Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Vai levar um tempo para as coisas se normalizarem. Vez ou outra vai bater a vontade de ligar, de ouvir a voz ou simplesmente de dar aquele abraço que parecia que o mundo ao redor tinha ficado totalmente parado. Mas amanhã você talvez nem sem lembre tanto. Você ainda vai levar um tempo sofrendo por amor, se contestando, se culpando ou se justificando, mas calma. Cedo ou tarde serão só lembranças e eu garanto que você terá boas lembranças também.

por amor

Eu sei que textos como esse poderão fazer com que você se questione sobre tudo que passou, mas não é isso que ele pretende. Sua única pretensão é deixar registrado que as coisas passam, e isso não tira a beleza delas, eterniza. Passou, mas ainda foi amor.

Esse também não é um texto de despedida, muito menos de reconciliação. É de registro e consciência. De alguém que sabe que depois desse “nós” a vida nunca mais será a mesma para ambos. Ainda lembraremos de como era bom acordar ao lado um do outro, do sexo de madrugada ou das loucuras pós-baladas. Sim, lembraremos com um sorriso no rosto e sem saudade. Já estamos prontos para viver isso tudo outra vez com outras pessoas. E assim é a vida, entre idas e vindas, altos e baixos. Você veio, foi e seguiu, como tinha que ser.

Não me culpe pelo fim… é que eu tenho tantos amores perdidos na alma que até minhas palavras mais doces têm gosto de devassidão. Uma hora o que parecia ser um caso de amor terminou com pratos quebrados e promessas não cumpridas. O que parecia ser promissor terminou em mais uma das minhas ligações em prantos pedindo perdão.

O que parecia ser por amor agora se esvaiu.

Convenhamos, não iríamos ficar juntos. Sou impulsiva. Você iria cansar dos meus rompantes de humor, das minhas crises existenciais… você nunca entendeu o porquê eu nunca me impressionava com filmes de terror psicológico, mas chorava em comédias românticas, rs! Nem eu, na época, até naturalmente perceber com outro alguém que era o simples que me comovia. Não eram as declarações ou as maravilhas da mente, mas a dor na barriga depois de uma crise de riso.

Confesso que apesar disso, vez ou outra, acordo com saudades. Já me arrependi de não ter te implorado pra ficar ou ter feito discursos de que seria seu porto seguro. Eu juro, ensaiei vários, mas, você sabe… eu não poderia te falar nenhum. Muito menos sobre todas às vezes que quis te dizer e disse, em olhares, que seria infinitamente sua se você resolvesse fazer morada debaixo do meu teto. Perdi as contas de quantas vezes me refugiei no teu abraço ensaiando esse discurso, mas nunca passou disso.

Aprendi depois de você a nunca mais me calar

por amor

Se eu amo, eu digo. Peço pra ficar e tento antes de ir. Obrigada por ter me ensinado isso, mesmo que tenha doído tanto em nós na época. Obrigada por ter me mostrado, mesmo que indiretamente, que vale a pena lutar por alguém que nos faz bem, que vale à pena aceitar o outro do jeito que ele é e que os momentos bons são maiores que os ruins.

Obrigada por um dia ter ido embora, por ter desistido de mim e me mostrado com isso que sim, eu precisava melhorar, mas, que acima de tudo, eu também precisava de mais.

Imagem: Pexels


E o que vocês responderiam a essa pergunta aqui abaixo sobre mentir por amor, feita por uma de nossas usuárias do Clube Superela?

@ load more