Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Você sabe a diferença entre os termos Alma Gêmea, Chama Gêmea, Almas Afins e Casais Cármicos?

Como boa curiosa e amante da espiritualidade, esoterismo, iniciação, etc, resolvi pesquisar sobre esses temas, porém embora muito procurados, encontrei conteúdos muito vagos, repetitivos, e/ou controversos. Por esse motivo resolvi contribuir, trazendo para vocês informações mais detalhadas, baseadas em pesquisas, experiências vivenciadas, visão pessoa e intuição.

Ates de começarmos, é preciso que vocês entendam algumas coisas e se familiarizem com alguns termos:

Vou começar explicando de forma bem resumida, como funciona a estrutura corpórea de um ser humano, a nível físico e espiritual.

Nós somos formados, na verdade, por sete corpos, três de ordem superior e quatro inferiores ou transitórios. Existem diferentes nomenclaturas para os mesmos, porém não há necessidade de se apegar a termos.

Os três primeiros corpos, que formam o nosso Eu Superior,  popularmente conhecidos como corpo, alma e espírito, são imortais, já os outros quatro corpos que formam a nossa personalidade, podem se renovar a cada reencarnação.

  1. ÁTMICONada mais é do que a centelha divina que temos dentro de nós ou espirito.
  2. BÚDICO: É a nossa alma, onde ficam registradas as nossas emoções mais profundas. 
  3. CAUSALMental superior, nosso inconsciente, intuição, etc.
  4. MENTAL CONCRETOMental inferior, onde ficam nossas ideias, pensamentos, consciente, subconsciente, etc.
  5. ASTRALVeículo dos desejos, das paixões, dos vícios etc.
  6. ETÉRICO OU VITALVem de “Éter”, é o veículo para o Prana (sopro de vida mais sutil que o ar, presente em todo o cosmos),  força vital universal. Faz intermédio entre o físico e o astral.
  7. FÍSICODispensa explicações, rs.

Agora vamos voltar um pouco na história da humanidade. Sabemos que houve uma época em que nós éramos seres andrógenos e não havia a dualidade na Terra. A polarização se deu a partir da Queda dos Anjos, quando Michael e Lúcifer caíram na terra e guerrearam (leiam isso no sentido figurado, por favor! A Queda dos Anjos se refere a forças vibracionais). A partir daí nós fomos divididos em pólos negativos e positivos. Nesse momento deixamos de ser andrógenos e nos tornamos seres amaianos, ou seja, sexuados.

Porém como tudo na tTerra passou a ser dual, quando fomos divididos ficamos com uma energia da nossa outra parte dentro de nós. Isto é, a mulher embora seja uma figura feminina, possui a energia do masculino dentro de si, e vice-versa. O símbolo Yin e Yang exemplifica isso.

CHAMA GÊMEA

Sabendo de tudo isso, agora podemos entender o conceito de chama gêmea. Se quando nós fomos divididos nos tornamos um polo negativo e outro positivo, ou seja, uma energia feminina e outra masculina, há um único homem para cada mulher nesse mundo e vice-versa, que na verdade é outra parte de nós mesmos que foi polarizada.

A grande maioria das pessoas costuma procurar sua chama gêmea através de fatores externos, contudo é impossível se aproximar de sua chama gêmea sem antes estar conectado com essa parte que existe dentro de você. Portanto a forma mais rápida e eficaz de encontrar a sua chama gêmea é olhando pra dentro de si, se auto conhecendo, evoluindo e despertando essa energia que tem dentro de cada um de nós. Quando estabelecemos relações em profundidade com nós mesmos estamos no caminho para encontrar a nossa Chama Gêmea.

A energia feminina está ligada, a origem, ao passado, a tudo aquilo que já foi vivido, enquanto que a masculina está relacionada com o futuro, com aquilo que ainda não foi vivenciado. Por esse motivo a mulher tem a sensibilidade mais aguçada para reconhecer a sua chama gêmea enquanto que o homem por ser uma expressão do futuro, tem mais dificuldade.

COMO SE DÁ ESSE ENCONTRO?

