trocar um coração por outro já não é mais tão assustador. Nos tornamos descartáveis até para o amor. E não me entendam mal, não estou dizendo para suportar o insuportável, apenas faça uma investigação, procure as causas de tantas brigas. Será que dessa vez você pode dar o braço a torcer?

Existem o relacionamento abusivo e o relacionamento intolerante. Analise sem preconceito, sem parâmetros e sem julgamento em qual deles você se encaixa. Lembrando que: melhor ser feliz ou ter razão em tudo? Amor é essa complexidade, esse misturar de vidas. O amor não tem tempo nem uma linha a ser seguida. Ele acontece de repente e, na maioria das vezes,  vem depois da paixão.

E se você procura clareza, não vai encontrar nem no amor, nem na paixão, porque esses sentimentos, apesar de serem parecidos e fazerem um bem enorme para o nosso corpo, mente, e saúde geral, eles nos deixam com a visão turva e os sentidos, todos eles, se alteram. Assim, nossa percepção se distancia e é impossível raciocinar logicamente quando estamos sob o domínio de qualquer um deles.

E também se perder um pouco por amor ou paixão, faz a vida mais gostosa. É claro que para todos os atos assume-se uma consequência, mas pagar para ver é querer buscar essa satisfação de se estar vivendo uma vida com sentido, então perca-se por amor de vez em quando. Você só tem a ganhar, seja em experiência, seja em aprendizado, seja em plenitude.

Amor e paixão, no fim de tudo se complementam. A paixão vem e engana direitinho o coração, pensamos que é amor e, de repente, ela se transforma e percebemos que a paixão é o veneno e o amor é antidoto que melhora o sabor da vida, que deixa o coração leve e a cabeça em paz. Passado esse momento completamente inebriante da paixão, chega o amor reinando e enchendo a vida de flores e paz.

Mas sinceramente, não se ocupe em definir e nomear. Viva cada paixão intensamente! Se vai virar amor ou não, não cabe a você definir, esses são assuntos para Deus cuidar, então, viva e aproveite cada momento. E se não tiver um relacionamento amoroso, relacione-se com você, entregue-se ao amor que você é, e aí a vida vai colocando o caminho à medida que você adianta o passo.

O fato é que todos estamos em busca de algo e a vida vai passando e vamos descobrindo nossa trajetória e a essência que vive em cada um. Se permita amar e receber todo o amor que a vida tem para dar: um relacionamento sério, uma paixão de momento e o que virá com o tempo. Aceite cada presente da vida como uma benção para o seu caminho. E já dizia a música: se chorou ou se sorriu, o importante é que emoções você viveu!

Amor ou paixão? Você vai saber quando vier. A paixão vem avassaladora e o amor vem serenando, não se preocupe em sentir, vivencie cada momento como se fosse único, porque, na verdade, ele é. Qualquer sentimento que faça seu corpo florescer vai te mostrar a direção e você vai entender que a vida, realmente sempre vale a pena!

Imagem: Pinterest

@ load more