Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Se você vive na internet, deve ter visto que a blogueira Boca Rosa, cujo nome real é Bianca Andrade, foi um dos assuntos ‘quentes’ da semana. Isso porque ela comentou durante uma live no Facebook que fez lipoaspiração, sem saber que estava ao vivo na internet.

Até aí, tudo bem. A questão que deixou os internautas intrigados é que Boca Rosa usou as suas redes sociais para dizer, de novo e de novo, que conseguiu o corpo em forma com a ajuda de dieta e exercícios físicos. Pronto, circo armado.

Existem muitas abordagens para esse assunto: se ela fez mesmo dieta ou não, se ela fez lipo ou não, se ela errou ao falar uma coisa e fazer outra… Mas não é nosso lugar julgar as atitudes de uma mulher (ou de qualquer pessoa) ou as suas escolhas. O que podemos dizer, porém, é que existe muito mais nesse história do que um simples lipo VS. dieta saudável.

Bom dia ☺️✨☕️♥️

A post shared by Bianca Andrade (@bocarosablog) on

Boca Rosa é maquiadora, mas a sua fama não veio só das maquiagens incríveis que ela faz. Ela compartilha com o mundo a sua vida, ela mostra o seu corpo e valoriza as curvas que têm, independentemente de como foram adquiridas. Ela gosta de mostrar a forma no Instagram e sabe que os seus seguidores gostam disso também. Esse é um ciclo comum no âmbito das redes sociais: as pessoas alimentam uma fama 100% baseada na imagem de uma pessoa, ou seja, no quanto ela é bonita e exibe o corpo online.

Bianca não é uma exceção a essa regra: o seu feed no Instagram é repleto de imagens de biquíni, com roupas ousadas, fotos de ‘antes e depois da dieta’, de maquiagens maravilhosas e cabelos perfeitos.

E não existe nada erado com isso – é apenas um reflexo de como a nossa sociedade funciona, é uma forma de comunicação tanto quanto qualquer outra. A diferença é que Boca Rosa fala com um público específico (de mais de 5 milhões de pessoas, diga-se de passagem), que se identifica com o que ela diz e deseja o que ela tem – elas querem o corpo perfeito tanto quanto a própria Bianca.

A lipo de Boca Rosa não é o assunto.

E essa é a questão. A gente já viu essa semana onde começa a busca pelo corpo ideal. Não é depois dos 20 quando você já é adulta e sente que tem mais autonomia em cima das próprias decisões. Mas quando ainda somos crianças e ouvimos de uma tia que estamos ‘cheinhas’ ou que precisamos perder peso se quisermos um ‘namoradinho’ na escola.

Hey, quero puxar um papo com as goxxxtosas PODEROSAS que me seguem. ?? Sabe quando você quer muito uma coisa e parece que “tudo conspira” para dar errado? Então, eu tenho uma notícia. Nessa situação não existe nada conspirando errado a não ser VOCÊ. Sim!! O mundo é cheio de vibes (boasXruins) e nós somos o FILTRO! Você escolhe a vibe que vai conduzir sua vida. O mundo pode ir contra você, mas só vai te atingir se você DEIXAR! Lembra que nada é tão seu quanto o seu sonho? Então, NINGUÉM pode correr atrás deles por você, isso quer dizer que está somente nas suas mãos. Quando você se encara no espelho e diz que CONSEGUE, aí já era, minha filha! O mundo fica pequeno. Parece que nasce um poder que vem do coração, levantando a sua cabeça e domando a MENTE. Você se sente a rainha capaz de conseguir o que quiser! Rs Pois é, sua mente é mais poderosa do que você imagina. Não a subestime. Ah! Isso não te livra dos problemas não, tá? Eles são ótimos, continuam ali, te ensinando e amadurecendo, se for assim que decidir enxergá-los. “Mas pra vc é fácil falar, Bia!! Seus problemas são ervilhas perto dos meus!”. Não, nega! Eu nasci e cresci na FAVELA. Acho que agora consegue se colocar no meu lugar, né? Não estou aqui pra mostrar que sou ou tenho mais que alguém. Eu sei como é essa sensação de se sentir menor. To aqui pra te mostrar que se eu mudei a minha vida (corpo, mente, casa, carreira… tudo que eu sonhava mudar), pq você não pode mudar a sua tbm? Pq não podemos ir juntas mudar essa Zorra toda? Ah! Você acha que não é capaz? Agora peço pra você se perguntar: PORQUÊ? O QUE TE IMPEDE? Não precisa nem curtir a foto e comentar. Só reflete. Depois você me conta qual foi a resposta que encontrou.

A post shared by Bianca Andrade (@bocarosablog) on

Não é um exagero dizer que as mulheres se machucam muito em prol do corpo perfeito. Elas fazem dietas restritivas sem a orientação de um médico, se privam do que gostam, fazem exercícios além da conta, plásticas, usam milhares de cremes no rosto, não usam uma roupa X ou Y porque acham que ‘não são bonitas o suficiente’ ou porque as pernas raspam uma na outra.

Elas olham para essas referências e se comparam: se acham feias e inferiores, não se consideram dignas de ter o que aquela pessoa têm e acham que não são capazes de chegar onde ela chegou, mesmo tentando muito. Elas falam mal de si mesmas porque não conseguem o tal corpo que a Boca Rosa tem.

É uma violência psicológica e física. As mulheres pensam nisso o dia inteiro. No quanto elas comeram no almoço e no quanto podem comer no jantar. Que exageram no doce no fim de semana, por isso têm que comer bem menos nos próximos dias. Que elas precisam fazer exercícios físicos para usar um biquíni na praia ‘sem passar vergonha’.

Isso cria uma pressão gigantesca em cima dos nossos corpos e da nossa aparência, que são confirmadas por contas como a da Boca Rosa. Ela, assim como nós, está tão suscetível a essa loucura toda como qualquer outra pessoa. Talvez, ela até sinta uma pressão maior de se manter nesse lugar de ‘musa fitness’, porque têm 5 milhões de pessoas prontas para comentar se ela mostrar um pneuzinho na barriga ou se postar fotos de doces várias vezes no feed.

A gente acaba num comportamento altamente controlador. A gente vira a polícia da internet: controlando o que a outra pessoa faz com o próprio corpo e com o nosso próprio. Prontas para fazer um comentário sobre como fulana engordou (‘será que ela está grávida?’) ou como ciclana mudou a alimentação e o cabelo não ficou bonito com essa coisa de só comer proteína. A gente tem uma opinião na ponta da língua.

E o ciclo continua, alimentado por essa onda de autocrítica, um foco na imagem e um esquecimento consciente de que a beleza de uma mulher não está no seu corpo, mas em quem ela é de verdade.

Você é livre para fazer uma lipo se quiser. Para perder um pouco de peso ou operar o nariz. Mas essa escolha precisa vir de um lugar de conforto com você mesma e com o seu corpo. Tem que ser uma escolha feita com base no amor próprio e não como uma ferramenta para as pessoas te aceitarem ou gostarem mais de você. Uma decisão tomada porque você se ama, se aceita e sabe que vai se sentir mais confortável se tirar aquela gordura localizada que não sai por nada no mundo ou se comer melhor – porque isso te faz sentir bem. E ponto final.

Foto: Instagram / Boca Rosa


O que você achou sobre a polêmica da Boca Rosa? Vamos conversar sobre isso? Você pode deixar o seu depoimento respondendo a pergunta abaixo ou clicando aqui.

@ load more