Engana-se muito quem pensa que vai encontrar sua chama gêmea na esquina de casa, vão se apaixonar simultaneamente, vão evoluir, casar, ter filhos, e viver juntos até a eternidade. Sinto dizer que essa é uma realidade muito distorcida e romantizada à respeito das chamas gêmeas. Na realidade é muito raro que um casal de chamas gêmeas se encontre, e fique junto, pois além de não termos ainda a sensibilidade para reconhecê-los, existe sempre uma das partes, senão as duas, que foge por não estar pronta para viver esse relacionamento, pois se vê dominada pelo medo. Mas medo do quê, Sheila? Medo do auto enfrentamento! Lembra que quando falamos de chama gêmea estamos falando de outra parte de nós mesmos? Pois bem, quando olhamos para ela, estamos olhando na verdade para um espelho, e ali vemos defeitos, medos, traumas, e características nossas que ainda não reconhecemos ou não sabemos lidar e nos apavoramos.

Geralmente a aproximação de chamas gêmeas é dada por uma forte atração, e posteriormente por muita briga confusão e julgamentos. Muitas vezes também há um “fugitivo” aquele que é dominado pelo medo, e um que insiste. É como uma brincadeira de gato e rato. É cansativo, e muitas vezes torturante. Uma chama gêmea trará aquilo que temos de pior a tona, para que aprendamos, cresçamos, evoluamos e transmutemos nossos medos.

Encontrar a Chama Gêmea não tem nada de romântico, como dizem por aí. É um processo de catarse muito profundo, noites angustiantes e mal dormidas, podemos sentir como se estivéssemos ficando loucos e nos perdendo.  Algumas pessoas chegam a ter ideias suicidas. É isso o que acontece quando tocamos no que há de mais profundo de nosso ser e quando enxergamos as trevas que há dentro de nós. É duro de admitir, de aceitar…

Se você encontrar a sua chama gêmea sem estar preparado, a energia pode ser tão forte, que pode desregular a vibração dos seus chakras, e causar danos momentâneos nos chakras inferiores (básico, esplênico e plexo solar), que são aqueles mais ativos em pessoas de consciência não muito elevada, refletindo em sintomas físicos como tremor, dor de barriga, diarreia, vômito etc.

Também é importante saber que todo encontro de chamas gêmeas é missionário, eles acontecem para que o casal possa desenvolver algum feito em pró da humanidade. Então descobrir a sua missão de vida também te ajuda a se aproximar da sua chama gêmea.

RELAÇÕES ÍNTIMAS:

O relacionamento íntimo entre duas pessoas sejam chamas gêmeas ou não, é o mais poderoso instrumento de evolução espiritual, para os seres envolvidos e também para o sistema como um todo.

Obviamente que somente quando feito dentro dos princípios tântricos, onde haja no mínimo afeto, consentimento, respeito e felicidade.

Na época a igreja temia que as pessoas descobrissem o poder e a importância que a realização sexual tem para a humanidade e por isso a prática foi condenada pelas hierarquias de poder para que as pessoas ficassem longe a evolução e fossem mais fáceis de manipular, devido a isso até hoje assunto é distorcido e polemizado.

HOMOSSEXUALIDADE:

É possível que um ser masculino espiritualmente, encarne em um corpo feminino. Seja carmicamente ou por escolha própria. Para aprender algo a respeito do universo feminino (ou masculino) e evoluir nesse sentido. Alguns reencarnam em um corpo do sexo oposto para desenvolver a energia desse sexo dentro de si e se aproximar de sua chama gêmea. Assim se dá os casais homossexuais. Pois se uma centelha feminina, por exemplo, reencarna em um corpo masculino, ela vai se interessas por outras energias masculinas, pois a atração se dá no campo espiritual e não no físico.

ALMA GÊMEA:

A alma gêmea é um conceito um pouco mais complicado de explicar e entender, mas vou resumir brevemente.

Imagine como se nossos quatros corpos inferiores fossem um boneco de ventríloquo, e os três corpos superiores fossem a pessoas que controla a gente através das cordinhas e nos dá todas as coordenadas.

Pois bem, diferente da Chama Gêmea que são duas partes do mesmo ser que se unem, a alma gêmea acontece quando um mesmo ser chega a níveis tão elevados de consciência que reencarna diversas vezes com a mesma identidade, as mesmas lembranças, os mesmos dons, acontece com grandes mestres geralmente, e o seu Eu Superior (três corpos superiores) acaba se dividindo em dois e um deles começa a ser o filho espiritual do Eu Superior de origem. Assim os seres que encarnarem (quatro corpos inferiores) na Terra a partir desses seres de origem serão chamados de irmãos de alma ou alma gêmeas, pois são filhas do mesmo “pai”.

