Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

E se eu te contasse que tem como você “descobrir” a Data Provável do seu Parto (DPP) com o calendário lunar? Massa, né? Mas contar não é o suficiente, né? Afinal, muita gente deve saber que existe essa possibilidade. Só que hoje EUZINHA aqui vou te explicar como esse paranauê todo funciona, e como cê vai calcular a sua própria DPP!

Vamo bora então, mamãe?

Aprendendo a calcular a DPP pelo calendário lunar

calendário lunar - 03

Primeiro de tudo: o que é o calendário lunar?

Ele é um calendário que indica as datas com base nas fases da Lua e no movimento dela. Ele não tem compromisso algum com os movimentos da Terra em torno do Sol (que duram 24h para dar uma volta completa).

Funciona assim: no calendário lunar, o dia começa após o pôr-do-sol. Durante um ano, são contadas 12 lunações (um ciclo de fases completo – de uma lua nova à outra) que duram 29 dias e 12 horas cada. Ou seja: Um mês, no calendário lunar, tem 29 dias. Um ano tem 354 ou 355 dias.

E como ele influencia no meu parto?

A verdade é que a Lua não só é capaz de influenciar no parto (apesar dessa teoria não ter respaldo científico). Mas sim em vários outros aspectos de nossas vidas. Suas fases podem nos causar alterações na gravidez, no humor, nas nossas emoções e até mesmo nos cabelos.

Acontece que a Lua é o corpo celeste mais rápido do nosso Sistema Solar. Saca só: a cada 28 dias ela consegue dar uma volta completa em torno da Terra e, consequentemente, visitar a todos os signos do zodíaco. Suas fases se mudam a cada 2 dias e meio e todo esse movimento influencia, inclusive, nas angulações dos outros planetas.

Sendo assim, não é de se espantar que o homem se baseia nela para ter noção de algumas atividades da natureza, como a agricultura e o movimento das marés. É aí que mora o pulo do gato: se a Lua é capaz de influenciar as marés, e o nosso corpo é constituído, em sua maioria, por água, fechou 2+2 e deu 4, né? Ainda mais no caso de gravidez, em que nosso corpo possui, além de tudo, o líquido amniótico.

Ok, entendi. E como calculo então o meu DPP com base no calendário lunar?

Beleza, chegamos, finalmente, na parte divertida desse texto! Vou colocar aqui o calendário lunar de 2018 para que vocês possam visualizar melhor o processo:

calendário lunar

Uma gestação compreende 10 fases lunares (que são aproximadamente 280 dias ou dez meses LUNARES). Tente se lembrar em qual fase lunar ocorreu sua última menstruação e conte mais 9 fases lunares completas e pronto, você terá o seu DPP. Lembrete: cada fase dura, aproximadamente, 7 dias. Então, por exemplo, se o seu último dia menstruação caiu em uma lua cheia, conte 9 luas iguais a partir dele e descubra o seu DPP. 

A crença é de que os partos costumam acontecer na lua cheia, ou na virada de uma lua para a outra!

E, por fim.. é possível calcular o DPP sem ser por calendário lunar?

Sim! Tem como prevê-lo a partir da data da última menstruação ou do primeiro ultrassom. E aí, quem vai explicar isso pra você é a Júlia Falcão. Para saber como calcular com base nesses dois métodos é só clicar aqui.

E o calendário lunar de 2019?

Tá na mão:

calendário lunar 2019

Depois me conta se funcionou!

Imagem: Reprodução / Pexels


E o que vocês responderiam a essa pergunta aqui abaixo, feita por uma de nossas usuárias do Clube Superela?

@ load more