Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Segundo fontes muito confiáveis – aqueles sites de pesquisa escolar – uma cabeça humana pesa em média oito quilos. Isso é mais do que um pacote grande de arroz. É o peso de um bebê de cerca de sete meses. E porque estou dizendo tudo isso? Porque somos capazes de suportar uma bela cabeça de oito quilos em nosso colo por horas por uma simples razão: cafuné, a maior prova de amor.

É absolutamente impossível encontrar quem não goste de um cafuné. É a coisa mais tranquilizante que pode ocorrer entre duas pessoas e apreciado por todas as gerações e em todas as relações. Começamos com nossas mães a nos fazer cafuné ao nos pôr para dormir. Depois entre amigos, naquela tarde em que estão todos jogados no chão como se ainda fossem crianças exaustas depois de um dia no parque. Até nossos animais recebem cafunés – se você é dono de gato sabe do que estou dizendo, ficar horas com um bichano no colo sendo mimado.

Cafuné: a maior prova de amor! 1

E, assim, o afago evolui e o se torna um dos momentos mais íntimos de um casal. Nas preliminares – com aquele puxão mais forte de quem sabe o que tá querendo – e também pós foda – no aninhar dos corpos satisfeitos. Independentemente de onde ou como, sempre é bom, admita.

Um cafuné é uma das maiores entregas, mais até do que sexo oral se quer saber. Porque você só se preocupa com o outro, em passar a mão naquele cabelo – que sempre vai lhe parecer o mais macio do mundo – por horas até a mão ficar gelada e dormente, só pela satisfação de saber que aquela calma, aquele sorriso que sempre surge em quem está sendo afagado, é mérito seu. E também que alguns daquele pensamentos que fluem pelos fios de cabelo que descem pelo seu colo, fazendo cócegas, são reservados para você.

É uma forma de dizer: eu amo tanto você que sou capaz de me preocupar só com você, sem mim, sem nós, sem retribuição. Simplesmente você.

Nem um banner de néon de cinco metros de altura grafado com um “EU TE AMO” e exibido durante a final do Super Bowl se compara à um cafuné daquele de horas, com os dois jogados na cama feito gatos, se olhando e até imaginando um pôr de sol ao fundo para emoldurar essa cena de comédia romântica. Daqueles ele em que a pessoa continua mesmo depois de você já ter dormido e babado em seu colo.

Cafuné: a maior prova de amor! 2

Um cafuné é como um daqueles abraços longos de quem não se vê há semanas, em que é quase fisicamente possível afirmar que dois corpos são sim capazes de ocupar o mesmo lugar no espaço. É como uma confissão entre amigos na madrugada. É como aquele sorriso trocado no cinema depois de um filme bom compartilhado entre pipoca e litros de refrigerante. É como ouvir o primeiro “eu te amo” em público. É como o primeiro beijo após uma gripe forte. É como o abraço de dois corpos nus baixo a água gelada.

É o amor desenhado com os dedos numa tela de colo e colorido com seus fios.

É a maior prova de amor.

Então, o que está esperando para dar essa prova a quem você ama?

Imagem: Pexels

@ load more