Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Presença de mulheres em cassinos e jogos digitais está se consolidando

Mulheres sorridentes em roupas sensuais: por muitos anos esse foi o tipo de imagem que a publicidade de diversos cassinos ao redor do mundo apresentava a seus clientes – que eram vistos como, majoritariamente, homens.

Mesmo após o advento e popularização dos jogos, apostas e cassinos digitais, muitos sites e plataformas ainda tinham o foco na publicidade apenas para homens – utilizando corpos femininos apenas como forma objetificada de atração do público masculino.

Isso tem mudado, e muito, nos últimos anos, com uma crescente e significativa participação das mulheres no mundo do entretenimento online, em suas diversas facetas e modalidades.

Observa-se hoje uma diminuição crescente nas propagandas de tom machista e excludente de mulheres e, pelo contrário, atualmente existem até sites e casas digitais predominantemente voltados para as mulheres. Nas apostas digitais, nos games, nos tradicionais e também novas slots de caça-níquel, nas mesas de pôquer, as mulheres estão por toda a parte neste mercado, inclusive no Brasil.

Mulheres são maioria entre os jogadores no Brasil

O mercado global de apostas esportivas tem crescido de forma constante, se consolidando como um dos principais setores em desenvolvimento na economia mundial e tendo sido um dos poucos setores econômicos a apresentar avanço mesmo durante a pandemia do novo coronavírus.

A estimativa é que esse mercado cresça, atualmente, em média 11,5% a cada ano. Em 2020, o mercado global foi estimado em US$ 59,6 bilhões – com previsão de chegar até a US$ 127,3 bilhões no ano de 2027.

No Brasil, também se observa uma expansão tanto de consumidores quanto de valores envolvidos no setor. Realizada e divulgada pelas organizações Globo, a pesquisa “Brazilian Player: o mercado de apostas esportivas no Brasil” traz dados interessantes sobre o perfil dos apostadores e jogadores digitais brasileiros.

No país, o faturamento do setor de apostas passou de R$ 2 bilhões, em 2018, para R$ 7 bilhões em 2020, um crescimento bastante expressivo.

Além das apostas esportivas, a pesquisa indicou que os brasileiros também se divertem com Loteria Federal (69% dos apostadores), fantasy games (38%), cassinos online (36%), apostas informais (33%) e bingo online (32%).

Um outro estudo, denominado PGB Brasil 2021 e divulgado pelo jornal Valor Econômico, indicou que 72% dos brasileiros entrevistados têm costume de se divertir com jogos digitais. Destes, 51,5% são mulheres e 48,5% são homens – ou seja, há uma maioria de pessoas do sexo feminino neste mercado em nosso país.

No entanto, a pesquisa indicou uma ligeira predominância entre homens no reconhecimento de serem “gamers” em comparação com as mulheres. Das pessoas que têm o hábito de jogar online, 65,8% dos homens se identificaram como “gamers”, enquanto entre as mulheres o índice foi de 57,5%.

O levantamento indicou ainda que que 78,9% dos entrevistados disseram que os jogos digitais estão entre suas principais formas de entretenimento, sendo que para 68% destes são na verdade a principal fonte de diversão.

Do total de entrevistados, 45,6% declararam jogar todos os dias, enquanto 20,5% jogam entre três e seis dias por semana, e 14,4% ao menos uma vez cada semana.

Observa-se, portanto, que esse é um mercado bastante amplo, no qual as pessoas atuam com grande frequência e onde, surpreendentemente para alguns, há uma predominância de mulheres.

Mulheres preferem celulares, homens videogame

A pesquisa também indicou uma variação interessante quando se compara homens e mulheres brasileiros, havendo uma diferença entre os dispositivos preferidos para se jogar online.

Entre o sexo feminino, 62,2% jogam em smartphones, com 40,4% jogando pelo computador e apenas 38,1% utilizando videogames.

Já entre os homens, os números são diferentes e há uma predominância dos videogames, com 61,91% – seguidos por computador, com 59,6%. Os smartphones, que ocupam a liderança entre as mulheres, são utilizados para jogos apenas por 37,8% dos homens.

Mulheres jogam de forma mais “casual”

A pesquisa indicou também o nível de envolvimento e intensidade que os jogadores online têm, dividindo-os entre “casual gamers” e “hardcore gamers”. Enquanto os primeiros podem atingir no máximo uma hora de jogatina por dia, no segundo caso a atividade é necessariamente diária e pode ocupar até três horas a cada dia. 

