Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Muitas pessoas se agarram ao passado como se ele fosse um refúgio ou uma prisão. Vou explicar: enquanto alguns encaram o que passou com nostalgia, idealizando os bons momentos, outros se veem presos em lembranças ruins e acreditam que elas são como pesos que precisam ser arrastados até o fim da vida.

Nos dois casos existe esse elo intenso que não faz bem. Desapegar do passado é algo que precisamos aprender. O futuro é um caminho completamente novo e, para ser trilhado, é necessário sabedoria para carregar apenas o que for necessário. Assim você não deixa que os pesos das experiências anteriores te façam andar em círculos. Continue a leitura e entenda melhor!

Seu passado te constrói, mas não te define

É fato que nossas bagagens interferem na forma como vemos o mundo. Tudo o que passamos ao longo da vida nos fez aprender (por bem ou por mal) lições importantes. Entretanto, esses momentos ficaram para trás e deles você deve levar apenas o que for construtivo.

A verdade é que, ao olhar para trás, você tem duas opções: viver de memórias ou usá-las como fonte de sabedoria para entender o que não pode mais se repetir e o que você precisa valorizar.

Desapegar não é esquecer

Muito usada atualmente, a palavra desapegar às vezes é mal compreendida (leia mais aqui). Quando dizemos que desapegar de algo ou de alguém é necessário, não significa que aquilo tenha que ser completamente eliminado da memória.

Em alguns casos, as recordações podem durar muito tempo ou até para sempre. A forma como você as encara é que deve mudar. Não deixe que algo que te fez mal seja o centro de seus pensamentos ou que um bom momento que já passou se torne um pesadelo só porque você não consegue voltar até ele.

Reconheça que a vida está em constante movimento e que no futuro você terá de lidar com outras lembranças. Para que elas sejam boas, depende muito de você, das suas atitudes e de como você enfrentará a vida daqui por diante.

Mudanças são necessárias

Você já pensou o que seria da sua vida se você tivesse que permanecer em determinado ponto da sua memória? Mesmo que você diga coisas como “tenho saudades de quando eu era criança”, no fundo sabe que após essa fase teve muitos outros momentos de aprendizado e de alegria. Você não teria vivido esses momentos se tivesse permanecido lá.

Aquele relacionamento que terminou, teve lá seus motivos para fracassar. Ainda que por vezes nós nos recordemos apenas nas partes boas, os defeitos existiram. Além disso, se a pessoa quis ir, liberte-a da sua mente, deixe que ela se vá. Não há como obrigar alguém a nutrir sentimentos por nós e se pudesse seria meio estranho, você não acha?

Existem novos momentos para serem construídos, novos amores, novas felicidades. O futuro pode não ser o que você planejou, mas quem sabe ele não te reserva surpresas que você nem imagina? Viva intensamente o presente, no final ele é o mais importante de todos e o único que você pode tentar controlar.

Você já aprendeu a desapegar do passado? Como fez isso? Responda nos comentários do Facebook!

Imagem: Pexels

@ load more