Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Ô gente, quando eu digo que o machismo é tão prejudicial aos homens quanto às mulheres, cês não acreditam. Quem sabe agora que esse fato tá rolando no BBB19 e, consequentemente, em rede nacional, cês não começam a confiar mais ainda em mim?

Vamos do começo, vai. Diego é a cota do “boy padrãozão” do BBB19. Aliás, nada contra isso, adoro ver gente bonita na televisão. Todo parrudão, loirão e de olhos claros, o brother é de Santa Catarina, tem 30 anos, é solteiro, empreende e cria cavalos.

Partidão até. Só que por enquanto não. Digo por enquanto porque acredito, genuinamente, que as pessoas podem mudar e, por estar confinado em uma casa CHEIA de mulher empoderada, ele pode abandonar alguns preconceitos e seguir com a vida.

E o que que ele fez, gente?

Pois então. Não é de hoje que o participante solta uns comentários machistas pela casa. Acontece que mulher empoderada assusta e, por sorte, esse bbb19 tá cheio delas. A grande protagonista desse post de hoje é a Hana.

Só procês terem um background, Hana é uma carioca de 22 anos, formada em Cinema e trabalha como Youtuber. Ontem, logo após a festa da semana, ela começou a andar pela casa de lingerie e foi criticada por outro participante, Maycon. A sister, obviamente, ficou FULA da vida e saiu barracando geral com o argumento de que “se os homens podem andar pela casa de sunga, ela também pode”.

Aí, na defensiva, Maycon foi procurar seu amigo Diego e os dois, juntos, ficaram comentando que a mina era doida, do tipo que fala e se arrepende depois e por aí vai.

Mas esse ainda não foi o maior B.O com ela, calma que já chego lá. O negócio é que, antes, é interessante observar o tanto que o machismo deixa os caras mal acostumados, sabe? O moço vai lá, critica a sister e recebe, de volta, um chega pra lá mais do que justo. E o que acontece? Ele assusta, óbvio. Não tá familiarizado com xingo de mulher que, no círculo dele, provavelmente escuta tudo calada.

Mas tudo bem, vamos ao que interessa:

Por que a masculinidade do Diego, do BBB19, foi ameaçada?

Porque Hana, em brincadeira, chamou ele de DiegA. Sério. É isso. Saca só o momento:

Aí, o cara ficou TODO ofendido. Dá pra ver na cara dele nesse vídeo mas, além disso, ele saiu por aí jogando uns shades na sister. Primeiro, ele resolveu falar pra quem quisesse ouvir que pra ele já deu, que a moça era mal educada e por aí vai. Ó:

Depois, toda oportunidade que surgia, ele dava um jeito de alfinetar as atitudes dela. Esse comentário de como ela beijou o Alan é apenas sensacional:

É claro que o bicho tá mordido, né? Sem falar que, jesus amado, a mina beija do jeito que quiser. Não tem dessa.

Ok, Dá pra perceber que o cara ficou com bode dela, e isso é normal. Vale ressaltar, também, que Hana não é, exatamente, uma pessoa fácil. Assim como Ana Paula, Angélica, Emily e outras participantes polêmicas, não parece ser muito fácil conviver com ela.

Porém, cês percebem que esse ranço todo começou depois que ela chamou ele de Diega? Quando eu li a notícia, fiquei tipo assim: Deixa eu ver se eu entendi… a gota d´água dessa rixa entre os dois foi ela colocar o nome do cara no feminino pra zuar?

Foi, né.

E é por isso que a masculinidade é uma merda

E o machismo também. É aquele velho esquema: homem que é homem não chora. Homem que usa rosa é viadinho. Homem que abraça homem é baitôla. E por aí vai.

Primeiro de tudo, precisamos acabar com esse estigma de “ser gay”. Ser afeminado é uma escolha da pessoa, e isso não faz dela menos importante, capaz ou competente para qualquer coisa que outro cara, muito mais MACHÃO, também faça.

Lembro-me de, na adolescência, escutar de primos meus que um primo gay do lado da família do meu pai, MUITO competente, bem-sucedido e bem visto no meio acadêmico, era chamado de “a bichinha inteligente” da faculdade em questão. Sério.

O cara incomodava por ser MUITO afetado e NADA MENOS inteligente. Muito pelo contrário. Dava de mil a zero numa porrada de trunco aí. Daí, pra diminuir ele, o que fizeram? Chamaram ele de bichinha. Mano, ele é bicha mermo, que que tem?

Parem com isso de “ai, é viadinho ein”, ou “ai, te chamou de DIEGA, virou mulherzinha, nananana”. Gente, ser feminino, ou ser zuado de mulher, não deveria ser xingo não.

Deveria ser é elogio. E para com isso, Diego. Vá viver sua vida, bate no peito e para de ficar criando caso com mulher que te assusta, rapaz. Renda-se a ela ;)!

Imagem: via Gshow


E o que você responderia a essa pergunta logo abaixo sobre o ego masculino, feita por uma de nossas usuárias do Clube Superela?

@ load more