No grupo qualificado como de “casual gamers”, 55,8% são mulheres, 36,2% são jovens com idade entre 16 e 24 anos e 58,3% utilizam preferencialmente smartphone para jogar.

Já no grupo dos jogadores mais “hardcore”, os homens compõem a maioria, com 52,9% do total. Entre estes, há uma maioria de pessoas menos jovens do que entre as mulheres, com 37,8%  tendo idade de 25 e 34 anos. O índice de predileção pelos celulares também é menor, com 31,2% declarando ter o smartphone como plataforma preferida.

O setor de apostas sempre foi associado ao universo masculino, mas a participação feminina vem impulsionando esse mercado. Apesar do avanço, muitas mulheres ainda têm dúvidas sobre como apostar online de maneira segura, até porque a liberação dos jogos de azar é bastante recente.

Até pouco tempo atrás, apenas as apostas controladas pelo governo eram permitidas, mas diversos sites de jogos vêm surgindo nos últimos anos. Com isso, esse mercado vem atraindo milhares de pessoas com a possibilidade de renda extra com diversão.

Para isso, é necessário compreender essa modalidade de jogos no contexto político, além de conferir orientações para minimizar as perdas. Acompanhe a leitura e confira as dicas que reunimos para você.

Apostar online é legal no Brasil?

Durante as primeiras décadas do século 20, os jogos de azar eram um grande sucesso no Brasil, que contava com grandes cassinos e diversas casas de apostas. Em 1946, o presidente Eurico Dutra assinou um decreto criminalizando de vez essa modalidade de jogo, com exceção daqueles controlados pela União. 

Contudo, a verdade é que os brasileiros nunca deixaram de participar clandestinamente de bingos e outros jogos. Então, com a difusão dos serviços online, o mercado global de apostas se mostrou lucrativo demais para ser ignorado. 

Em 2018, um projeto de lei legalizou os jogos de azar no Brasil, embora os estabelecimentos ainda não sejam autorizados. Desse modo, as apostas online são permitidas desde que sejam oferecidas por empresas sediadas em países onde o mercado seja regulamentado.

Como escolher a casa de apostas

Desde que as atividades foram liberadas por aqui, os sites de apostas vêm conquistando milhares de usuários. De fato, a possibilidade de ganhar renda extra se divertindo é bastante atrativa, mas é necessário escolher uma plataforma confiável.

Então, se você pensa em apostar, vale a pena conferir os seguintes dados na hora de escolher a casa de apostas:

Dicas: como apostar online de forma segura

Além de escolher uma plataforma segura, você também precisa adotar alguns hábitos para não arriscar suas finanças pessoais. Mesmo que a plataforma seja confiável, nenhuma delas vai enriquecer você, então a primeira dica é manter uma meta realista.

Neste sentido, muitas pessoas enxergam os jogos de azar como uma possibilidade de viver de renda extra, mas isso está longe de ser verdade. A vitória em qualquer modalidade de aposta depende de boas estratégias combinadas com paciência, prática e muita sorte.

Veja, a seguir, algumas das dicas que podem aumentar as suas chances de vitória.

Seja responsável

Apesar da emoção de ganhar dinheiro com os jogos, nunca se esqueça que as apostas online são um entretenimento. Por isso, é muito importante investir somente uma parcela da sua renda que não será utilizada, pois o retorno nunca é garantido.

Assim, se você é daquelas mulheres que se deixam levar pela emoção e perdem o controle de tudo, estabeleça metas de jogos e reserve um valor fixo para as apostas. Além disso, também é fundamental definir um momento para encerrar suas apostas, ainda que esteja perdendo.

Escolha a modalidade de aposta adequada

As apostas exigem boas estratégias e técnicas de análise para minimizar os riscos, mas isso depende do sistema de funcionamento dos jogos. Por isso, escolher uma ou duas modalidades para investir seu tempo e dinheiro é a maneira mais inteligente de ganhar as apostas.

Neste sentido, você pode utilizar eventuais rodadas grátis para conhecer melhor cada jogo. Além disso, esses bônus promocionais são ótimas oportunidades para você treinar suas estratégias.

Jogue racionalmente

Ainda que você tenha uma intuição que não falha, nunca abra mão da racionalidade na hora de jogar. Um dos grandes erros dos iniciantes é fazer as apostas nos times preferidos ou nos azarões, que proporcionam um retorno maior, mas raramente isso funciona.

A melhor forma de aumentar suas chances é adotando estratégias profissionais. Assim, busque fóruns de discussão e canais de apostadores profissionais para conferir os métodos que eles usam.


Leia também: Presença de mulheres em cassinos e jogos digitais está se consolidando