COMO SE DÁ O ENCONTRO:

Almas Gêmeas possuem muitas coisas em comum e embora possam se sentir atraídas fisicamente, não precisam necessariamente ser composta por um casal de amantes. Pode ser um pai e um filho, um amigo querido, um parente, ou qualquer pessoas que você sinta um apreço enorme e nem saiba o porquê.

Geralmente esses seres herdam todo o passado evolutivo e sabedoria do ser que a originou, então embora tenha reencarnado poucas vezes possuem um grau de consciência mais elevado.

É mais possível que um casal de alma gêmea, case, tenha filhos e viva em paz, do que um casal de chama gêmea que ainda não está preparado. É possível que alguém conheça sua chama gêmea e diga que não sente nada, e acabe preferindo a alma gêmea, pois se sente melhor ao lado dela, porque falta autoconhecimento.

CASAIS CÁRMICOS:

O encontro entre casais cármicos é muito forte e intenso. Sempre vem para nos ensinar algo que ainda não conseguimos aprender. É como se nossas almas presas em loops, reproduzindo os mesmos padrões negativos, vida após vida. A maneira mais rápida e eficaz de se livrar desse ciclo é perdoar o outro e mudar as energias para que não mais tenhamos ressonância com essa pessoa. Ficamos presos nesses relacionamentos até aprendermos o que eles têm para nos ensinar e transcendamos.

COMO SE DÁ O ENCONTRO:

Encontros de casais cármicos acontecem inevitavelmente, diferente de todos os outros que você pode nem vivenciar nessa encarnação. As duas partes se sentem atraídas de forma incontrolável, principalmente sexualmente, e no decorrer do relacionamento os problemas a serem resolvidos começam a surgir. Geralmente um passa a gostar menos do outro com o tempo, ou acontece algum outro problema  relacionado ao karma dessas pessoas. Esses casais não forma atraídos para permanecerem juntos, apenas para compartilharem lições pro um período determinado de tempo. Muitos crimes passionais são resultados de relacionamentos cármicos de pessoas que não evoluíram e não compreenderam a lição que aquele relacionamento veio trazer.

ALMAS AFINS OU FAMÍLIA DE ALMA:

Vocês já ouviram por aí a teoria de que temos mais seis de nós vivendo por aí em algum lugar do mundo? Isso é uma maneira bem vulgarizada de definir a nossa “família de alma”.

A nossa centelha divina é formada por sete chakras ou ionas, interligados em cadeia fechada. São sete portais tridimensionais e cada um é vinculado a um dos sete corpos que nós já falamos aqui. Porém antes de se fixarem e formarem a cadeia de sete, os ionas podem migrar para outras cadeias, até se fixar naquela que será a sua família de alma.

Os ionas se juntam a cadeias onde encontram outros ionas com os quais ele sente mais afinidade vibratória. Quando um deles está mais evoluído do que os outros, esse auxilia os outros na evolução de alguma forma, até que os sete cheguem juntos à unidade divina.

Como a formação dessa cadeia se dá pela afinidade vibratória, chamamos esses seres de almas AFINS.

COMO SE DÁ ESSE ENCONTRO:

Você não tem a obrigatoriedade de conhecer todas as suas almas afins nessa vida, muitas vezes você acaba não conhecendo nenhuma fisicamente, porém vocês estão sempre interligados espiritualmente, auxiliando uns aos outros a evoluírem. Mas se você conhecer alguma delas com certeza vai ser alguém que vai estar com um nível de consciência muito similar ao seu, será alguém com quem você vai se identificar e sentir afinidade desde o primeiro contato.

SOBRE FILMES INICIÁTICOS:

Você se lembra das Horcruxes que Voldemort criou quando dividiu sua alma em SETE pedaços? Lembram que Harry Potter, sendo um desses pedaços, começou a se apavorar quando notou similaridades entre ele e o Lord das Trevas? Se lembra também que em uma conversa com Harry, seu padrinho Sirius Black explica que todos nós temos luz e trevas em nosso interior? E que o que importa é o lado que decidimos aflorar em nós? Pois bem, tudo isso parece familiar agora?

Existem muitos filmes iniciáticos por aí, que nós assistimos e não nos damos conta por não termos aquele conhecimento ainda, mas isso é assunto para outro texto… Com esse texto eu espero ter desmitificado essa teoria romantizada de almas gêmeas que espalham por aí, e espero ter ajudado a expandir um pouquinho a consciência de vocês.

E aí, será que você já encontrou alguma dessas almas?

Imagem: Pexels

@ load more