Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

O amor em todas suas vertentes, por muitas vezes, nos aprisiona, nos senta no canto da sala para não nos deixar partir.

Você já percebeu que ela não se interessa mais pelos seus assuntos, suas alegrias e frustrações. Ela não se alegra com seu êxito e tão pouco se entristece com seus momentos ruins. Você tornou-se o elefante branco na sala de estar, que incomoda, ocupa espaço, mas que ainda assim insistem em mantê-lo ali.

O relacionamento chega a um nível de desgaste que, em momentos, parece não mais nos reconhecermos, tanto por aquilo que deixamos de ser, ou mesmo por aquilo que nos tornamos. Você se vê fazendo e dizendo coisas que jamais imaginou ser capaz, e tudo isso por não querer mais estar ali.

Essa… Essa é a hora de partir.

Mesmo que para isso alguém fique ao chão. Mesmo que seus cacos seja absurdamente pesado para se levar nas costas.

Pegue seu fio tênue de dignidade e saia. Pois o amor daqueles que não te deixam ir é um ciclo destrutivo, onde você se torna um infindável produtor de segundas chances que giram e te levam ao mesmo lugar. O canto da sala.

O amor jamais deve te engessar diante de uma vida medíocre e infeliz, ele não foi feito para tal serventia. O amor nunca te implora para que fique. Ele dá um jeito de te fazer querer ficar. Sem a necessidade típica do ultimo estágio de desespero dos que não te deixam ir, OS JOELHOS AO CHÃO. A promessa mórbida de mudança, a sua passividade.

A hora de partir é aquela em que seus momentos infelizes ao lado da pessoa tornam-se uma rotina desgastante de ofensas e novos (inviáveis) recomeços que não duram 24 horas. Os desentendimentos somam noites incontáveis de ansiedade e depressão. É nessa hora que você pega sua mala e vai.

Sabe por que ela não te deixa ir?

A necessidade da presença, ainda que muda ou em prantos. Ela não se importa se você está feliz. Desde que permaneça ali no canto da sala. E que continue a sorrir nas fotos para as redes sociais.

Saiba que… É hora de partir.

Entenda os sinais:

Egoísmo: a necessidade de ser o primeiro a dizer adeus, algumas pessoas não são capazes de serem deixadas para trás. Portanto, ela te prende a ela até o momento que julgar não mais necessária a sua presença.

Egocentrismo: Ela não se importa que você vá embora, mas ela não te deixa ir para que jamais ninguém tenha a chance de ocupar o seu lugar. Provavelmente, ela também não está feliz, mas a necessidade de ter e mais forte do que a felicidade não tida.

Ausência de maturidade: Ser amada para tal pessoa é isso. Ela ainda não aprendeu o que é amor, e faz com que você perca uma imensidão de chances de poder vivenciá-lo em toda sua plenitude.

Relacionamentos destrutivos são ladrões de tempo, e tempo é vida. Não desperdice a sua sendo bibelô de ninguém.

Imagem: Pexels

@ load more