Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Vê se vocês concordam comigo: todo namoro/casamento é composto por três partes: eu, você e nós. Porém, MUITOS casais, ainda mais aqueles que tão no comecinho e TUDO é novidade, costumam misturar essa parte e se esquecer de que a independência no relacionamento é extremamente importante para que ele continue firme e forte.

A vontade de ficar junto é gigantesca, tudo o que você consegue é pensar n@ crush, se um sai sozinho, isso pode gerar um desconforto etc. Aí, eu te pergunto, né: como manter a individualidade sem parecer que vocês não tão “nem aí” um pro outro?

Bem, o primeiro passo é entender que, apesar de “serem um só”, vocês são, antes, pessoas individuais. Ou seja: corpos diferentes, personalidades diferentes, amigos e famílias diferentes e, mais importante de tudo, com história já formada ANTES do relacionamento acontecer. Então, é CLARO que encontrar um equilíbrio nisso tudo pode ser difícil. A mágica, então, de um namoro/casamento em sintonia, acontece quando ambos entendem isso.

Mas… por onde começar? Ahá! É pra isso que estamos aqui! Vou te dar algumas dicas de como separar a sua essência da do casal, e respeitá-la da forma como deveria. E, claro, te ensinar a fazer isso com a d@ parceiro também. Bora lá?

A sua independência no relacionamento pede por:

1. Noite das migas

Para cada data que você agendar com @ crush, marque outra com suas amigas. Isso mesmo, desde o começo. Antes do amor, veio a amizade com suas BFFs e isso deve permanecer assim. Além disso, ter liberdade para conversar sobre a vida com as pessoas com as quais você mais confia é MUITO importante pra manter a sanidade. Juro.

Se @ crush achar essa prática ruim (o que é, a princípio, natural), tenha uma conversa franca com el@. Explique que não é porque você quer sair SÓ com suas amigas que seu amor por el@ é menor. Aos poucos, pode ter certeza de que o equilíbrio será instaurado. Se el@ continuar tretando, aí talvez seja o momento de rever a relação. Afinal, um parceiro que não preza pela liberdade individual um do outro não entende NADA de relacionamento saudável, mas sim abusivo. Inclusive, para saber se você está em um, é só clicar aqui.

2. Um tempo sozinha

Mesmo o casal mais apaixonado do UNIVERSO precisa de um tempo separado. Afinal, para além do relacionamento, existe o trabalho, a academia e, é claro, os hobbies. Passar um tempo somente com a própria companhia é importante para colocar as ideias no lugar, refletir e descansar a cabeça. É um momento de meditação e folga desse mundão caótico em que a gente vive.

Então, se vocês ainda não moram juntos, procurem reservar a semana para cuidarem das próprias vidas e se encontrarem no fim de semana. Se vocês JÁ MORAM juntos, procure sair sozinha pelo menos umas 3 vezes na semana, seja para malhar, caminhar, fazer compras, ir ao cinema etc. Isso é importante, inclusive, para que vocês não saturem um ao outro.

3. Uma transadinha a sós

Mulher, você já sabe que, desde solteira, sua satisfação sexual não é inteiramente responsabilidade d@ crush. Continuar tendo orgasmos, com ou sem a presença del@, é super importante para manter sua saúde física e mental no lugar. E não, sem essa de pensar que toda masturbação é uma forma de traição. Nada a ver. Se você tiver num tesão danado e a pessoa amada não está por perto, pode ir descendo a mão e se estimulando que o resultado só tem como ser bom.

É importante, para entender e conquistar a independência no relacionamento, entender que a conexão com o próprio deve permanecer existindo. Afinal, ele é o nosso santuário e somente nós mesmas temos o poder ATIVO de cuidar dele. Pense nisso.

Para ter VÁRIAS ideias de como aprimorar o seu “sexo a sós”, é só clicar aqui.

Ter um orgasmo por conta própria é uma maneira saudável de sentir prazer”, diz Kerner. Além disso, de acordo com uma pesquisa de 2018 da empresa de bem-estar sexual TENGA, 87% dos americanos que estão em um relacionamento comprometido se masturbaram e 50% já falaram sobre isso. O hábito é normal e não defraudar! Portanto, mantenha seu vibrador exatamente onde ele está – isso ainda faz parte do seu autocuidado.

E quais são as necessidades do casal?

Para fazer com que todo esse lance da independência no relacionamento funcione, é preciso, também, entender o que o casal precisa para ficar bem. Afinal, vocês não deixaram de ser o “nós” daquele tripé do qual já falamos. Então, para manter tudo no lugar e aprender a respeitar o espaço um do outro, é preciso:

1. Ter um momento a sós

Vocês têm amigos, família, festas do trabalho etc. A tendência é que, na maioria desses eventos, vocês vão juntos. Porém, é importante lembrar que um tempo a sós um com o outro é importante para manter a intimidade no lugar. Afinal, se vocês respeitarem o momento a sós um do outro, e só se encontrarem na presença de outras pessoas, a conexão do casal pode ir pro saco.

Então, saiam sozinhos (um sem o outro), saiam com os amigos, compareçam a eventos importantes e coisa e tal. Mas NUNCA se esqueçam de separar um tempo somente para vocês dois que vá além do sexo entre 4 paredes.

2. Manter a chama acesa

É natural que um relacionamento, depois de muito tempo, entre em “piloto automático”. Toda aquela vontade de transar a cada oportunidade cede lugar a maratonas intermináveis de Netflix e isso é extremamente gostoso. Afinal, NADA MELHOR que uma bela intimidade que permita que vocês sejam autênticos um com o outro.

Porém, é importante lembrar que, para além do nós, vocês dois têm necessidades, emoções e coisa e tal. Então, um namoro que entra no marasmo pode provocar tédio, insegurança e até mesmo ressentimento. Afinal, aquela pessoa que antes não podia te olhar que já te lotava de abraços e beijos, hoje se despede de você com um estalinho na testa. Isso não é legal, né?

Procurem sempre flertar um com o outro e manterem a chama acesa. Dessa forma, vocês SEMPRE se lembrarão do motivo pelo qual decidiram ficar juntos.

3. Não se esquecerem de planejar um futuro juntos

Independência no relacionamento não quer dizer, MESMO, que cada um vai prum lado, mas sim que vocês respeitam as vontades um do outro e sempre procuram equilibrá-las para que o namoro/casamento dê certo.

Então, é claro que vocês têm (e devem) ter projetos de vida individuais, mas isso não tira a importância de pensar em como agregá-los à vida a dois, entende?

E as necessidades d@ seu/sua parceir@?

Já falamos do “você”, do “nós” e, agora, chegou o momento de falar d’el@.

Respeite o espaço del@

Da mesma forma que você deve exigir o seu momento a sós, é preciso, também, respeitar a individualidade del@. Do contrário, o relacionamento se torna unilateral e não é isso que a gente quer, né? Deixe, então, que el@ também tenha a noite só com os amigos e, inclusive, incentive isso.

No fim das contas, no finalzinho da noite, vocês estarão juntinhos um do outro, morrendo de vontade de passarem um tempo a sós, e nenhuma sensação é mais gostosa e saudável pro relacionamento do que essa.

E é só isso tudo, pessoal!

Viu como é importante para ambos manter a independência no relacionamento. Conquistá-la é um direito TODO seu (e da pessoa também). É só vocês encontrarem um equilíbrio entre o “eu”, “você” e “nós” e pronto, temos aí uma união -quase- perfeita.

Imagem: via pexels


E o que você responderia a essa pergunta logo abaixo, feita por uma de nossas usuárias do Clube Superela?

@ load more